Itacaré divulga data do Carnaval 2024


O mês de janeiro começou com tudo em Itacaré, pois na tarde desta sexta-feira, 05 de janeiro, a Prefeitura Municipal divulgou a data do Carnaval 2024, a maior festa popular do país; também muito tradicional em Itacaré.

Este ano Itacaré promete bombar e surpreender ainda mais, tanto na quantidade de foliões, como nas atrações, que já causam muitas expectativas e especulações em toda região, movimentando notícias em sites e redes sociais. E os foliões já têm destino, de 09 a 13 de fevereiro, todos estarão em Itacaré, para curtir uma grande festa.

O MASCOTE

Todo o design da marca do Carnaval 2024 foi modernizado; transmitindo a alegria do povo brasileiro nas cores e traços e, principalmente na escolha do mascote, um personagem negro, que erradia felicidade e ritmos típicos do carnaval.

Já salva a data aí e fiquem ligados nas redes sociais da Prefeitura, que em breve as atrações e toda programação começará a ser divulgada. Seu Carnaval no Destino Completo.

Acreditem, ainda temos um longo caminho pela frente!


Por Jamesson Araújo

Esse ano os habitantes de Ilhéus terão a difícil tarefa de escolher quem comandará o município pelos próximos quatro anos. Tenho acompanhado algumas análises políticas que insinuam que a eleição na terra de Gabriela já está decidida e que um grupo político sairá vitorioso.

O mais curioso é que essas análises vêm de pessoas consideradas especialistas em política. O que mais chama a atenção é que essas previsões são feitas em pesquisas, com base em apenas 30% dos eleitores. Seria no mínimo insano fazer previsões com tão pouca informação, já que 70% dos eleitores ainda não têm um candidato definido. Isso mostra que a eleição está completamente em aberto!

E para desacreditar ainda mais essas análises políticas, o jogo político mal começou. Não podemos ignorar a força política do atual prefeito, das máquinas dos estados e do município, mesmo com sua grande rejeição. Eles ainda não entraram no jogo e nem uniram a base da esquerda em torno de um nome. Quando isso acontecer, teremos uma visão completa do cenário político.

Enquanto isso, a turma da direita criou uma aliança e decidiu, em um acordo, que o primeiro nas pesquisas será o candidato e o segundo, naturalmente, será o vice. É natural que eles saiam na frente por começarem a caminhada antes. Os dois nomes que se destacam nesse grupo, Valderico Junior e Jabes Ribeiro, estão disputando para ver quem será o cabeça de chapa. E aqui mora o problema: se Jabes ficar em segundo lugar, ele indicará Cacá Colchões como seu vice. Por que Jabes não pode ser o vice? Será que isso diminuiria Valderico Junior?

Mas não se enganem, esse acordo tem prazo de validade! Como podem ver, a leitura política pode mudar drasticamente até as convenções municipais.

E assim, continuamos nesse jogo político cheio de reviravoltas e incertezas. Mas uma coisa é certa: ainda temos muito a presenciar e a descobrir nessa eleição em Ilhéus!

Jamesson Araújo é jornalista e editor chefe do Blog Agravo. 

Petrobras faz concurso para nível técnico com salário de R$ 5,8 mi


A Petrobras anunciou nesta terça-feira (26) um concurso público para cargos de nível técnico com 916 vagas e salário inicial mínimo de R$ 5.878,82.  Haverá ainda 5.496 vagas para cadastro de reserva. 

As inscrições começam na próxima quinta-feira (28) e seguem até 31 de janeiro de 2024. A taxa de inscrição é de R$ 62,79. A prova será realizada em 24 de março 2024.

O concurso irá selecionar profissionais de nível técnico nas áreas de enfermagem do trabalho; inspeção de equipamentos e instalações; logística de transportes (controle); manutenção (caldeiraria, elétrica, instrumentação, mecânica); operação; operação de lastro; projetos, construção e montagem (edificações, elétrica, instrumentação, mecânica); química de petróleo; segurança do trabalho; suprimento de bens e serviços (administração).

Não é exigida comprovação de experiência profissional. A quantidade de postos de trabalho, requisitos de formação, locais de prova e distribuição regional podem ser consultadas no edital.

