Site do Detran-BA é hackeado e fica fora do ar temporariamente


Mais um órgão público foi vítima de ataque cibernético, desta vez o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). O site da autarquia foi hackeado na madrugada desta segunda-feira (19) e está fora do ar temporariamente, para que seja restabelecido o acesso seguro à plataforma (www.detran.ba.gov.br).

O Detran-BA esclarece que a retirada do site do ar não afeta os serviços de habilitação e veículos, que continuam funcionando normalmente, por meio de agendamento no www.sacdigital.ba.gov.br e aplicativo SAC Digital.

“É para prejudicar a Fiol”, protesta Kaíque Souza sobre renovação de contrato da Ferrovia Centro-Atlântica


O vereador Kaíque Souza (Podemos) apresentou ao plenário do legislativo ilheense uma Moção de Protesto conta a prorrogação do contrato de concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), empreendimento integrante do grupo econômico da Vale. O parlamentar lembrou que, recentemente, parte da Ferrovia de Integração Oeste Leste (FIOL), entre Ilhéus e Caetité, foi arrematada pela Bahia Mineração (Bamin) em processo licitatório do Governo Federal, gerando uma forte expectativa em Ilhéus e região sul da Bahia.

A renovação antecipada de concessão da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) transformou-se em ponto de discórdia entre o governo do estado e a VLI Multimodal S.A., empresa que administra o modal desde 1996. A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) exige que a renovação da outorga, por mais 30 anos, fique condicionada à comprovação do cumprimento das cláusulas contratuais.

“Queremos alertar que o objetivo da Vale com essa renovação é impedir o avanço da extração de minério fora da sua área de atuação, a exemplo da FIOL”, destaca Kaíque. Na Moção de Protesto, o parlamentar explicou ainda, que ao longo dos 25 anos de contrato, a FCA não apresentou quaisquer melhorias no sistema de transporte ferroviário baiano. “Ao contrário, o serviço piorou e a malha ferroviária foi reduzida, passando a atender menos localidades”, assegura o parlamentar. Além disso, ele destaca que a falta de manutenção e modernização da ferrovia reflete diretamente na má qualidade do atendimento aos usuários e na estagnação do desenvolvimento econômico do Estado.

A moção foi aprovada por unanimidade dos vereadores e encaminhada ao Diretor da Agencia Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, Marcelo Prado; ao Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas; ao Governador da Bahia, Rui Costa; e ao presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes; solicitando que o prazo de encerramento da Consulta Pública se prorrogue até que o tema seja discutido de forma aprofundada.

Salvador ganha primeira UPA Animal Veterinária


Vereadora Marcelle Moraes destaca que unidade prestará assistência a preços populares. Foto arquivo.

A partir desta segunda-feira (19), Salvador terá a primeira UPA Animal com atendimentos veterinários. A unidade passa a funcionar no bairro Mussurunga, prestando assistência de forma ininterrupta, inclusive aos finais de semana e feriados, como informa a vereadora Marcelle Moraes (DEM).

Para ajudar quem mais precisa, a UPA Animal disponibilizará nesta segunda (19) e terça-feira (20) consultas gratuitas, fruto da parceria com o projeto social da vereadora. Ela destaca que esse convênio possibilitará à unidade prestar assistência a preços populares, assegurando um acolhimento veterinário de qualidade, de forma democrática e acessível na capital baiana.

“Salvador ganha um importante equipamento na assistência aos animais, atendendo, sobretudo, os bichos que estão sob a guarda de tutores e cuidadores mais carentes. É uma maneira democratizar mais a assistência veterinária no município”, afirmou a protetora.

A UPA Animal fica localizada na Rua Professor Plínio Garcez de Sena, 08 – Mussurunga 1.

Ilhéus já aplicou 40 mil doses da vacina contra a Covid-19


Ilhéus aplicou 40.362 doses da vacina contra a Covid-19 até o momento, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Desse total, 29.110 doses correspondem ao primeiro ciclo (D1) e 11.252 referem-se ao segundo ciclo (D2) do esquema vacinal das pessoas que integram os grupos prioritários. Os dados são divulgados diariamente no painel de acompanhamento da cobertura vacinal Covid-19 da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Balanço – Conforme a Sesau, dos dias 12 a 16 de abril, foram aplicadas 1.360 unidades da vacina referentes à primeira dose e 2.640 doses de reforço, relativas ao segundo ciclo do esquema vacinal dos grupos prioritários da primeira fase da campanha. No total, foram imunizadas 4 mil pessoas, entre trabalhadores da saúde, idosos, indígenas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A Sesau reitera que mesmo com o início da vacinação de parcela da população, é necessário manter as medidas de prevenção à Covid-19, com uso de máscara de proteção, higienização das mãos e distanciamento físico (social).

