Ilhéus: Moradores de prédio tomado por rachaduras relatam medo


Matéria da TV Santa Cruz.

Moradores de condomínio em Ilhéus estão preocupados com rachaduras nos apartamentos. Imagem TV Santa Cruz.

Moradores de um prédio em um condomínio residencial de Ilhéus, na região sul da Bahia, que está tomado por rachaduras, estão com medo da estrutura desabar e, por conta disso, dizem dormir com as portas de casa entreabertas, para facilitar a fuga em caso de qualquer intercorrência.

Os moradores ainda utilizam esparadrapo para medir o avanço das fendas nas paredes, como forma de acompanhar a evolução do problema, e acionaram a Justiça, há três anos, por conta da situação, mas nada ainda foi resolvido.

O prédio fica bloco 1 no condomínio São Jorge, localizado na zona sul da cidade. Os moradores dizem que a preocupação aumentou ainda mais depois que ficaram sabendo da tragédia ocorrida em Fortaleza, onde um prédio residencial de sete andares desabou — até a tarde desta quinta, cinco mortes tinham sido confirmadas.

O condomínio de Ilhéus tem 13 blocos e foi erguido há cerca de 10 anos, como parte de um programa de arrendamento residencial financiado pela Caixa Econômica Federal.

Os moradores do prédio com rachaduras, que tem 16 apartamentos, dizem que os problemas começaram a aparecer há cinco anos. As rachaduras podem ser vistas já do lado de fora do prédio. Dentro de muitos apartamentos, algumas rachaduras tomam toda a parede, do chão até o teto.

Há três meses, os moradores colocaram um esparadrapo em uma das rachaduras para medir se a fenda iria avançar. Perceberam que o problema só aumenta, já que o esparadrapo hoje está quase rompendo, já que a distância entre uma extremidade e outra da parede aumentou. Em outra rachadura, é possível até ver o feixe de luz no outro lado da parede.

Proprietário de um dos apartamentos, o administrador Emerson Araújo diz que está pensando em se mudar e viver de aluguel por causa do medo.

“Quando começa a chover eu já levanto assustado, pensando que é alguma coisa. Deixo a porta só no trinco, porque, se for o caso de a gente sair de uma forma rápida, eu já estou com a porta semiaberta para poder sair o mais rápido possível. Estou pensando em me mudar porque não aguento mais viver com medo”, destaca.

Outra moradora do prédio, a professora Margareth Souza diz que até no chão do apartamento tem rachadura. Ela conta que está com medo de acontecer o mesmo que houve no Ceará.

“Minha mãe me ligou e pediu para eu ver a reportagem, que dizia que quando aparecesse rachaduras assim que o certo seria que os moradores saíssem. Eu disse a ela que é preciso ter calma e estou esperando a situação ser resolvida. Mas dá medo porque quando a gente vai pro lado de fora, a gente vê que a rachadura está bem maior e tem aumentado. A gente já acionou a Justiça, a gente paga o condomínio, paga a Caixa. Então, precisamos de uma reposta mais rápido”, destaca.

Quando a administração do condomínio levou o caso à Justiça, teve ganho de causa e foi determinado que a Caixa e a construtora Módulo tomassem providências, mas os moradores dizem que ainda aguardam solução.

A construtora Módulo disse que, assim como a Caixa, já apresentou defesa sobre o processo do condomínio e que aguardam decisão da Justiça. Disse ainda que um perito da Caixa esteve no local e, no laudo, consta que a responsabilidade pelas rachaduras é dos moradores, porque eles teriam quebrado uma parede que não poderia ser quebrada para a instalação de um ar-condicionado.

A construtora ainda afirmou que um perito da Justiça foi nomeado para realizar uma nova perícia no local, mas ainda não há data marcada para isso.

Clique aqui para ver a Matéria da TV Santa Cruz na íntegra.

Sábado será “Dia D” de vacinação contra o sarampo


Imagem ilustrativa.

