Residencial Rio Cachoeira recebe mutirão social da Prefeitura de Ilhéus


Moradores do Residencial Rio Cachoeira acessaram serviços gratuitos em mutirão social. Clodoaldo Ribeiro-Secom.

Realizada no último sábado (21), mais uma jornada de Mutirão da Saúde e Cidadania. A ação da Prefeitura de Ilhéus aconteceu por meio das secretarias municipais de Desenvolvimento Social (SDS) e da Saúde (Sesau). Moradores do Residencial Vila Cachoeira, na zona oeste da cidade acessaram gratuitamente os serviços.

A SDS ofertou serviços de Bolsa Família, Recadastro do BPC, Cartão do Idoso Interestadual, Cadastro Único, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e mapa do peso.

Atendimento à população – Na área da saúde, por exemplo, foram disponibilizados atendimentos nas especialidades de Cardiologia, Ginecologia, Pneumologia, Clínica Geral, Ortopedia, além de exame preventivo, aferição de pressão arterial, medição de glicemia e vacinação.

Maria Amanda pontuou que as ações beneficiam as pessoas que moram em localidades distantes. “Trabalho importante realizado pela Prefeitura. Pessoas que precisavam organizar a vida, mas não tinham condições de sair de suas casas para ir até outro local de atendimento. Então, a vinda de um mutirão para o bairro, nós aproveitamos”, afirmou a moradora que aguardava atendimento para o ginecologista.

Por sua vez, o prefeito Mário Alexandre destacou a iniciativa desenvolvida pelas secretarias. Ao visitar o mutirão, afirmou que o Governo Municipal está trabalhando de domingo a domingo para melhorar as condições do nosso povo, realizando um trabalho social e olhando de forma especial para aqueles moradores que residem nas comunidades mais distantes”, frisou.

Vanessa Moreira Magalhães Leite, coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS Oeste) ressaltou que a equipe já desenvolve um trabalho semanal de atendimento à comunidade. “Concretizamos mais uma ação prevista no plano de ações da secretaria da SDS, juntamente com outros programas. A comunidade solicitou a oferta de serviços na área da saúde e atendemos ao pedido. Esse é o nosso compromisso enquanto gestão”, destacou.

“Os mutirões consistem em levar diversos segmentos e especialidades à população. O prefeito determinou e nós o atendemos, que é justamente levar saúde onde a população está. Estamos ampliando as vagas através dessas ações e dando vazão aos serviços com presteza, deixando de forma evidente que a prioridade é a saúde de qualidade para a população”, salientou secretário municipal de Saúde Geraldo Magela.

As ações continuam, e de acordo com o calendário da SDS, serão realizadas nos dias 24 (terça-feira), no bairro São Miguel e no dia 28 (sábado), na Tapera.

PRF recupera veículo furtado há 12 anos na Bahia


Foto divulgação PRF/Bahia.

Na noite deste domingo (22), durante fiscalização de combate a criminalidade no KM 720 da BR- 101, trecho do município de Eunápolis (BA), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) abordaram um veículo GM/Corsa Hatch, com placas do Espírito Santo.

Foram solicitados os documentos do veículo e do condutor, quando em uma verificação minuciosa no automóvel e após consulta detalhada ao sistema da polícia, os agentes federais observaram se tratar na realidade de um carro, com registro de furto datada de junho/2007, na cidade de Salvador (BA).

Diante dos fatos, o motorista de 37 anos foi encaminhado, junto com o veículo, à Delegacia de Polícia Civil local, para os procedimentos legais e formalização do flagrante por crime de receptação.

A PRF em 2019 já recuperou mais de 300 veículos furtados, roubados ou adulterados. O combate às fraudes veiculares é uma das áreas de atuação ordinária da PRF e ações pontuais são realizadas sempre que se constata uma maior incidência desses crimes em determinadas regiões do país.

SISTEMA SINAL – Para cadastrar casos de roubo ou furto de veículos, as pessoas podem acessar o site www.prf.gov.br/sinal e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel. De imediato, uma mensagem é enviada para os celulares dos policiais que estejam mais próximos da ocorrência, para auxiliar na recuperação do veículo. Vale ressaltar que o registro no sistema não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Pedro Tavares destaca sucesso do Buera Folia e administração da cidade


Pedro Tavares no Bueira Folia.

Acompanhando os avanços de Buerarema, o deputado estadual Pedro Tavares (DEM), esteve presente no município, onde participou da inauguração do calçamento do bairro Santa Helena e prestigiou o Buera Folia. O parlamentar ressaltou as realizações que tem sido feitas pela administração do prefeito Vinícius Ibhrann, melhorando a infraestrutura e os serviços públicos da cidade. Tavares destacou também a organização da festa que atraiu um grande público, no município.

