Estado decreta férias coletivas para professores da rede estadual de ensino a partir de terça-feira (3)


Foto divulgação.

 

O Governo da Bahia decretou férias coletivas para os professores da rede estadual de ensino, a partir da próxima terça-feira (3). A medida foi publicada, nesta sexta-feira (30), no Diário Oficial do Estado (DOE). De acordo com o decreto, a decisão foi tomada considerando o estado de calamidade pública em todo o território baiano e a situação de emergência, em razão da pandemia decorrente da COVID-19. As férias serão de 30 dias seguidos, até o dia 2 de dezembro. No país, 17 estados concederam períodos de 15 dias de férias para os professores e outros três estados, de 30 dias.

A medida se aplica a 33.391 servidores, sendo professores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos do quadro do magistério público estadual; os contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), que atuam no exercício das funções do magistério; e os profissionais da Educação que estão no exercício da função de mediador, de intérprete de LIBRAS, de brailista, de instrutor de LIBRAS, de cuidador, de técnico de atendimento de Educação Especial – AEE, de preceptor e de nutricionista, nas unidades de ensino da rede estadual. A exceção é para diretor escolar. O pagamento relacionado ao 1/3 das férias será feito em folha extra.

As aulas na rede estadual de ensino foram suspensas no dia 15 de março e permanecem suspensas, conforme decreto estadual n° 19.586, até o dia 15 de novembro. A data de retorno das aulas ainda não está definida. As aulas só serão retomadas em condições de segurança, a partir da indicação das autoridades de Saúde do Governo do Estado.

Ilhéus: Candidatos a vereadores têm registros de candidaturas negados e sete já renunciaram


A ausência de prestação de contas de quem foi candidato nas eleições anteriores e a falta de certidões, vem gerando impugnações por parte do Ministério Público, e acatadas pela Justiça Eleitoral.

Ilhéus hoje tem 466 candidatos a vereadores, sendo que 52 candidatos tiveram suas candidaturas indeferidas, a grande maioria por problemas de quitação eleitoral e falta de certidões.

Dos 52 candidatos, 21 estão com candidatura indeferidas sem recurso, literalmente impugnados. Outros 31 candidatos continuam na eleição, já que recorreram para instâncias superiores, e estão sub judice.

Para ver a lista e situação de cada candidato, clique AQUI, e será direcionado para o programa de divulgação de candidaturas e contas eleitorais do TSE- Tribunal Superior Eleitoral.

Outros 7 candidatos renunciaram e se retiraram do pleito, são eles:

Eleições terão horário ampliado em 1 hora para evitar aglomerações


As Eleições Municipais de 2020 terão mais tempo de votação e prioridade para os eleitores mais velhos em determinado período.

O horário de votação será das 7h às 17h, considerando sempre o horário local. As primeiras três horas, das 7h às 10h, serão preferenciais para pessoas acima de 60 anos, que fazem parte do chamado grupo de risco para o novo coronavírus.

A intenção é garantir mais tempo para que eleitores votem com segurança, evitar aglomerações no dia da votação e distribuir melhor o fluxo de pessoas nos locais de votação.

O horário foi definido com a ajuda de uma consultoria técnica, que envolveu matemáticos e sanitaristas, e vale tanto para o primeiro turno do pleito, no dia 15 de novembro, quanto para o segundo, no dia 29 do mesmo mês, onde houver. Quase 148 milhões de eleitores estão aptos a participar das Eleições Municipais.

O TSE conta com a compreensão dos eleitores que não se encontram na faixa etária de risco para não irem votar nessas horas iniciais, caso possível. Eventuais acompanhantes ou outros eleitores com idade inferior a 60 anos que cheguem aos locais de votação nesse período não serão impedidos de votar, mas deverão aguardar, respeitando a preferência para os mais velhos.

Será obrigatório o uso de máscara facial pelo eleitor, para que possa entrar e permanecer na seção eleitoral. A medida também vale para os mesários, que, além das máscaras, utilizarão face shields (protetores faciais).

Uesc vai manter atividades não presenciais até o fim do trimestre excepcional


Reitor Reito Alessandro.