O processo seletivo será organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe) e terá validade de 18 meses, podendo ser prorrogado por igual período uma vez, a critério da Petrobras.

Inclusão

Pela primeira vez, a empresa realiza um concurso público com 20% das vagas reservadas para pessoas com deficiência (PCD). A cota supera o limite mínimo de 5% que determina a lei. O certame reserva também 20% dos postos para negros, conforme determina a legislação.

De acordo com o presidente da estatal, Jean Paul Prates, a reserva para pessoas com deficiência mostra comprometimento da empresa com a inclusão.

“Acreditamos que um corpo técnico diverso nos torna não só uma companhia mais justa, como também é um elemento fundamental para impulsionarmos a inovação, nos prepararmos para o futuro de baixo carbono e para a transição energética, incorporando novas visões de mundo”, disse Prates.

Os candidatos que forem contratados terão direito a benefícios específicos para pessoas com deficiência. Se estiverem em regime administrativo, por exemplo, podem optar por teletrabalho cinco dias por semana. Além disso, os que dependam de cuidados profissionais específicos recebem reembolso de auxílio cuidador.

A reserva de vagas para PCD acima do que determina a lei se soma a outras iniciativas de inclusão da Petrobras, como a meta de ter 25% de pessoas negras e 25% de mulheres em cargos de liderança até 2030.

Além da reserva de vagas, a Petrobras implementou outras ações nesse concurso para facilitar o acesso de pessoas com deficiência. Uma delas é o aumento da validade do laudo que atesta a deficiência para 36 meses – o prazo anterior era de 12 meses.

A pessoa com deficiência também poderá, de acordo com a sua necessidade, solicitar adaptações razoáveis e/ou fornecimento de tecnologias assistivas no dia das provas. O concurso tem com distribuição regional das lotações.

Uesc e UFSB elaboram Plano de Redução de Riscos para Ilhéus


Sr. Joandre Neres, Geógrafo e Coord. da Defesa Civil de Ilhéus , Prof. Dr. Joel Felipe,Prof. do IHAC e Coord. do NEIC/UFSB, Srta. Camilla Maria, Enga.Civil e Coord. da Defesa Civil de Ilhéus, Prof. Dr. Cleverson Lima, Prof. Eng Civil/UESC, Coord do GeoLab//UESC.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) participa da elaboração dos Planos Municipais de Redução de Riscos (PMRR), coordenado pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), com o objetivo de diminuir os impactos das catástrofes naturais. O PMRR é realizado pelo Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Periferias (SNP), e na Bahia contempla as cidades de Ilhéus e Candeias (plano, sob a responsabilidade da Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Nesse sentido, os professores Joel Felipe (UFSB) e Cleverson Lima (Uesc), juntamente com o geógrafo Joandre Neres e a engenheira civil Camilla Maria, ambos da Comissão de Defesa Civil de Ilhéus, participaram, em Brasília, do I Encontro Nacional de Planos Municipais de Redução de Riscos, entre os dias 12 e 14 de dezembro, que reuniu representantes das universidades responsáveis pela elaboração do PMRR e dos respectivos municípios selecionados.

O evento contou com a presença do ministro das Cidades, Jader Filho, que falou sobre a urgência e importância de haver mais financiamento para a prevenção de riscos nas cidades e, em especial, nas periferias. “Resolver problemas de drenagem, encostas, não é barato”, disse. “E se não queremos mais ver cenas como enchentes, secas e vidas se perdendo, precisamos de mais recursos”. As discussões realizadas na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 28), segundo o ministro, foram muito direcionadas à questão urbana e à participação dos Fundos Verdes.

Em cooperação com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a SNP tem realizado ações para o fortalecimento das políticas públicas de gestão de riscos de desastres. Dentre as metas da cooperação, está a elaboração de 20 Planos para municípios de alta criticidade a desastres, em parcerias com universidades públicas, além de aperfeiçoar os instrumentos de planejamento urbano, revisar a sua metodologia e fortalecer a formação de profissionais na área de mitigação de riscos e prevenção desastres frente a crise climática. As Instituições têm o prazo de 18 meses para conclusão dos Planos.