“Parabenizo o prefeito Vinícius pela grande festa realizada. A cidade e a população merecem essa comemoração, lembrando o aniversário do município, ocorrido na última semana. É louvável também a excelência de sua gestão, que vem transformando Buerarema, promovendo mudanças positivas para população. As obras mostram o compromisso do prefeito com a cidade”, afirmou. Tavares acompanhou o prefeito Vinícius, o vice-prefeito Geo da Farmácia, vereadores e lideranças, no ato de entrega da obra e também no Buera Folia.

Estiveram ao lado do deputado na passagem por Buerarema, o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge e o presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Ricardo Xavier.

MEC vai exigir contratação de professor sem concurso para universidade que aderir ao Future-se


Abraham Weintraub, ministro da Educação de Bolsonaro.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, vai estimular as universidades federais a contratarem professores e técnicos pelo regime CLT (de carteira assinada). Hoje, eles passam por concurso público e têm direito à estabilidade. A contratação via CLT será exigência para a entrada das universidades no Future-se, novo programa do MEC que vai captar recursos junto à iniciativa privada. Segundo a pasta, boa parte dos novos investimentos no ensino superior federal será pelo programa.

No Future-se, cuja adesão das universidades é facultativa, contratos de novos docentes e técnicos serão intermediados por Organizações Sociais (OSs), entidades privadas que prestam serviços públicos e não precisam seguir a Lei de Licitações e Concursos. Embora Weintraub afirme que os funcionários seguiriam com estabilidade, o Supremo Tribunal Federal decidiu, em 2018, que empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista regidos pela CLT não fazem jus à estabilidade prevista na Constituição. No novo modelo das federais, ainda não detalhado, a ideia é o servidor ter a permanência atrelada ao desempenho. Um dos ministros mais próximos ao presidente Jair Bolsonaro, Weintraub argumenta que é preciso cortar o gasto na folha de pagamento, que chama de “bomba-relógio”. Estudos do Ministério da Educação mostram que 85% da verba nas federais é gasta com pessoal.

Estadão Conteúdo

PF deflagra operação para coibir fraudes na concessão de aposentadoria


A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (23) uma operação para colher provas da participação de advogados, contadores e servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na prática de fraudes contra o Sistema Previdenciário. As fraudes possibilitaram que pessoas que não tinham tempo de contribuição suficiente recebessem a aposentadoria sem ter direito, depois de informarem vínculos de trabalho inexistentes.

“O prejuízo real causado pelas fraudes é da ordem de 55 milhões de reais, sendo que a estimativa de economia com a desarticulação do esquema criminoso, caso as fraudes não tivessem sido descobertas e as aposentadorias continuassem sendo pagas, é de 347 milhões de reais”, diz a PF.

Segundo as investigações, o esquema consistia no cômputo extemporâneo de tempo de contribuição fictício para aposentadorias, o que era feito por meio da transmissão de Guias de Recolhimento do FGTS e de Informações à Previdência Social (GFIPs) por meio de empresas inativas. “As GFIPs são utilizadas pelas empresas para o recolhimento do FGTS e para disponibilizar à Previdência Social informações relativas aos segurados, inclusive para comprovar o tempo de contribuição dos funcionários”, explicou a PF.

Depois de averiguar centenas de benefícios concedidos, a PF constatou que todos os requerimentos de benefícios que tinham indício de fraude estavam concentrados em um grupo de seis servidores. Segundo a PF, eles aprovaram as aposentadorias sem observar os requisitos previstos na legislação, como o período de carência e conferência dos documentos.

De acordo com a PF, os responsáveis pela inserção dos dados falsos nos sistemas do INSS e pela transmissão das GFIPs eram dois escritórios de contabilidade. Também foram identificaos cinco advogados responsáveis pela captação de clientes e pela formalização dos requerimentos junto ao INSS.

“Todos os benefícios suspeitos serão revisados administrativamente pelo INSS e poderão ter seus pagamentos suspensos. Os investigados poderão ser indiciados pelos crimes de organização criminosa, estelionato e inserção de dados falsos em sistemas de informação, cujas penas variam de 2 a 12 anos de reclusão.

As investigações foram realizadas em conjunto pela Polícia Federal e pela Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária e Trabalhista do Ministério da Economia, que compõem a Força Tarefa Previdenciária, com apoio do INSS.