 

A Uesc vai cumprir o período letivo trimestral excepcional iniciado no dia 5 de outubro com previsão de encerramento no dia 13 de dezembro. A medida foi aprovada na 50ª Reunião Extraordinaria do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Santa Cruz (Consepe/Uesc) que regulamentou, em caráter excepcional e temporário, as atividades de ensino de graduação e pós-graduação, tendo em vista o novo coronavírus SARS-CoV-2 causador da Covid-19.

A medida está se efetivando porque Conselho Universitário (Consu/Uesc) aprovou e publicou a resolução 28/2020, autorizando, enquanto perdurar a pandemia causada pelo novo coronavírus, a manutenção do trabalho remoto administrativo na Universidade e assegurando que as atividades institucionais sejam desenvolvidas em consonância com as orientações governamentais brasileiras e da Organização Mundial de Saúde na adoção de medidas de controle da disseminação do novo coronavírus.

O trabalho remoto administrativo, na Uesc, segue as rotinas estabelecidas pelas chefias imediatas, por meio da utilização dos Sistemas de Informação e Comunicação Institucionais, de modo a configurar efetivo exercício do cargo pelos servidores, excetuando as atividades essenciais na modalidade presencial. Porém, ficam dispensados aqueles servidores que se enquadram em conformidade com o Art. 1 do Decreto Estadual nº 19.528/2020 e o Art. 4 da Resolução CONSU nº 05/2020.

As atividades letivas estão ocorrendo com o uso e desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem por meio de formas de ensino não presencial, prioritariamente por processos de educação mediada por Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), recursos educacionais digitais e outras, como alternativas às atividades presenciais para o ensino de graduação e pós-graduação, denominado Ensino Não Presencial.

O reitor, Alessandro Fernandes de Santana salienta que “mesmo com a pandemia, as atividades da Universidade não pararam. Ao contrário, a ação efetiva dos servidores docentes e técnicos administrativos fez com que a Uesc se despontasse como uma instituição que se coloca a disposição dos interessa da sociedade”. Concluiu.

Estado autoriza retorno das atividades letivas nas instituições de Ensino Superior a partir do dia 3 de novembro


O Governo do Estado publicará no Diário Oficial, desta sexta-feira (30), a revogação do Decreto n° 19.586, autorizando a retomada das atividades letivas nas unidades de Ensino Superior públicas e particulares, na Bahia, a partir do dia 3 de novembro. A decisão foi tomada considerando a redução dos índices de contaminação pelo novo Coronavírus no Estado e leva em conta, ainda, a efetividade das ações de prevenção e combate à Covid -19, além de estabelecer protocolos de segurança homologados pelo Poder Executivo Estadual.

 

Caberá a cada instituição estabelecer o seu calendário de retorno às aulas, desde que os protocolos estejam devidamente implementados. Os protocolos objetivam padronizar, sistematizar e normatizar o procedimento de retorno às atividades e aulas e orientam estudantes, professores, colaboradores, pais, responsáveis, prestadores de serviço e visitantes sobre a execução do processo, de modo a assegurar a integridade e a saúde dos mesmos, conforme recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Cada instituição deverá seguir as orientações, conforme a infraestrutura e a capacidade de cada uma.

 

Dentre as orientações gerais, estão os protocolos quanto à recomendação para a higienização, por turno, das áreas de uso frequente, como por exemplo, corredores, elevadores, maçanetas, relógio de ponto, portas, pisos, bibliotecas, laboratórios, parques, estacionamentos, salas de aula e salas administrativas. Neste sentido, orienta-se também para que seja garantido o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, inclusive nas salas de aulas, onde a ocupação máxima não deve ultrapassar os 50% de sua capacidade.

 

O documento apresenta, ainda, orientações para que haja restrições para o uso de elevadores e disponibilização de dispensadores de álcool gel a 70% em quantidade compatível à estrutura e número de circulantes na instituição de ensino (conforme Lei Estadual nº 13.706/2017). O protocolo prevê a capacitação específica para os trabalhadores sobre os critérios de higienização estabelecidos, bem como dos procedimentos de diluição de produtos de limpeza, seguindo as orientações dos fabricantes, além da garantia de que os trabalhadores responsáveis pela higienização utilizem Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequados para o desempenho de suas funções.