Neste sábado (19), será realizado em todo o país o “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. A data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizarem contra a doença, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses. Postos de saúde estarão abertos para receber os interessados em se proteger contra o sarampo ou que não tenham tomado todas as doses.

O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, lançada no dia 7 de outubro pelo Ministério da Saúde, em parceria com secretarias estaduais e municipais.

A mobilização nacional de amanhã integra a primeira fase da campanha, até 25 de outubro, voltada a crianças com idade entre seis meses e 4 anos. Os bebês de até um ano apresentam coeficiente de incidência da doença de 92,3 a cada 100 mil habitantes, 12 vezes maior do que as demais faixas.

Na segunda etapa, programada para o período entre 18 e 30 de novembro, o foco será em pessoas de 20 a 29 anos. Essa faixa inclui a maioria do número de casos confirmados da doença, com 1.694, embora com coeficiente menor (13,2 casos a cada 100 mil habitantes) devido ao número de brasileiros nessa faixa de idade.

Devem ser vacinados os bebês de seis meses a 1 ano, que tomarão a chamada “dose 0”. As crianças de 1 a 5 anos devem receber duas doses, uma aos 12 meses e outra aos 15 meses. Em caso de aplicação de apenas uma das doses, é preciso se dirigir aos postos para realizar o complemento da segunda.

O objetivo é vacinar 39 milhões de pessoas ao longo da campanha, cerca de 20% dos brasileiros. Foram disponibilizadas neste ano 60,2 milhões de doses da tríplice viral, que imuniza contra sarampo, caxumba e rubéola. Para o próximo ano, o ministério anunciou a aquisição de mais 65,2 milhões de doses. O público-alvo será ampliado, abrangendo também as faixas de 50 a 59 anos.

Casos

Segundo o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde sobre Sarampo, de janeiro até outubro deste ano já haviam sido confirmados 6.640 casos e seis mortes. No período de 7 de julho a 29 de setembro, foram registrados 5.404 casos confirmados, enquanto 22.564 ainda estão em investigação. Outras 7.554 suspeitas foram descartadas. O período concentrou 81% dos casos confirmados neste ano.

Esses episódios ocorreram em 19 unidades da Federação, sendo a quase totalidade em São Paulo, com 5.228 casos (96,74%), em 173 cidades, principalmente na região metropolitana da capital paulista. Em seguida vêm o Paraná (39 casos, em 10 cidades), o Rio de Janeiro (28, em 9 municípios), Minas Gerais (25, em 8 localidades) e Pernambuco (24, em 8 cidades).

Como os registros estão em municípios específicos, quem quiser mais informações deve buscar a Secretaria de Saúde do estado para saber se a sua cidade está entre os locais de ocorrência da doença. Entre as mortes, cinco foram em São Paulo e uma em Pernambuco.

Sarampo

Causado por vírus, o sarampo é uma doença infecciosa grave, que pode levar à morte. A transmissão ocorre por via aérea, ou seja, quando a pessoa infectada tosse, fala ou respira próximo de outras pessoas.

Mesmo quando o paciente não morre, há possibilidade de a infecção ocasionar sequelas irreversíveis. Quando a doença ocorre na infância, o doente pode desenvolver pneumonia, encefalite aguda e otite média aguda, que pode gerar perda auditiva permanente.

Os sintomas do sarampo são febre acompanhada de tosse, irritação nos olhos, coriza (nariz escorrendo ou entupido) e mal-estar intenso. Quando o quadro completa de três a cinco dias, podem aparecer manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas.

A prevenção ao sarampo, feita por meio da vacinação, é fundamental, já que não há tratamento para a doença. O tipo de vacina varia conforme a idade da pessoa e a situação epidemiológica da região onde vive, ou seja, é necessário levar em conta a incidência da doença no local. Quando há um surto, por exemplo, a dose aplicada pode ser do tipo dupla viral, que protege contra sarampo e rubéola.

Existem ainda as variedades tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) e tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela, mais conhecida como catapora). As vacinas estão disponíveis em unidades públicas e privadas de vacinação. Segundo o Ministério da Saúde, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece doses gratuitamente em mais de 36 mil salas de vacinação, localizadas em postos de saúde de todo o Brasil.