Ilhéus: Mesmo com a chegada da nova ponte, a Embasa vai manter estação elevatória na Av. Soares Lopes


Estação Elevatória de Esgotos (EEE) da Avenida Soares Lopes. Foto Blog do Gusmão.

“Pense num absurdo, na Bahia tem precedente”, dizia Otávio Mangabeira, governador do Estado entre 1947 e 1951.

Alvo de críticas dos ilheenses há anos, a Estação Elevatória de Esgotos (EEE) da Avenida Soares Lopes, inaugurada na gestão de João Durval (ex-governador da Bahia de 1983 a 1986), fica em um local próximo às principais atrações turísticas de Ilhéus, e com a chegada da nova ponte, torna-se um objeto disforme que precisa ser retirado.

Além do mau cheiro, a famigerada Estação Elevatória de Esgotos, joga milhares de litros de esgoto na praia, além de manter um suspiro (extravasor) próximo ao Obelisco ao Dois de Julho, e a cinco metros da pista da nova ponte.

Imagem mostra extravasor . Foto Jamesson Araújo.

Depois de inaugurada, quem sair da belíssima ponte sentido Av. Soares Lopes, vai se deparar com um rio de esgoto. Isso mesmo, enfiado em uma vista panorâmica da nova ponte.

Quem achava que com a chegada da nova ponte e a construção das vias, a estação de esgoto sairia da Soares Lopes, se enganou! A sensação é que estão fazendo uma obra gigantesca, sem pensar nos pequenos detalhes.

Em 2018, o Blog do Gusmão, parceiro do Blog Agravo, trouxe uma reportagem mostrando a situação obsoleta da estação elevatória. Clique aqui para ler.

Durante a renovação com contrato com a Embasa, a Prefeitura divulgou através de uma nota, em maio deste ano, a afirmação de que o contrato inclui a reestruturação da estação elevatória da Avenida Soares Lopes. Entramos em contato com a Embasa questionando a situação da estação e da adequação a obra da nova ponte, por meio de fotos.

Extravasor vai ser cartão postal da via de acesso a nova ponte de Ilhéus. Foto José Nazal.

Em nota encaminhada ao Blog Agravo, a Embasa informou que se comprometeu a executar, ao longo da vigência do novo contrato de programa firmado, junto ao município de Ilhéus, obras de requalificação da Estação Elevatória de Esgotos (EEE) da Avenida Soares Lopes. O investimento estimado para as intervenções é de R$1,3 milhão. Entre as “melhorias” está prevista a aquisição de um gerador próprio, que vai minimizar a utilização do extravasor em caso de interrupção do fornecimento regular de energia elétrica.

Estação está encravada no meio da construção das novas vias. Foto Jamesson Araújo.

A Embasa também respondeu sobre a situação do extravasor e adequação a obras da nova ponte:

Qualquer projeto construtivo de uma estação elevatória de esgoto prevê um ponto de extravasamento. Esse ponto corresponde à fotografia enviada pelo blog, que também se trata de uma desembocadura de rede de drenagem de águas pluviais. A contribuição de esgoto ocorre nas seguintes situações: quando há interrupção de energia elétrica e o esgoto deixa de ser bombeado na EEE; e quando usuários usam indevidamente a rede de drenagem de águas pluviais, para afastamento dos esgotos sanitários. Para minimizar o problema, a Embasa opera no local uma captação em tempo seco – responsável por interceptar os esgotos e direcioná-los à estação de tratamento.

Em relação às obras de implantação da ponte estaiada e de vias complementares, a Embasa informa que mantém entendimentos com a empreiteira responsável pelo empreendimento, fornecendo informações como localização, profundidade e diâmetro das redes de água e de esgoto, cabendo à empreiteira quaisquer adequações necessárias para não se produzir impacto na operação destes equipamentos.

Como pode ser visto na informação acima, Ilhéus vai continuar com o esgoto na praia, e com odor desagradável na Av. Soares Lopes. Um retrocesso sem tamanho!

Primavera começa hoje, mas chuvas devem se fixar apenas em outubro


A primavera começa nesta segunda-feira (23) em todo o hemisfério sul do planeta. No Brasil, a estação é caracterizada pela chegada das chuvas. Este ano, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) as precipitações deverão começar em outubro, um pouco mais tarde que no ano passado, quando tiveram início em setembro.