Tandick pede pavimentação asfáltica do condomínio FAELBA e da rua D, ao lado da Faculdade de Ilhéus


O vereador Tandick Resende (PTB) solicitou ao Executivo Municipal a realização da pavimentação asfáltica, com vistas à urbanização e drenagem pluvial da rua D, no bairro São Francisco, zona sul de Ilhéus, na região onde estão implantados a Faculdade de Ilhéus e o Condomínio FAELBA.

O pedido é uma reivindicação antiga dos moradores da localidade, bem como de estudantes que utilizam o trajeto para acesso à Faculdade de Ilhéus. Com a pavimentação, a região ficará revitalizada e terá maior fluxo de pessoas, diminuindo também o risco de assaltos e outros crimes comuns na região.

A pavimentação também vai auxiliar na mobilidade de pessoas que precisam ir para bairros da zona sul, especialmente após a duplicação da BA-001, conhecida como Rodovia Ilhéus-Olivença.

O vereador, que já havia solicitado as obras em indicações anteriores, agora apresenta Requerimento Legislativo tendo em vista o caráter de urgência do pleito. “Trata-se de uma obra emergencial. A solicitação vai além da questão da mobilidade urbana, visto que a região tem sido conhecida pela grande incidência de crimes, fazendo com que a Policia Militar tivesse que fazer guarda naquele local para proteger os moradores e estudantes. A urbanização minimiza esses problemas”, salienta o parlamentar.

Denúncias contra Vereador Luca Lima chegam à polícia e à Câmara de Vereadores


As denúncias de assédio moral, sexual e rachadinha feitas por três ex-assessoras contra o vereador de Ilhéus, Luca Lima, chegaram à Câmara de Vereadores. (Clique aqui para assistir)

A denúncia assinada por um dos advogados das vítimas foi protocolada e recebida pela Câmara Municipal na última sexta-feira, dia 16 de abril de 2021. Além da indicação de condutas que incorrem em corrupção, improbidades administrativas e quebra de decoro parlamentar, a denúncia exige da Casa Legislativa a apuração de crimes previstos no Código Penal, todos esses supostamente praticados pelo acusado, vereador Luca Lima, segundo as vítimas.

Documento com denuncia protocolado na câmara de Vereadores. Clique na imagem para ampliar.

Segundo informações de uma fonte policial, as denunciantes foram ouvidas na Polícia Civil de Ilhéus na última semana, e reforçaram as denúncias contra o vereador. Além da polícia, o Ministério Público estadual também foi provocado e está acompanhando o caso.

Em nota encaminhada a alguns meios de comunicação, o vereador Luca Lima taxou as acusações como falsas e maldosas, e informou que todas as medidas administrativas e judiciais foram e/ou serão tomadas para reparar quaisquer danos à sua imagem como empreendedor, político e cidadão. Registrou, por fim, que sua assessoria jurídica já ajuizou processo para reparar os danos à sua moral e imagem decorrentes das falsas acusações.

Na última segunda-feira (12), o repórter Oziel Aragão trouxe novas denúncias contra o vereador, agora por ex-funcionários de uma clínica em que ele é um dos sócios. Confira o novo vídeo abaixo:

Nordeste tem menor taxa de mortalidade pela Covid-19 no Brasil em 2021; entenda


A região Nordeste do Brasil tem, atualmente, a menor taxa de mortalidade pela Covid-19, devido à adoção de medidas de restrições mais rígidas e uma comunicação mais forte do que em outras partes do país, segundo matéria publicada pelo Uol.

De acordo com a publicação, em 2021, por exemplo, essa taxa está em 49 por 100 mil habitantes, 37% menor do que a média nacional no mesmo período, que chega a 78 por 100 mil habitantes. No Sul, líder no índice, o número chega a 109 por 100 mil.

“O Nordeste hoje é quem puxa hoje a mortalidade do Brasil para baixo”, diz André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco e vice-presidente do Nordeste do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

A taxa de mortalidade do Nordeste na pandemia era de 134 por 100 mil na última quinta-feira (15/4). Os três estados com menores taxas de mortalidade na data eram do Nordeste: Maranhão (95 para cada 100 mil), Bahia (114) e Alagoas (117). A média nacional na data ficava em 174 para cada 100 mil pessoas. Desde o início da pandemia, segundo os números oficiais do Ministério da Saúde, a região registrou até a quinta-feira 76 mil dos 365 mil óbitos —o equivalente a 21%.

Longo afirma que o resultado se deve, em partes, porque a região se articulou desde o início e ouviu mais a ciência. Contudo, ele reconhece que, mesmo com uma situação melhor que outras regiões, o cenário é crítico no Nordeste.

SITUAÇÃO NA BAHIA

No sábado (17/4), a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia, divulgou que nas últimas 24 horas, foram registrados 3.889 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.051 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico, também, registrou 94 mortes, que ocorreram em datas diferentes, porém, confirmadas no sábado. Dos 859.760 casos ocorridos desde o início da pandemia, 826.161 já são considerados recuperados, 16.371 encontram-se ativos e 17.228 tiveram óbito confirmado.