O governo brasileiro recomenda que pessoas na faixa de 12 meses a 29 anos de idade recebam duas doses da vacina. Para a população com idade entre 30 a 49 anos, a indicação é de uma dose.

Recentemente, o Brasil perdeu o certificado de eliminação da doença. Na semana passada, passaram a apresentar semelhante condição quatro países da Europa: o Reino Unido, a Grécia, República Tcheca e Albânia. De acordo com o ministério, no primeiro semestre deste ano, o Cazaquistão, a Geórgia, Rússia e Ucrânia concentraram 78% dos casos registrados na Europa.

Prefeito e comitiva estão no Sul do País para conhecerem modelos de gestão pública


Prefeito Mário Alexandre e comitiva estão no Sul do País para conhecerem modelos de gestão pública.

Acompanhado por uma comitiva, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre visitou a cidade de Criciúma e conheceu o modelo de trabalho desenvolvido pelo prefeito da cidade catarinense, Clésio Salvaro. Durante o encontro, os gestores trocaram experiências e debateram políticas públicas voltadas, em especial, aos segmentos de saúde, meio ambiente, educação e finanças. A agenda de trabalho segue até o dia

Mário Alexandre destacou os avanços obtidos em Ilhéus, com um olhar para as cidades que são modelo de gestão pública. “Conversei com o prefeito de Criciúma e observei quais são as políticas adotadas para atrair mais empresários. Observei que muitos baianos residem no estado de Santa Catarina. Brusque, por exemplo, é um dos grandes polos de confecção do País, e muitos baianos estão residindo nessa cidade”, afirmou.

Sustentabilidade também foi uma das pautas abordadas na reunião. “Nós falamos sobre aterro sanitário, que é uma preocupação nacional. Procuramos analisar in loco os avanços, os exemplos de boa qualidade nos serviços públicos prestados referentes à proteção ambiental. Queremos inserir Ilhéus nesse modelo nacional. Estou satisfeito, pois trabalho para o meu povo, e é isso que me faz ter o sentimento de dever cumprido. Em breve traremos mais notícias”, comentou.

Sistema de geoprocessamento – Na oportunidade, o prefeito Salvaro apresentou o sistema de cadastro imobiliário de Criciúma, que de acordo com ele, possibilita a visualização e emissão de informações cadastrais de imóveis pela internet, de forma gratuita, através da Consulta Prévia Online.

Descarte Regular dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) – A comitiva também visitou uma unidade que cuida do lixo hospitalar. Com equipamentos de ponta, o serviço transforma resíduo hospitalar em lixo comum, livre de contaminação.

Na oportunidade, Mário Alexandre lembrou que esse recurso permite que o material coletado seja tratado e descartado de forma apropriada. “Um plano de gerenciamento do lixo, que configura benefício ambiental e financeiro para Ilhéus”.

A comitiva é formada pelos secretários municipais Átila Docio (Infraestrutura e Defesa Civil); Hermano Fahning (Serviços Urbanos); superintendente do Meio Ambiente e Urbanismo, Joélia Sampaio e pelo vereador Pastor Matos.

Defesa Civil da Bahia organiza equipamentos para limpeza de óleo


Defesa Civil organiza equipamentos para limpeza de óleo nas praias.

Os equipamentos de proteção individual (EPI’s) que vão ajudar os municípios em Situação de Emergência na limpeza das praias afetadas pela mancha de óleo começaram a chegar à sede da Defesa Civil do Estado, na manhã desta quinta-feira (17), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Diversos tipos de luvas, pás, ancinhos, botas de PVC, roupas (calça e camisa), protetor solar, sacos plásticos e máscaras serão organizados em kits e entregues às prefeituras.