“A primavera, no geral, é a mudança da estação do inverno para a chegada do verão. Estamos saindo de um período frio para começar um período quente. Quando vamos para a parte central do Brasil e Sudeste, a estação é associada com a chegada das chuvas. Por isso, grande parte do Brasil tem plantio nessa época do ano, em outubro, quando as chuvas começam a se fixar”, disse, em Brasília, o chefe da previsão do tempo do Inmet, Francisco de Assis.

Acrescentou que a primavera é sempre associada a temporais, pancadas de chuva e trovoadas: “Exatamente por isso que estamos entrando em um período quente com a formação de nuvens, para começar o período de chuva”, explicou.

Norte

De acordo com a Meteorologia, a previsão para a Região Norte é que, em Roraima, Amapá, nordeste do Amazonas e meio norte do Pará as chuvas ocorram próximas ou abaixo da média para o período. Já na parte centro-sul do Amazonas, sudoeste do Pará e no Acre e Rondônia, haverá possibilidade de chuvas acima da média durante os meses de outubro a dezembro. As temperaturas serão de normal a acima da média.

A região apresentou bastante irregularidade nas chuvas entre junho a agosto. A redução das chuvas em localidades dos estados de Rondônia, Tocantins e sul do Pará e as altas temperaturas e baixa umidade relativa do ar, favoreceram a incidência de queimadas, muito comuns nesta época do ano. Alguns episódios de friagem também foram registrados neste período e atingiram o Acre, Rondônia e sul do Amazonas.

Nordeste

A previsão para a primavera indica maior probabilidade de chuvas perto da média na parte leste do Nordeste. Nas demais áreas, haverá o predomínio de chuvas ligeiramente abaixo da média. Ressalta-se que o trimestre de outubro a dezembro é o mais seco da parte leste do Nordeste.

As temperaturas estarão mais elevadas sobre todo o Nordeste, principalmente na região sul do Maranhão e do Piauí.

Durante os meses de inverno, as chuvas registradas foram próximas ou abaixo da média em grande parte da região.

Em lugares como João Pessoa, na Paraíba, onde geralmente chove em torno de 790 milímetros (mm) entre os meses de junho a agosto, choveu 670 mm somente em junho. As chuvas amenizaram as temperaturas nesta região, principalmente no sudeste da Bahia, onde a média das máximas em agosto ficou entre 24 ºC e 26 ºC.

Centro-Oeste

A previsão para o Centro-Oeste indica alta probabilidade de chuvas de normal a acima de normal em grande parte da região, exceto na metade norte do Goiás, onde as chuvas serão ligeiramente abaixo da média climatológica.

As temperaturas serão acima da média, principalmente no sul do Mato Grosso do Sul, norte de Mato Grosso e Distrito Federal.

Municípios de Mato Grosso e Goiás ficaram mais de 100 dias consecutivos sem chuva, a partir de maio deste ano.

Nestas mesmas áreas, as temperaturas médias foram acima do normal climatológico, em razão da permanência de massas de ar seco e quente, as quais favoreceram a ocorrência de queimadas e incêndios florestais.

Em alguns dias entre junho e setembro, a umidade relativa do ar apresentou valores abaixo de 20% nos horários com temperaturas mais elevadas, como ocorrido no Distrito Federal, em que a estação meteorológica do Inmet, no Gama (DF), registrou 8% de umidade relativa do ar no dia 4 de setembro.

Sudeste
Na Região Sudeste, a previsão é que as chuvas sejam ligeiramente abaixo da faixa normal, exceto no estado de São Paulo, sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro, onde podem ocorrer chuvas mais fortes, principalmente em novembro. As temperaturas devem permanecer acima da média em grande parte do Sudeste.

A precipitação de chuvas no inverno seguiu características típicas para o período, com baixa ou total ausência de precipitação, com exceção do leste de São Paulo e Rio de Janeiro, onde as chuvas foram entre 20 e 70 mm acima da média.

As temperaturas médias foram de normal a ligeiramente acima da média em grande parte da região. Foram registrados nos estados de São Paulo e Minas Gerais alguns poucos episódios de geadas somente no início de julho, com intensidade variando de fraca a moderada.

Sul
Na primavera, ainda de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, as chuvas devem permanecer ligeiramente acima da faixa normal nos três estados da região Sul. Já as temperaturas médias devem predominar dentro da normalidade na parte oeste da região e acima da média no restante.

Durante o inverno, os maiores volumes de chuva estiveram localizados sobre a metade sul do Rio Grande do Sul. Durante os primeiros dias de junho, deu-se o início da temporada de temperaturas mais baixas, entretanto, as temperaturas abaixo de zero só ocorreram em julho e agosto.

