Bahia: Operação Panaceia combate grupo que sonegou R$ 39 milhões


Um grupo empresarial, que atua no ramo de distribuição de medicamentos, suspeito de sonegar R$ 39 milhões em impostos é alvo da operação Panaceia, deflagrada nesta segunda-feira (21). Equipes da Secretaria da Segurança Pública (Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica), da Secretaria da Fazenda, do Ministério Público estadual e da Receita Federal cumprem mandados de busca e apreensão, em Salvador e Feira de Santana.

Além dos mandados, a Justiça determinou também o bloqueio dos bens do grupo, para garantir a recuperação dos valores sonegados. Segundo as apurações, o grupo criava empresas em nome de “laranjas” ou “testas-de-ferro” e utilizava empresas sem existência operacional, com o intuito de sonegar impostos. Também foram identificados prejuízos ao Fisco Federal.

Computadores, telefones celulares e documentos foram apreendidos, na sede de uma empresa de distribuição de medicamentos, suspeita de sonegar R$ 39 milhões em impostos.

De acordo com as investigações, há ainda fortes indícios da prática do crime de lavagem de dinheiro, com significativo incremento econômico da composição societária das diversas empresas do grupo, por meio da criação de empreendimentos comerciais voltados à participação em outras sociedades e em investimentos patrimoniais imobiliários.

“As investigações apontam também para possível prática de lavagem de dinheiro. Estamos cumprindo mandados na empresa que faz a contabilidade e na casa dos proprietários”, explicou a titular da Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap), delegada Márcia Pereira.

A operação Panaceia é uma iniciativa da Força-Tarefa de Combate à Sonegação Fiscal, composta pela Delegacia de Crimes Econômicos e Contra a Administração Pública (Dececap) através da Coordenação Especializada de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (Ceccor) da Polícia Civil, Inspetoria Fazendária de Investigação e Pesquisa (Infip) da Sefaz e do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal do MP (Gaesf).

Vice-governador visita Mina Pedra de Ferro e obras da Fiol em Caetité


Como parte do roteiro de visitas à Província Mineral do Vale do Paramirim, que tem cumprido desde a última quinta-feira (17) e segue até o domingo (20), o vice-governador João Leão, secretário do Planejamento, esteve nesta sexta-feira (18) no município de Caetité, onde visitou a Mina Pedra de Ferro, da Bamin, que tem como objetivo produzir, de forma sustentável, 18 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

A visita ao Vale do Paramirim tem o objetivo de conhecer melhor o potencial de exploração mineral da região, segundo o vice-governador. “Viemos ver de perto esse projeto de grande sucesso da Bamin, nesta que é uma visita de reconhecimento. Para isso, estamos acompanhados pelo geólogo João Cavalcanti que tem enriquecido nosso conhecimento com muitos detalhes sobre a região e com seu trabalho de prospecção de novas reservas minerais na região”.

A Bamin é uma mineradora que iniciou suas atividades em 2005 com um projeto pioneiro no estado da Bahia. A empresa quer transformar a Bahia no terceiro maior produtor de minério de ferro do Brasil e investe no Brasil em três grandes empreendimentos: Mina Pedra de Ferro, Porto Sul e Ferrovia Oeste-Leste (Fiol).

Segundo a empresa, empreendimentos (Mina e Porto) irão gerar mais 10 mil empregos diretos e 60 mil indiretos na implantação e 1,5 mil empregos diretos e 9 mil indiretos na operação, no total, são cerca de 12 mil empregos diretos e 70 mil indiretos gerados na Bahia. Com contratação de pelo menos 60% da mão de obra local.

Fiol

Na oportunidade, a comitiva visitou ainda um trecho de obras da Ferrovia da Integração Oeste-Leste (Fiol). “A Fiol possui papel estratégico no desenvolvimento econômico da Bahia e será um importante vetor para o escoamento da produção de grãos e minério pelo Porto Sul. Em abril deste ano, a ferrovia teve seu primeiro trecho leiloado na Bolsa de Valores de São Paulo. O trecho de 537 quilômetros está entre os municípios de Ilhéus e Caetité, na Bahia”, reforçou Leão.

Cocaína avaliada em R$ 1 milhão volta a aparecer em praia da Bahia


Avaliados em R$ 1 milhão, mais trinta quilos de pasta base de cocaína foram encontrados, na manhã desta terça-feira (15) na Praia da Barrinha, em Mucuri, Extremo Sul do estado, por equipes da Companhia Independente de Polícamento Especializado (Cipe) Mata Atlântica. Outros tabletes da droga já foram apreendidos pela PM no mês de maio.