“Neste primeiro momento, nós vamos atender seis municípios. Até agora nós recebemos vários itens que conseguimos com fornecedores, EPI´s que vão garantir o trabalho seguro e eficiente, protegendo as pessoas que vão realizar a limpeza deste produto que chegou até as nossas praias. Estamos aguardando chegar mais alguns itens que estão formando os kits para levar aos municípios”, explicou o coordenador técnico da Defesa Civil da Bahia, Francisco Soares.

A quantidade de cada item distribuído aos municípios está relacionada com a disponibilidade encontrada no mercado. A entrega será feita em dois momentos. “Hoje pela tarde, nós vamos enviar os kits para Camaçari e Lauro de Freitas, que ficam mais próximos de Salvador. A partir de amanhã [18], nós vamos mandar para as demais cidades que também estão em Situação de Emergência”, declarou a coordenadora de ações de resposta da Defesa Civil do Estado, Taíse Silva.

Corpo de Bombeiros retira pelo menos três toneladas de óleo da praia do Conde

Pelo menos três toneladas de óleo foram retiradas da praia de Conde por bombeiros militares até a tarde desta quinta-feira (17). Os militares que também atuam em Porto Sauípe, Subaúma, Imbassahy e Praia do Forte, estão realizando a retirada do material e depositando em locais adequados para posterior descarte.

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) está atualmente com 75 bombeiros diariamente realizando a remoção do óleo. As equipes estão distribuídas nas praias mais críticas e realiza do um trabalho manual. O objetivo é fazer toda a a remoção de forma segura.

“Inicialmente estávamos com 50 pessoas por dia, hoje aumentamos esse efetivo e possivelmente iremos colocar mais pessoas se houver necessidade. Hoje sobrevoei mais uma vez, o litoral norte com secretários estaduais. Estamos acompanhando de perto toda a operação para identificar os pontos de maior impacto e atuar com mais eficácia”, explicou o comandante-geral do CBMBA, coronel BM Francisco Telles.

Secretaria da Educação abre mais de 2 mil vagas em processo seletivo para professor


A Secretaria da Educação da Bahia divulgou, no Diário Oficial do Estado (DOE) de ontem, quarta-feira (16), a abertura do processo seletivo com 2.491 vagas para professores, sob o Regime de Direito Administrativo da Bahia (Reda), na função temporária de Professor Padrão P – Grau III, com carga horária 20 horas semanais.

As vagas são direcionadas para todo o estado e englobam os municípios componentes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTEs). Os candidatos devem ter formação de nível superior em Licenciatura Plena. As inscrições serão realizadas no período de 18 de outubro a 4 de novembro, exclusivamente neste site.

“O processo seletivo consiste em vagas reais para atender os locais onde estão vencendo o Reda vigente e ou não houve aprovados no último concurso”, explica a superintendente de Recursos Humanos da Educação, Maria do Rosário Muricy. O edital está disponível no Portal da Educação.

O processo seletivo será realizado em uma única etapa, no dia 8 de dezembro, com aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatória e classificatória. Os locais e horários das aplicações das provas serão divulgados no Cartão de Identificação do Candidato, que será disponibilizado no site até 4 de dezembro.

O prazo de validade do processo seletivo simplificado será de um ano, a contar da data da publicação da homologação, podendo, antes de esgotado este prazo, ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério da administração, por ato expresso do secretário da Educação do Estado da Bahia.

Bahia: Mulher acusada de mandar matar o marido é presa


Adriana Nunes teve a prisão cumprida pela DT de Bom Jesus da Lapa. As investigações prosseguem no intuito de identificar outros envolvidos.

Investigações realizadas por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, resultaram na prisão de Adriana Nunes Cardoso Vieira, de 36 anos. Ela é acusada de mandar matar o marido, em janeiro deste ano.

Adriana foi presa no município de Santana, distante 813 quilômetros de Salvador. O titular da DT/Bom Jesus, delegado Marcos Aurélio de Oliveira Porto, informou que Adriana é apontada como autora intelectual do crime. “Realizamos uma apuração minuciosa para chegar a essa conclusão”, explicou o titular.