 

Os alunos, trabalhadores, professores, pais e responsáveis, visitantes e prestadores de serviços deverão utilizar, obrigatoriamente, a máscaras para acessar e permanecer nas instituições, que deverão fiscalizar a sua utilização, que só será dispensada em casos específicos, como o de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

 

Dentre outras coisas, os protocolos de segurança homologados pelo Poder Executivo Estadual determinam que as instituições devem estabelecer horários escalonados de entrada, saída e intervalos das aulas, para evitar aglomerações, e aferir a temperatura de todos que acessarem as mesmas, com o direcionamento para acompanhamento de saúde daqueles com medição igual ou superior a 37,5°C. E fica suspenso o uso de catracas, borboletas ou similares com biometria para o acesso às instituições.

 

Os protocolos também são determinados quanto à utilização de banheiros e de bebedouros coletivos; ao funcionamento de lanchonete e restaurantes, dos laboratórios de aulas práticas, dos núcleos de práticas jurídicas, da clínica escola e da academia escola; dos procedimentos em estágios obrigatórios; e  ao uso de bibliotecas, quadras, piscinas, área de convivência e ambientes de atividades pedagógicas (auditório, laboratórios de informática, sala de estudo individual e em grupo). Também tratam da realização de eventos; do atendimento ao público externo e até mesmo quanto à realização de serviços em salas de aula.

Projeto ENEM 100% promove aulão virtual de Redação nesta sexta-feira (30


Foto feita po ClaudionorJúnior.

 

Redação será o destaque do aulão virtual do projeto ENEM 100%, nesta sexta-feira (30), às 16h. A atividade, que contará com a participação da professora Patrícia Reis, é promovida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), sendo transmitida, ao vivo, pelo canal do Youtube da Educação Bahia (https://bit.ly/2G2kOpt). A ação pedagógica busca auxiliar os estudantes na preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2020, cujas provas, na versão impressa, serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e, na versão digital, em 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Os aulões virtuais do projeto ENEM 100% acontecem todas às terças e sextas-feiras, sempre das 16h às 17h, envolvendo diferentes componentes curriculares, e fazem parte de uma série de atividades lançada pela SEC para fortalecer a aprendizagem dos estudantes que irão prestar o ENEM. Clicando aqui, o estudante tem também à sua disposição uma apostila que pode ser baixada, por aula, e a programação das próximas aulas que serão realizadas.

Ainda no Portal da Educação, o estudante tem acesso a conteúdos preparatórios por meio do projeto Universidade para Todos – Estude em Casa, desenvolvido em parceria com as universidades estaduais (UNEB, UEFS, UESC e UESB). Outra ferramenta é a Plataforma Anísio Teixeira, que contém mais de 10 mil conteúdos digitais educacionais e aulas do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC), tendo recebido o aporte de conteúdos construídos com as 12 Instituições de Ensino Superior (IES) públicas na Bahia (UNEB, UEFS, UESB, UESC, UFBA, UFOB, UFRB, UNILAB, UFSB, UNIVASF, IFBAIANO E IFBA).

Os estudantes também podem complementar a preparação para o exame com o “Estude em casa”, programa exibido em parceria com o Canal Futura, da Fundação Roberto Marinho, através da TVE, sempre às 13h e às 15h. Além disso, a emissora leva ao ar o programa “Hora do ENEM”, exibido de segunda a sexta, às 18h.

CPE apreende celulares e bíblias com anotações de tráfico em presídio


Uma ação de rotina do Comando de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar, no Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, localizou celulares, facas e bíblias com anotações de tráfico de drogas. A revista de celas ocorreu na manhã e tarde de quarta-feira (28).

A Cipe Mata Atlântica e o 5° Pelotão da Companhia Independente de Polícia de Guarda (CIPGd) de Itabuna, acompanhados de agentes penitenciários, visitaram as instalações do Pavilhão A, ocupadas por 243 detentos. A ação teve como objetivo impedir que os presidiários tenham contatos ilícitos com possíveis comparsas de práticas criminosas que estão soltos.

Nas celas os PMs apreenderam 32 celulares, 34 facas artesanais, duas bíblias com anotações de tráfico de drogas, pen drives, chave de fenda, talhadeiras, porções de maconha, entre outros itens.

Os materiais foram apresentados na Delegacia Territorial (DT) de Teixeira de Freitas.