Populares que passavam próximo ao Porto da Tiririca, no distrito de Cruzelandia, estranharam a presença de uma mala com 25 tabletes da droga e acionaram a equipe. “Rapidamente nos deslocamos até o local informado e apreendemos os entorpecentes”, contou o comandante da Cipe Mata Atlântica, major Anilton Almeida.

A droga foi encaminhada para a Delegacia Territorial (DT) de Mucuri e seguiu para a perícia do Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Outras aparições

Durante o mês de maio e início de junho outras aparições de mochilas com pasta base de cocaína foram contabilizadas pela polícia baiana, ultrapassando a marca de R$ 4 milhões. As mochilas com tabletes da droga foram vistas em praias dos municípios de Nova Viçosa, Alcobaça, Prado, Maraú e Salvador.

A investigação da origem e destino do material é conduzida pela Polícia Federal (PF).

Rui anuncia convocação de 611 reservistas da PM e 54 investigadores para reforçar segurança pública


O governador da Bahia Rui Costa (PT) anunciou, durante o programa Papo Correria da noite da última terça-feira (15), a convocação de 611 reservistas da Polícia Militar (PM) para reforçar a segurança pública do estado. O gestor também anunciou a nomeação de 54 investigadores da Polícia Civil.

De acordo com Rui, os reservistas voltarão a atuar em cargos não operacionais. O objetivo da medida é melhorar o trabalho da PM nas ruas, com a liberação de profissionais que hoje atuam em regime administrativo. A lista com os nomes será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (16).

Após as nomeações dos investigadores, a área de segurança pública passa a contar com 237 novos profissionais somente no último ano, entre delegados, investigadores e escrivães.

Esta é a segunda nomeação para a Polícia Civil da Bahia referente ao último concurso público do órgão. O certame foi organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Júlio de Mesquita Filho (Fundação Vunesp), contratada pela Secretaria da Administração (Saeb).

Governo do Estado suspende transporte intermunicipal durante o São João


Foto ilustrativa.

O transporte coletivo intermunicipal rodoviário e hidroviário será suspenso, em toda a Bahia, no período junino. A medida, que tem o objetivo de evitar a disseminação da covid-19, e foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (15).

O decreto prevê que ficam suspensas, a partir da meia-noite do dia 21 de junho, a circulação e a saída, e, a partir das 9h de 21 de junho, a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal rodoviário, público e privado, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de vans. A restrição vale até as 5h de 28 de junho.

A circulação, a saída e a chegada de ferry boats, catamarãs, lanchinhas e balsas também ficam proibidas das 20h do dia 21 de junho até as 5h de 28 de junho, em todo território baiano.

Já desta terça-feira (15) até domingo (20) e de 28 de junho a 4 de julho, a circulação, a saída e a chegada dos transportes serão permitidas desde que a ocupação seja limitada a 70% da capacidade. Não haverá disponibilização de transportes extras.

A fiscalização do decreto é de responsabilidade da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações (Agerba).

Prefeito acompanha limpeza e manutenção das praias do litoral sul de Ilhéus


Iniciada na quarta-feira (9), a operação de limpeza das praias visa reforçar o trabalho de manutenção dos espaços públicos realizado pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb), com recolhimento de lixos e resíduos descartados pelos frequentadores do litoral ilheense. O prefeito Mário Alexandre acompanhou a ação nas praias da zona sul e fez um apelo à população sobre o descarte irregular de lixo e materiais sem serventia na faixa de areia, bem como em terrenos, calçadas e vias da cidade.

“É importante que cada pessoa seja consciente e responsável pelo lixo que gera. Vamos conservar nossas praias limpas. Temos um dos litorais mais bonitos do Brasil, que merece cuidado e zelo, com o descarte de todo e qualquer material de forma adequada”. O gestor chamou atenção para a quantidade grande de materiais despejados nos espaços públicos. Na última semana, somente no bairro Hernani Sá, as equipes da Secsurb recolheram cerca de 200 toneladas de lixo e resíduos sólidos.

O prefeito está empenhado em melhorar as condições de higienização durante todo o ano. O lixo doméstico é recolhido em todos os bairros, conforme os dias e horários da coleta, informados aos moradores de cada localidade. Nesta primeira etapa, o serviço nas praias foi realizado das proximidades do aeroporto Jorge Amado até o Cururupe, com o recolhimento de entulhos, galhos e troncos, resíduos sólidos e lixo despejados pela população.

Ilhéus ganha dois novos voos da Azul durante alta temporada de inverno


Decolagem do aeroporto Jorge Amado /Ilhéus. Vista da Zona sul. Foto Jamesson Araújo.

A empresa aérea Azul vai operar 50 novas rotas para atender os clientes que quiserem viajar pelo país durante a Alta temporada de inverno.