O professor e pesquisador Joel Filipe (UFSB), vinculado ao Instituto de Humanidades, Artes e Ciências do Campus Jorge Amado, recebeu convite do Ministério para coordenar a equipe responsável pela elaboração do documento para o município de Ilhéus, que, por sua vez, convidou o professor Cleverson Lima, coordenador do Laboratório de Geotecnia e Mecânica dos Solos (GeoLab) da Uesc, para integrar a equipe de trabalho. .

Os objetivos específicos dos Planos Municipais de Redução de Risco são: a realização do mapeamento e diagnóstico envolvendo a delimitação de setores, a estimativa de moradias afetadas e o estabelecimento de graus relativos de risco; Indicar tipologias de intervenção necessária em cada setor mapeado, tais como medidas estruturais e não estruturais, considerando soluções baseadas na natureza e participação social, assim como incorporar o conhecimento das comunidades; propor critérios de hierarquização para execução das intervenções e elaborar um plano de ação para a GRD municipal e um plano de comunicação de seus resultados.

Caberá às Universidades parceiras: desenvolverem a formação de profissionais na área de gestão de riscos urbanos; elaborar os PMRR; garantir a aplicabilidade das inovações metodológicas aos objetivos dos PMRR; implementar inovações metodológicas; aprimorar os processos de participação social e comunitária nas diversas etapas de elaboração do Planos; inclusão da vulnerabilidade como elemento estruturante na análise do risco bem como contemplar ações de enfrentamento de processos geradores de riscos e desastres associados às mudanças climáticas.

Ilhéus registra 190 mm de chuva em nove horas; Prefeitura atua em diversos pontos da cidade


 

Imagem feita pelo site Ilhéus 24 horas mostra o estrago que a chuva fez nos altos de Ilhéus.

A Defesa Civil de Ilhéus registrou, em apenas nove horas, chuvas de 190 milímetros (mm). O volume pluviométrico acumulado na cidade entre às 20h e às 5h da manhã desta quarta-feira (20) superou a média prevista para cinco dias, que era de 91 mm. O temporal causou transtornos e prejuízos em diversos bairros, contudo, as equipes estão mobilizadas para atender as ocorrências e prestar auxílio às famílias atingidas.

A Defesa Civil recebeu chamados da população referentes a solicitações para remoção de árvores caídas e desobstrução de vias públicas com retroescavadeira e colocação de lonas. O trabalho é realizado com apoio do Corpo de Bombeiros Militar e Civil. A equipe de Emergência e Prevenção atua 24h para registrar as ocorrências e levar assistência necessária à população afetada. Inicialmente, o IME será utilizado como ponto de abrigo.

A Prefeitura de Ilhéus analisa a possibilidade de um decreto de emergência. Na manhã desta quarta-feira (20), representantes do Município se reuniram para alinhar as ações e fortalecer a articulação com os órgãos parceiros, voltadas às intervenções em áreas de risco.

Neste momento, a ação emergencial segue no Centro, Teotônio Vilela, Esperança, Nossa Senhora da Vitória, Alto do Coqueiro, Rua Esperanto Perolato, Avenida Soares Lopes, Rua Carneiro da Rocha e Faelba, com serviços de patrulha mecânica em duas frentes: limpeza de canal e retirada de resíduos.

As equipes recolhem árvores caídas no Condomínio Nova Esperança, Central de Abastecimento, Avenida Lomanto Júnior, Praça J J Seabra, Nossa Senhora da Vitória e nas imediações do Terminal Rodoviário.

A Prefeitura orienta os moradores que se mantenham atentos, observando indícios como desagregação de solos em encostas, sinais sonoros, fissuras e rachaduras em imóveis.

Em caso de emergência, a população pode acionar a Defesa Civil, através do número: (73) 97400-7521 (WhatsApp) ou ligar para o Corpo de Bombeiros pela Central 193.

Primeiros pontos de ônibus são instalados na Orla Sul; serviço deve ser concluído nos próximos dias


A Prefeitura de Ilhéus iniciou a instalação dos pontos de ônibus com cobertura na Orla Sul da cidade. Conforme a Secretaria de Infraestrutura e Defesa Civil (Seinfra), serão implantados oito pontos ao longo da Avenida Tancredo Neves, trecho duplicado da BA-001. Executado com recursos próprios, o serviço será contínuo, com previsão de término para esta semana.