Em áreas de serra e planalto da Região Sul do país, houve formação de geadas com intensidade variando de moderada a forte. Durante a primeira semana de julho e também de agosto, houve registro de neve na região serrana do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

PMs serão ouvidos em investigação sobre morte de menina de 8 anos


Ágatha, 8, a mais nova vítima da violência armada que já atingiu 16 crianças no Rio neste ano.

A Delegacia de Homicídios da Capital vai ouvir amanhã (22), no Rio de Janeiro, dois policiais militares que participaram da ação realizada no Complexo do Alemão, no momento em que um disparo matou a menina Ágatha Félix, de 8 anos. Segundo a Polícia Civil, as armas dos PMs serão recolhidas para confronto balístico.

Ágatha foi ferida com um tiro nas costas na noite de sexta-feira, quando estava dentro de uma kombi com o avô, na comunidade Fazendinha, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio.

De acordo com relatos de moradores pelas redes sociais, o tiro teria sido disparado por militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que atiraram contra ocupantes de uma motocicleta em fuga. Em entrevistas à imprensa, familiares da menina também afirmam que não havia confronto no momento do disparo.

Um projétil foi retirado da vítima no hospital. Posteriormente, fragmentos de projétil foram retirados de seu corpo com a ajuda de um scanner, no Instituto Médico Legal.

A Polícia Civil já ouviu parentes da menina, o motorista da kombi em que ela estava e outras testemunhas. Também foi realizada perícia no veículo. Ao longo da semana, os investigadores devem fazer uma reprodução simulada do crime.

A Corregedoria da Polícia Militar abriu um processo de investigação sobre a atuação dos policiais envolvidos no episódio.

Em nota, o governo do Rio diz que lamenta “profundamente” a morte da menina e que houve queda 21% no número de homicídios dolosos nos primeiros meses do ano.

Denúncia à ONU

A morte de Ágatha Félix levou movimentos sociais de favelas do Rio de Janeiro e a organização não governamental Justiça Global a denunciarem o governador Wilson Witzel e o Estado Brasileiro ao Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para Direitos Humanos. A denúncia afirma que a “morte de Ágatha é consequência direta da política de abate imposta pelo governador às favelas do Rio”.

Assinam o pedido os movimentos Papo Reto, Fórum Grita Baixada, Instituto Raízes em Movimento, Fórum Social de Manguinhos, Mães de Manguinhos, Movimento Moleque, Rede de Comunidades e Movimentos contra a Violência e Arquitetxs Faveladxs.

O assassinato de Ágatha também gerou críticas à política de segurança pública por parte da Ordem dos Advogados do Brasil, da Anistia Internacional no Brasil e da Defensoria Pública do Estado do Rio.

“As mortes de inocentes, moradores de comunidades, não podem continuar a ser tratadas pelo governo do Estado como danos colaterais aceitáveis. A morte de Ágatha evidencia mais uma vez que as principais vítimas dessa política de segurança pública, sem inteligência e baseada no confronto, são pessoas negras, pobres e mais desassistidas pelo Poder Público”, disse a seccional fluminense da OAB.

Nau Araújo assume secretaria no governo de Marão


Nau com o prefeito Mário Alexandre e a ex- deputada Ângela Souza. Foto Arquivo.

Ednaldo Lopes de Araújo Filho,conhecido popularmente como Nau Araújo, foi nomeado na última sexta-feira (20) para o cargo de Secretário de Mobilidade Ordem Pública do município de Ilhéus.

Servidor da Prefeitura de Uruçuca, e morador de Ilhéus, Nau é do grupo do prefeito Mário Alexandre, e durante o mandato da deputada estadual Ângela Sousa trabalhou na 13ª Ciretran – Ilhéus. Onde ficou até o mês passado quando houve uma troca de comando, entrando coordenador ligado ao ex-prefeito Jabes Ribeiro.

Muito querido, a nomeação de Nau foi um dos principais assuntos das redes sociais, com muitos comentários positivos.

Adolescente morre afogada no litoral Sul de Ilhéus


Jovem chegou a ser socorrida mas acabou vindo a óbito. Foto Facebook.

Na manhã deste domingo, uma adolescente identificada como Bianca se afogou na praia do Cururupe, litoral sul de Ilhéus.

A vítima  chegou a ser socorrida, mas não resistiu e veio a óbito. Segundo informações, a jovem é natural do município de Itapetinga, e estaria a passeio em Ilhéus.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) fez o levantamento cadavérico. A família aguarda liberação do corpo para realizar o traslado para Itapetinga, onde a jovem será velada e sepultada.