No mês de julho, a Azul vai reforçar suas ligações com Nordeste do Brasil e os aeroportos de Campinas,Belo Horizonte, Santos Dumont, Recife, Salvador e Porto Seguro contarão com maior volume de operações adicionais.

Reforçando a operação em seus centros de distribuição de voos, a Azul disponibilizará em Campinas mais frequências para Caldas Novas, Fortaleza, Maceió, Natal, João Pessoa, Porto Seguro, Salvador, Bonito e Rio, além de rotas novas para Cabo Frio, Sinop, São Luiz, Ilhéus, Vitória da Conquista.

Já Belo Horizonte,terá novas operações para Ilhéus, Salvador, Porto Seguro, Rio, Recife, Natal, Maceió e Salvador, além do retorno das frequências para Florianópolis, Cabo Frio, Foz do Iguaçu e João Pessoa.

As passagens para todas as novas rotas da malha da Azul em Julho já estão à venda em todos os canais oficiais da empresa.

Informações da Aeroflap.

 

Parceria da Uesc, Secti e Cepedi viabiliza Espaço Colaborar em Ilhéus


Numa parceria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Ilhéus terá um ambiente de coworking idealizado para potencializar o empreendedorismo local. A sala do Espaço Colaborar será instalada no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (Cepedi), situado na Avenida Professor Milton Santos, Tapera, em Ilhéus.

O projeto, que é conduzido pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), tem por objetivo potencializar empreendedores e pequenos negócios voltados para a área de inovação. O local está disponível para aqueles cujo foco é o ecossistema de inovação, composto por pesquisadores, empreendedores, donos de micro e pequenos negócios, etc., onde eles podem realizar reuniões de trabalho, encontros profissionais, entrevistas, treinamentos, palestras, entre outros.

O Espaço Colaborar é uma sala com ferramentas para trabalho como computadores, mobílias de escritório, tipo mesas e cadeiras, acesso à internet, além de televisão e aparelho de videogame para momentos de descontração entre compromissos profissionais.

Para o reitor da Uesc e presidente do Conselho Administrativo do Cepedi, Dr. Alessandro Fernandes, o Espaço Colaborar é um benefício para a população, principalmente os mais jovens que desenvolvem pesquisas e projetos construindo parcerias com agentes de inovação para potencializar o desenvolvimento da região e, especialmente a cidade de Ilhéus. A Universidade, juntamente com o Cepedi, acredita que será benéfico para o futuro da cidade e dos novos empreendedores”.

O Espaço Colaborar faz parte de uma ação da Secti, denominada Espaços Dinamizadores, com o objetivo de oferecer à população locais de coworking, pesquisa e desenvolvimento de projetos. Além do Colaborar, outros ambientes estão previstos no projeto, como, por exemplo, os espaços Fazer, Inovar e Fortalecer.

PRF encerra Operação Corpus Christi 2021 e apresenta balanço dos cinco dias de atividades nas rodovias federais da Bahia


Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Bahia finalizou, às 23h59 deste domingo (06), a Operação Corpus Christi 2021. Iniciada na última quarta-feira (02/06), a PRF intensificou a fiscalização e os esforços foram voltados à segurança viária, prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito e à garantia da mobilidade nas rodovias do país.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia contou com reforço nas equipes e concentrou seu efetivo ao longo dos trechos mais movimentados e de maior incidência de acidentes graves e de ocorrências criminais.

Segurança viária

Neste feriado prolongado, as atividades desenvolvidas pela instituição foram focadas para combater as infrações de trânsito, em especial às condutas geradoras de acidentes como: as ultrapassagens proibidas, dirigir sob a influência de álcool, transitar pelo acostamento, excesso de passageiros, dentre outras.

O uso do cinto de segurança, do capacete, controle de velocidade, transporte de crianças, além de fiscalizações específicas de motocicletas e condições de conservação dos veículos, também foram alvos das equipes da PRF.

Apesar de todo esforço da PRF na fiscalização e educação, foram flagrados diversos condutores agindo com imprudência nas rodovias federais do estado. A PRF alerta aos motoristas que obedecer às normas de trânsito, contribui para um trânsito mais seguro.

Os esforços do policiamento qualificado resultaram na fiscalização de 3.747 veículos e 4.402 pessoas. Nestes cinco dias de atividades a PRF emitiu 3.513 notificações referentes a infrações diversas.

Nesse ranking de imprudências mais constatadas pelos PRFs, está ainda a ultrapassagem proibida, com 747 autos extraídos. Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro. A infração de ultrapassar em faixa amarela contínua é infração gravíssima, com multa de R$ 1.467,35 e rende 7 pontos na carteira.

Uma das maiores preocupações da PRF é o lamentável hábito que parte de nossos motoristas ainda conserva: dirigir após consumir bebidas alcoólicas.