Os novos pontos ficarão localizados em locais estratégicos: na altura do Restaurante Cantinho Caipira; Associação Atlética Banco do Brasil (AABB); Faculdade de Ilhéus e Bar e Restaurante Psiu. Eles também serão equipados com proteção para proporcionar segurança aos passageiros enquanto aguardam o transporte público.

A Seinfra explica que o projeto inicial dos pontos não contemplava assentos, visto que não é possível prolongar o passeio tampouco a via. Contudo, foi feita uma readequação que inclui um apoio para que os usuários possam aguardar o transporte coletivo.

Segundo a secretaria, também não é possível aumentar o abrigo porque existe uma área ocupada pela baia de ônibus e por uma via alternativa. Ademais, o projeto atende as questões de acessibilidade para cadeirantes, permitindo espaço necessário para o raio de giro da cadeira de rodas.

Os locais onde os pontos estão sendo instalados têm grande fluxo de pessoas, que utilizam o transporte público para se locomover diariamente. Além dos pontos de ônibus, o Município iniciou a pintura das faixas instaladas na Orla Sul e na Avenida Soares Lopes. O serviço também deve ser finalizado antes do Natal.

Aplicativo do governo vai agilizar bloqueio de celular roubado


Sistema enviará aviso simultâneo para bancos, operadoras e Anatel.

O governo federal vai lançar, nesta terça-feira (19), o aplicativo Celular Seguro, que permitirá o bloqueio imediato de linhas telefônicas e do próprio aparelho de telefone móvel em casos de roubo e furto.

Para utilizar o aplicativo, a pessoa deverá cadastrar os dados em uma página na internet a ser divulgada pelo governo federal. “Caso você seja roubado, é só acionar o sistema por um computador que operadora telefônica e bancos são notificados no mesmo instante, bloqueando acessos”, explicou o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Paulo Pimenta, em postagem nas redes sociais.

“Uma medida importante para diminuir a dor de cabeça e as perdas financeiras de quem passa por furto ou roubo. Amanhã já estará disponível nas lojas de aplicativos”, completou o ministro.

A nova plataforma foi desenhada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com o secretário-executivo da pasta, Ricardo Cappelli, os celulares roubados serão transformados “num pedaço de metal inútil” após o bloqueio.

“Com apenas um clique, a vítima enviará um aviso simultaneamente para a Anatel, para os bancos, para as operadoras de telefonia e para os demais aplicativos”, anunciou.

Seria Jabes o Santo do pau oco?


Artigo de Makrisi Angeli

Ônibus do transporte escolar abandonados na gestão de Jabes Ribeiro. Foto de 6 de junho de 2016.
Ônibus próprios do transporte escolar abandonados foi rotina na gestão do prefeito Jabes Ribeiro. Foto Jamesson Araújo/ 2016.

Nos últimos 40 anos Ilhéus teve uma sequencia de prefeitos que não pensaram de verdade a projeção do município, mesmo com tantas possibilidades. De terceira cidade da Bahia passamos para a 12ª na economia e 8ª em população.

Neste período ,somente o ex-prefeito, juntamente com seu grupo, esteve no comando da prefeitura por 22 anos. Sendo ele mesmo prefeito por 18 anos e deputado por 4. Importante repetir: Jabes foi prefeito de Ilhéus por 18 anos.

Quais são as principais “marcas” deixadas na memória do povo? Peixe, frango, escadarias, seis e meia, e…??

Porém, o que normalmente as pessoas não sabem ou não lembram é de que por conta do grupo do ex-prefeito Ilhéus passou a ser o MAIOR DEVEDOR trabalhista da Bahia e QUARTO MAIOR DEVEDOR do Brasil; O atual prefeito ELEVOU para a TERCEIRA MAIOR do Brasil;

Os principais planos que todo município precisa para estar organizado, não existem ou estão desatualizados, por exemplo: Não temos Plano Municipal de Saneamento Básico; Não temos Plano de Saneamento, Não temos Plano Habitacional e não temos regulamentação do transporte coletivo, entre outros itens.
Estão desatualizados: Plano Diretor (um dos mais importantes), desde 2015, com o ex-prefeito; o Código de Posturas é de 1974 e assim por diante.