Prefeitura de Itacaré lança campanha de combate a violência contra a mulher


A Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Esportes, Mulher e Juventude, está lançando a campanha de combate a violência contra a mulher, com o objetivo conscientizar e chamar a atenção da sociedade para este problema. A proposta é divulgar os canais de denúncias de todas as formas de violência contra a mulher em Itacaré, seja física, psicológica, moral, sexual e patrimonial.

De acordo com o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, a campanha foi criada após observar o grande número de mulheres que são vítimas de violência e sofrem caladas, seja por vergonha, por medo e também por morarem em regiões afastadas e não saberem onde pedir ajuda. Nesse sentido, a Secretaria de Esportes, Mulher e Juventude vai não somente incentivar as denúncias, como garantir o amparo e o apoio policial.

A campanha vai incluir materiais em vídeos, cards, impressos e o trabalho de orientação e acompanhamento às mulheres. Tudo isso sem contar com a divulgação do Disque 100 e do Ligue 180, serviços gratuitos, que funcionam 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados, recebem denúncias de violações de direitos humanos e de violência contra a mulher.

O secretário de Esportes, Mulher e Juventude, Marcelo Barros, destaca a importância de todos estarem unidos para enfrentar as diversas formas de discriminação e violência contra a mulher, buscando assim contribuir para uma sociedade mais justa e sem violência. E a campanha, segundo ele, é justamente no sentindo de sensibilizar a sociedade sobre o que é o ciclo da violência, as diversas formas de agressão e orientar as vítimas e orientar sobre como agir.

Governo amplia toque de recolher na Bahia; confira outras mudanças


Em 208 municípios baianos (ver lista no Anexo 1 abaixo), o toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h de 18 a 26 de abril. Nos demais municípios, fica restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril. A medida foi publicada neste domingo (18), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios do Anexo I deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Fica vedada em todo o estado a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 23 até as 5h de 26 de abril. Excepcionalmente, essa medida não se aplicará aos municípios listados no Anexo 2 abaixo em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 18 de abril até 26 de abril de 2021. A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 da segunda-feira (19) às 05h do dia 23 de abril de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 24 e 25 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de abril a 26 de abril de 2021, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação, nos dias 24 e 25 de abril.

Aulas e eventos

As atividades letivas, nas unidades de ensino públicas e particulares, poderão ocorrer de maneira semipresencial, conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, nos municípios listados no Anexo 2 abaixo, em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%. A realização das atividades letivas semipresenciais fica condicionada à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos. No restante do estado, continuam suspensas, até 26 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares.

Permanecem proibidos até o dia 26 de abril os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Apenas eventos científicos, corporativos e reuniões continuam liberados, com público máximo de 50 pessoas, exceto para os municípios do Anexo 1.

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 26 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos. Continuam permitidos os atos religiosos litúrgicos, com limitação da ocupação ao máximo de 25% da capacidade do local.

Municípios integrantes do Anexo 1

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé,Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sátiro Dias, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Urandi, Utinga, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

Municípios integrantes do Anexo 2

Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço e Várzea Nova.

Igor Kannário é condenado a pagar indenização aos policiais que chamou de “bunda mole” no carnaval


Deputado e cantor Igor Kannário.Foto de Inácio Teixeira/Secom.

A polêmica envolvendo o cantor Igor Kannário e a Polícia Militar da Bahia ganhou mais um capítulo. Na sexta-feira (16/4). O juiz Ronaldo Alves Neves Filho, de Guanambi, condenou o político a pagar idenização a quatro oficiais por ter chamado os agentes de “bunda mole” durante o Carnaval de Salvador em 2020, enquanto puxava a pipoca no Campo Grande.

“Nesta senda, xingar Policiais Militares de “bunda mole”, bem como incitar milhares de pessoas contra a Polícia Militar em pleno carnaval, solicitando uma vaia para aquela não acrescenta em nada na coibição de eventuais abusos praticados por parte dos membros da referida corporação, mas, por outro viés, poderia ter levado até mesmo a uma situação de violência generalizada, acaso o incitamento aludido redundasse em agressão contra a tropa em trabalho”, diz o juiz, na decisão.

Na época, enquanto comandava a pipoca, Kannário xingou os agentes de modo geral, sem especificar nomes. A Justiça entendeu que os quatro policiais que entraram contra a ação, mesmo que não estivessem trabalhando no local naquele dia, deveriam receber R$ 4 mil do cantor.

Receberão a quantia o coronel Arthur Mascarenhas Fernandes e seus colegas Eduardo Antônio Souza Pacheco, José Roberto Suarez Santana e Lucas Garcia Viveiros. “Embora verifica-se dos autos que a conduta do acionado não se dirigiu de forma individual a nenhum dos requerentes, e que estes não estiveram presentes no evento e no momento das ofensas, estas foram de tal ordem que extrapolaram o direito  de crítica comum, sendo de tal forma que, pelas circunstâncias da lide, mostra-se razoável o pleito de danos morais”, decidiu.

O cantor ainda pode recorrer a decisão.

Informações da Aratu Online.