Com o cumprimento do mandado, Adriana está à disposição do Poder Judiciário. “As investigações prosseguem no intuito de identificar e localizar os outros envolvidos no crime”, completou o delegado.

Sesi Ilhéus apresenta projetos de alunos sobre Bioeconomia e Desenvolvimento Sustentável


A Escola SESI Ilhéus realiza nos dias 18 e 19, no Calçadão Jorge Amado, a apresentação dos projetos desenvolvidos pelos estudantes durante o ano letivo.

Os trabalhos, que fazem parte da Mostra Sesi de Artes, Ciência e Tecnologia, que reúne 260 alunos do ensino médio, serão apresentados durante todo o dia no estande montado pelo Sesi com a presença de estudantes e professores. O tema deste ano é “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”.

A mostra é aberta à comunidade, que poderá conhecer projetos que serão aplicado no dia a dia, com benefícios para a economia e o meio ambiente do Sul da Bahia.

Caixa e BB iniciam nova fase de pagamento do PIS/Pasep


Imagem ilustrativa.

O abono salarial dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) do calendário 2019/2020 começa a ser pago nesta quinta-feira (17) para os beneficiários nascidos em outubro e servidores públicos com final de inscrição 03.

A Caixa Econômica Federal é responsável pelo pagamento do abono salarial do PIS. Os pagamentos são disponibilizados de forma escalonada conforme o mês de nascimento do trabalhador.

Os titulares que possuem conta individual na Caixa com cadastro atualizado receberam o crédito automático antecipado ontem (15).

Os primeiros a receber o abono foram os nascidos em julho, no caso dos trabalhadores da iniciativa privada. Quanto aos servidores públicos, os que têm inscrição iniciada em zero.

Os trabalhadores que nasceram até dezembro recebem o PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2020.

Os servidores públicos com o dígito final de inscrição do Pasep de 0 e 4 também recebem este ano. Já no caso das inscrições com o final entre 5 e 9, o pagamento será no próximo ano.

O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2019/2020 será no dia 30 de junho de 2020.

Quem tem direito

O benefício é pago ao trabalhador inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias ao longo de 2018 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Para ter direito ao abono também é necessário que o empregador tenha informado os dados do empregado na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) 2018.

Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2018 fora do prazo e entregues até 25 de setembro de 2019, o pagamento do abono salarial estará disponível a partir de 4 de novembro de 2019, conforme calendário aprovado. Após esse prazo, o abono será pago no calendário seguinte.

Os trabalhadores que tiverem os dados dos últimos cinco anos corrigidos e declarados pelos empregadores na Rais também terão seu abono liberado conforme o calendário regular. Se os empregadores encaminharem correções do cadastro a partir de 12 de junho de 2020, os recursos serão liberados no próximo calendário.

O teto pago é de até um salário mínimo (R$ 998), com o valor calculado na proporção de 1/12 do salário. A quantia que cada trabalhador vai receber é proporcional ao número de meses trabalhados formalmente em 2018.

Os herdeiros também têm direito ao saque. No caso de falecimento do participante, herdeiros têm que apresentar documentos que comprovem a morte e a condição de beneficiário legal.

Como sacar o PIS

O pagamento do PIS é feito pela Caixa e o do Pasep, pelo Banco do Brasil. Os clientes da Caixa e do Banco do Brasil recebem o dinheiro diretamente na conta.

Segundo a Caixa, beneficiários que não têm conta no banco e os que possuem Cartão do Cidadão com senha cadastrada podem pegar o recurso em casas lotéricas, ponto de atendimento Caixa Aqui ou terminais de autoatendimento da Caixa.

Caso não tenha o Cartão do Cidadão, o valor pode ser retirado em qualquer agência do banco. Nesse caso, é preciso apresentar um documento de identificação oficial.

O valor do benefício pode ser consultado no aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão pelo 0800 726 0207.

De acordo com o banco, o total disponibilizado para o pagamento do PIS no atual calendário é de R$ 16,4 bilhões, beneficiando 21,6 milhões de trabalhadores.