Precisamos romper este ciclo de um gestor ruim fazer o outro ruim querer aparecer como bom e realizar uma gestão organizada de verdade, projetando Ilhéus dentro das diversas possibilidades que temos em mãos.

Makrisi Angeli é ex- vereador e pre-candidato a prefeito.

PF faz operação contra empresa do influenciador Renato Cariani por tráfico


Polícia Federal, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO do MPSP) de São Paulo e a Receita Federal deflagraram, nesta terça-feira, 12/12, a Operação Hinsberg, que tem como objetivo reprimir e desarticular organização criminosa que desviou produtos químicos para produção de drogas.

O controle de insumos químicos e a repressão dos desvios para o tráfico de drogas têm se configurado como ferramenta de inteligência utilizada pela PF na mitigação da produção e oferta de entorpecentes no território nacional.

O influenciador fitness, Renato Cariani, é alvo de mandado de busca e apreensão. Foto redes sociais.

A empresa Anidrol, indústria química de Diadema, na Grande São Paulo, é o principal alvo da PF. O negócio tem o influenciador fitness, Renato Cariani, como sócio. Ele também é alvo de busca.

Mais de 70 policiais federais estão nas ruas para dar cumprimento à 18 mandados de busca e apreensão em endereços situados em São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

As investigações revelaram que o esquema abrangia a emissão fraudulenta de notas fiscais por empresas licenciadas a vender produtos químicos em São Paulo, usando “laranjas” para depósitos em espécie, como se fossem funcionários de grandes multinacionais, vítimas que figuraram como compradoras.

Foram identificadas 60 transações dissimuladas vinculadas à atuação desta Organização Criminosa, totalizando, aproximadamente, 12 toneladas de produtos químicos (fenacetina, acetona, éter etílico, ácido clorídrico, manitol e acetato de etila), o que corresponde à mais de 19 toneladas de cocaína e crack prontas para consumo.

As investigações revelaram, ainda, que os envolvidos empregavam diversas metodologias para ocultar e dissimular a procedência ilícita dos valores recebidos, tais como interpostas pessoas e constituição de empresas fictícias.

As pessoas relacionadas aos fatos investigados responderão, cada qual dentro da sua esfera de responsabilidade, pelos crimes de tráfico equiparado, associação para fins de tráfico, bem como pelo crime de lavagem de dinheiro. As penas cominadas podem ultrapassar 35 anos de reclusão.

O nome da operação faz alusão a Oscar Hinsberg, químico que percebeu a possibilidade de converter compostos químicos em fenacetina. Tal substância foi o principal insumo químico desviado.

Governo do Estado investe R$ 4,6 milhões na nova sede da 7ª Coorpin e da 1ª Delegacia Territorial de Ilhéus


Mais de R$ 4,6 milhões foram investidos pelo Governo do Estado na construção da sede da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e da Delegacia Territorial de Ilhéus, entregue pelo governador Jerônimo Rodrigues, na manhã desta segunda-feira (11). Apenas em 2023, 52 estruturas para abrigar as Forças da Segurança e atender a população foram inauguradas pela Secretaria da Segurança Pública (SSP). O evento também contou com as presenças do titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Marcelo Werner, e da delegada-geral da Polícia Civil, Heloísa Brito.

Durante a entrega do novo equipamento, Jerônimo reforçou que o Governo do Estado está dedicado em garantir o aperfeiçoamento da segurança pública em toda a Bahia. “Eu não gostaria de estar aqui falando em compra de armas, queria estar aplicando mais recursos em equipamentos de educação e cultura, mas não posso deixar o crime organizado tenha melhores equipamentos do que os da Polícia Militar e da Polícia Civil”. O governador também destacou que a construção e entrega de novas delegacias e pelotões da PM vão acontecer em 2024, bem como a contratação de policiais e bombeiros.

A estrutura, que está situada na Avenida Governador Roberto Santos, bairro do Basílio, conta com espaço para acolhimento de vítimas, recepção, atendimento, salas para delegados titular e substituto, investigação, reconhecimento, entre outros espaços.