Análise: debate foi um show de desconhecimento e improviso


A Faculdade de Ilhéus promoveu na noite desta quarta-feira (28), um debate entre os candidatos a prefeito de Ilhéus. O que chamou atenção foi o despreparo de alguns candidatos, que por meio da campanha eleitoral, divulgam vídeos parecendo oradores natos, mas na realidade, durante o debate, tentou a todo o momento improvisar, e gaguejou.

O momento mais interessante, foi quando Cacá Colchões (PP) deu uma de marketing igual a de Enéas Carneiro, e disparou quase dez perguntas em pouco tempo ao prefeito Mário Alexandre (PSD), entre elas, o aumento do valor do lixo. O atual prefeito e candidato a reeleição rebateu Cacá, lembrando um fato triste da prefeitura. “ No meu governo não houve escândalo. Ao contrário da gestão anterior”, lembrando o escândalo da operação Citrus no governo Jabista, que foi parar em rede nacional, inclusive no Fantástico.

Quem se deu bem literalmente no debate foi o professor Reinaldo Soares (PTB), que viu cair em seu colo o tema Turismo e Meio Ambiente, e demonstrou conhecimento e possuir projeto para o desenvolvimento dessa área. Em outros temas, Reinaldo mostrou segurança e conhecimento nas respostas.

Já o prefeito Mário Alexandre, usou a estratégia de responder as perguntas mostrando o que já fez, e o que pode fazer. Pela análise das redes sociais, o prefeito alcançou o objetivo e contou com o despreparo dos outros candidatos para se sair muito bem.

O ponto alto do debate foi a agressividade do candidato João Barros (PRTB), que disparou contra o professor Reinaldo Soares, e ocasionou o debate mais quente entre os dois.

O restante do debate não vale a pena comentar. Se aguentarem assistir, segue abaixo o vídeo completo do debate.

Vídeo:

Ator dá calote em motel, prostitutas e motorista de aplicativo no Rio de Janeiro, afirma jornalista


O ator global Claudio Fits deu calote em um motel, prostitutas e em um motorista de aplicativo no Rio de Janeiro, na última sexta-feira (22/10). As informações são do jornalista Leo Dias. De acordo com o colunista, um boletim de ocorrência foi registrado por Romulo Gomes, profissional do aplicativo. No documento, ele afirma que Claudio praticou estelionato. Segundo Gomes, no meio da corrida, o global pediu um dinheiro emprestado, no valor de R$ 1,3 mil. O artista teria dito que estava com um problema no cartão e afirmou que faria uma transferência para pagar a quantia.

O motorista do aplicativo disse, ainda, que levou Fits até um motel na Barra da Tijuca e, lá, o ator teria selecionado o quarto mais barato e contratado duas garotas de programa. No fim de tudo, o artista tentou fazer um transferência para as prostitutas, mas o dinheiro também não caiu nas contas delas. Reivindicando o pagamento, elas teriam quebrado garrafas de champanhe, além de outros objetos do quarto.

As garotas foram embora e, ao tentar deixar o estabelecimento, o cartão do ator não passou e ele não teve como pagar a dívida de R$ 1,2 mil. O ator teria resolvido fazer uma transferência bancária que, segundo o gerente do motel, não aconteceu. No entanto, passados cinco dias, o valor ainda não tinha caído na conta do motel, nem na do Uber. As garotas de programa também não haviam recebido a quantia devida.

Não ficou claro qual a relação que o motorista tem com o ator, que teria feito ele confiar no artista, realizando um empréstimo neste valor, nem como Claudio deixou o motel, mesmo sem ter conseguindo para o valor devido ao estabelecimento e às garotas de programa. De acordo o motorista, ele prometeu realizar o pagamento ainda nesta quinta-feira (29/10). Até o fechamento da matéria, Fits não havia se pronunciado sobre o assunto.

Ninguém acerta as seis dezenas e Mega-Sena vai a R$ 52 milhões


Mega Sena.

 

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (28) à noite no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados no Concurso 2.313 foram 03 – 20 – 26 – 45 – 49 – 58.

A quina teve 66 acertadores e cada um vai receber o prêmio de R$ 54.216,40. Os 5.055 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 1.011,24. A estimativa de prêmio do próximo concurso, no sábado (31), é de R$ 52 milhões.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50.