Como receber o Pasep

No caso do Pasep, pago pelo Banco do Brasil, mais de 2,9 milhões de trabalhadores têm direito ao abono, totalizando R$ 2,6 bilhões.

Este ano, a novidade é que correntistas de outras instituições financeiras podem enviar transferência eletrônica disponível (TED) sem custos. Para os clientes Banco do Brasil, o crédito automático em conta será feito dois dias antes da liberação dos pagamentos.

Entre os servidores públicos e militares, com direito ao saque do abono no exercício 2019/2020, cerca de 1,6 milhão não têm conta no Banco do Brasil. Para facilitar o recebimento, esse público não precisará se deslocar a uma das agências do banco.

Na página da internet criada pelo BB para o pagamento do benefício, o servidor poderá solicitar a transferência bancária do valor do seu abono, de acordo com o calendário de pagamento. A transferência também pode ser feita em qualquer terminal de autoatendimento do Banco do Brasil, antes mesmo do início do atendimento físico nas agências.

Os demais beneficiários (cerca de 1,3 milhão de trabalhadores) são correntistas do banco.

Para saber se tem direito ao abono, o trabalhador pode consultar o site www.bb.com.br/pasep ou telefonar para a Central de Atendimento do Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 e 0800-729-0001.

Histórico

As leis complementares nº 7 e 8 de 1970, respectivamente, criaram o PIS e o Pasep. A partir de 1976, foi feita a unificação dos programas no Fundo PIS/Pasep. Até outubro de 1988 os empregadores contribuiam ao Fundo de Participação PIS/Pasep, que distribuía valores aos empregados na forma de cotas proporcionais ao salário e tempo de serviço.

Após a promulgação da Constituição de 1988, as contribuições recolhidas em nome do PIS/Pasep não acrescentam saldo às contas individuais. Os recursos passaram a compor o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), para o custeio do Programa do Seguro-Desemprego, do Abono Salarial e a financiamento de programas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O abono salarial que não for retirado dentro do calendário anual de pagamentos será devolvido ao FAT.

Apontado como líder de facção criminosa do Sul da Bahia é preso em BH


Só em Itabuna, Sandro Papel possui em aberto quatro mandados de prisão por homicídio, além de responder por tráfico e associação para o tráfico de drogas, conforme a Polícia Civil.

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta quarta-feira  (16), Sandro Ronaldo Borges da Silva, de 40 anos. Com vários mandados de prisão em aberto por homicídios e tráfico de drogas, ele estava foragido há seis anos. O suspeito é apontado como um dos líderes de uma facção criminosa Raio A atuante na região Sul da Bahia, considerado como um dos alvos mais procurados pela Justiça baiana.

Sandro Papel é acusado de mandar matar o comerciante Romualdo dos Santos Sobral, o Peu, no São Roque, em Itabuna. em setembro deste ano.

Segundo o titular da 6ª Coorpin/Itabuna, delegado André Aragão Lima, ‘Papel’ tem mandados de prisão por cinco mortes violentas em Itabuna, além de responder processos por tráfico de drogas e associação ao tráfico. “Em setembro começamos a planejar a prisão dele. Através de investigação criminal, conseguimos localizá-lo em Belo Horizonte. Alinhamos com a polícia de Minas e foi realizado o flagrante”, explicou.

Sandro Papel foi apresentado na Polícia Civil de MG.

A equipe da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, que integra o Departamento Estadual de Operações Especiais, encontrou o indivíduo em uma invasão denominada “Vila Fidel Castro”, na região do Barreiro, em Belo Horizonte. Com “Sandro Papel”, apelido usado por ele no mundo do crime, foram encontrados entorpecentes e anotações semelhantes a dívidas relacionadas ao tráfico de drogas.

Segundo o Delegado Marcus Vinicius Lobo, mesmo mantendo residência em Minas Gerais, Sandro mantinha o controle das ações da facção a distância. “Os policiais da Bahia nos contaram que, mesmo longe, ele controlava o tráfico de drogas e determinava a execução de homicídios no sul da Bahia”.