Durante as abordagens, foram realizados 399 testes com etilômetro (aparelho utilizado para aferir a quantidade de álcool ingerido pelo condutor, conhecido popularmente como bafômetro), totalizando 29 condutores autuados por alcoolemia ao volante nas modalidades constatação e recusa. Destes, 03 condutores foram detidos por embriaguez ao volante e foram encaminhados à Delegacia de Polícia para responderem criminalmente. Eles também tiveram suas carteiras recolhidas.

Nas fiscalizações, a PRF também emitiu 67 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete. Perigo também geraram os 10 motoristas que usavam o celular enquanto dirigiam. Obrigatório não só para o motorista, mas também para todos os ocupantes do veículo, o cinto de segurança, ou melhor, o não uso dele gerou mais de 274 autuações. Quando o alvo das fiscalizações foi a criança sem cadeirinha, 38 autos foram emitidos.

O fato de o motociclista não usar o capacete ou pessoas não usarem cinto de segurança em automóveis é determinante na gravidade dos acidentes.

No total, 272 veículos foram recolhidos ao pátio da PRF, por diferentes irregularidades seja na documentação, ou no estado de conservação e até ausência equipamentos obrigatório.

Foram também retiradas de circulação mais de 245 toneladas de excesso de peso das rodovias. O peso acima do permitido sobrecarrega os sistemas de suspensão e freios, oferecendo riscos ao motorista e aos usuários da rodovia, e ainda danifica o pavimento asfáltico.

Acidentes, feridos e óbitos

O balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) quanto à violência no trânsito nas rodovias federais acende um sinal de alerta para a necessidade de mais prudência e educação por parte de todos. A redução da violência nas rodovias federais depende da participação de todos os atores do trânsito (condutores, passageiros, ciclistas e pedestres).

Este ano, durante os cinco dias da Operação Corpus Christi a PRF na Bahia registrou um total de 45 acidentes. Destes, 17 foram acidentes graves, quando resultam em, pelo menos, um óbito ou ferido gravemente. De quarta-feira (02) até às 23h59 de domingo (06), 13 pessoas morreram nas estradas baianas. Já o número de feridos totalizou 57 pessoas.

Enfrentamento a criminalidade

A expertise policial permitiu realizar trabalhos de prevenção e manutenção da segurança viária e da mobilidade, sem deixar de lado as atuações no combate à criminalidade.

Durante os cinco dias da operação, a PRF na Bahia recuperou 16 veículos com registro de roubo ou furto. Destes, 10 veículos apresentavam algum dos caracteres adulterados. 26 pessoas foram detidas por diversos crimes. As abordagens resultaram ainda na apreensão de 27 comprimidos de anfetaminas e no resgate de 04 aves silvestres. Também foi responsável pela apreensão de 01 revólver e mais 67 munições.

Conselho Universitário da Uesc autoriza atividades presenciais restritas


O Conselho Universitário da Universidade Estadual de Santa Cruz (Consu/Uesc), em sua 56ª reunião extraordinária, autorizou, em caráter excepcional, a oferta, na forma presencial para o segundo semestre deste ano de 2021, dos componentes curriculares com carga horária prática que comprovem e justifiquem a inviabilidade de oferta no ensino não presencial, resultando em retenção de alunos, mediante indicação de plano de ação pedagógico aprovado pelos colegiados.

Contudo, a autorização se restringe aos cursos de graduação de Biomedicina, Ciência Biológicas (Bacharelado e Licenciatura), Enfermagem, Medicina, Medicina Veterinária, Agronomia, Química (Bacharelado e Licenciatura), Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia de Produção e Engenharia Civil. Serão 95 disciplinas que serão ministradas de acordo o Protocolo de Segurança criado pela Comissão de Biossegurança e a legislação sanitária em vigor. O documento será encaminhado para normatização no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão – Consepe.

A Pró-reitora de Graduação, Rosenaide Ramos, relatora da resolução, começou a sua fala solidarizando-se com as mais de 450 mil famílias que perderam seus entes queridos. “Eu sou a favor da vida e coloquei, muito claramente para os alunos, uma vida importa e a Uesc não vai trabalhar o número de vidas perdidas, mas por uma vida que não pode ser perdida. Assim é direcionado o nosso trabalho, a nossa sensibilidade. Essa humanidade é muito maior do que um processo administrativo, acadêmico e burocrático, é dessa forma que nós estamos trabalhando”.

A reunião foi encerrada pelo presidente do Consu e reitor da Uesc, Alessandro Fernandes, para quem “de maneira inequívoca a decisão tomada visa, em primeiro lugar, a segurança e a vida das pessoas. O Consu é a instância máxima da Universidade, aqui todos nós primamos pela vida das pessoas”, conclui o reitor.