Governo desiste de fracionar auxílio emergencial; veja calendário


O governo federal desistiu de fracionar o pagamento das duas próximas parcelas  do auxílio emergencial. Assim, os mais de 65 milhões de beneficiários do programa receberão mais dois pagamentos de R$ 600.

Portaria publicada na edição de hoje (17) do Diário Oficial da União define calendário para novos pagamentos do auxílio emergencial.

De acordo com a portaria, o público beneficiário do auxílio emergencial passa a receber conforme ciclos de créditos em poupança social digital da Caixa. Os saques em espécie ou transferências também seguirão calendário definido por mês de nascimento.

Primeiro ciclo

O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em abril de 2020, receberá o crédito da quarta parcela em poupança social digital aberta em seu nome, de 22 de julho a 26 de agosto, conforme o mês de nascimento. Assim, nascidos em janeiro recebem no dia 22; em fevereiro, em 24 de julho; em março, 29 de julho; em abril, 31 de julho; em maio, 5 de agosto; em junho, 7 de agosto; em julho, 12 de agosto; em agosto, 14 de agosto; em setembro, 17 de agosto; em outubro, 19 de agosto; em novembro, 21 de agosto; e em dezembro, 26 de agosto. O saque em dinheiro será entre os dias 25 de julho e 17 de setembro.

Os beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em maio de 2020 receberão o crédito da terceira parcela em poupança social digital seguindo o mesmo cronograma acima.

Esse cronograma também será válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em junho de 2020 ou até 4 de julho de 2020. Nesse caso, será feito o crédito da segunda parcela.

E quem ainda não recebeu a primeira parcela, também receberá o crédito conforme esse cronograma. Esse é o caso dos beneficiários que tenham se cadastrado no programa entre os dias 17 de junho a 02 de julho de 2020.

Ciclo 1 

Mês de nascimento Nº de beneficiados Dia do crédito Data para saque em espécie
janeiro 3,8 milhões de pessoas 22 de julho 25 de julho
fevereiro 3,5 milhões de pessoas 24 de julho 01 de agosto
março 3,9 milhões de pessoas 29 de julho 01 de agosto
abril 3,8 milhões de pessoas 05 de agosto 08 de agosto
maio 3,9 milhões de pessoas 05 de agosto 13 de agosto
junho 3,9 milhões de pessoas 07 de agosto 22 de agosto
julho 3,8 milhões de pessoas 12 de agosto 27 de agosto
agosto 3,9 milhões de pessoas 14 de agosto 1º de setembro
setembro 3,9 milhões de pessoas 17 de agosto 05 de setembro
outubro 3,9 milhões de pessoas 19 de agosto 12 de setembro
novembro 3,7 milhões de pessoas 21 de agosto 12 de setembro
dezembro 3,7 milhões de pessoas 26 de agosto 17 de setembro

Segundo Ciclo

Os beneficiários que receberam a primeira parcela em abril, terá o crédito da quinta parcela de acordo com o seguinte calendário: nascidos em janeiro, 28 de agosto; em fevereiro, 2 de setembro; em março, 4 de setembro; em abril, 9 de setembro; em maio, 11 de setembro; em junho, 16 de setembro; em julho, 18 de setembro; em agosto, 23 de setembro; em setembro, 25 de setembro; em novembro e outubro, 28 de setembro; e em dezembro, 30 de setembro. O calendário de saques será entre 19 de setembro e 27 de outubro.

Também seguem esse cronograma: beneficiários que receberam a primeira parcela em maio de 2020, receberão o crédito da quarta parcela nessas datas; beneficiários que receberam a primeira parcela em junho, recebem a terceira parcela; beneficiários que receberam a primeira parcela em julho, receberão o crédito da segunda parcela.

Ciclo 2 

Mês de nascimento Nº de beneficiados Dia do crédito Data para saque em espécie
janeiro 3,8 milhões de pessoas 28 de agosto 19 de setembro
fevereiro 3,5 milhões de pessoas 02 de setembro 22 de setembro
março 3,9 milhões de pessoas 04 de setembro 29 de setembro
abril 3,8 milhões de pessoas 09 de setembro 01 de outubro
maio 3,9 milhões de pessoas 11 de setembro 03 de outubro
junho 3,9 milhões de pessoas 16 de setembro 06 de outubro
julho 3,8 milhões de pessoas 18 de setembro 08 de outubro
agosto 3,9 milhões de pessoas 23 de setembro 13 de outubro
setembro 3,9 milhões de pessoas 25 de setembro 15 de outubro
outubro 3,9 milhões de pessoas 28 de setembro 20 de outubro
novembro 3,7 milhões de pessoas 28 de setembro 22 de outubro
dezembro 3,7 milhões de pessoas 30 de setembro 27 de outubro

Terceiro Ciclo

Os beneficiários que tenham recebido a primeira parcela em maio de 2020 receberão o crédito da quinta parcela em poupança social digital em: 9 de outubro, para nascidos em janeiro e em fevereiro; 16 de outubro, nascidos em março e abril; 23 de outubro, nascidos em maio e junho; 30 de outubro, nascidos em julho e agosto; 6 de novembro, nascidos em setembro e outubro; e em 13 de novembro, nascidos em novembro e dezembro. O saque em dinheiro será entre os dias 29 de outubro e 19 de novembro.

O calendário será válido para: beneficiário que recebeu a primeira parcela em junho e receberá a quarta parcela; beneficiário que tenha recebido a primeira parcela em julho de 2020 e receberá o crédito da terceira parcela.

Ciclo 3 

Mês de nascimento Nº de beneficiados Dia do crédito Data para saque em espécie (app/site e CadÚnico)
janeiro e fevereiro 2,4 milhões de pessoas 09 de outubro 29 de outubro
março e abril 2,5 milhões de pessoas 16 de outubro 03 de novembro
maio e junho 2,5 milhões de pessoas 23 de outubro 10 de novembro
julho e agosto 2,5 milhões de pessoas 30 de outubro 12 de novembro
setembro e outubro 3,9 milhões de pessoas 06 de novembro 17 de novembro
novembro e dezembro 3,9 milhões de pessoas 13 de novembro 19 de novembro

Quarto ciclo

O público beneficiário do auxílio emergencial que tenha recebido a primeira parcela em junho de 2020 receberá o crédito da quinta parcela em poupança social digital em: 16 de novembro, para os nascidos em janeiro e fevereiro; em 18 de novembro, para nascidos em março e abril; em 20 de novembro, em maio e junho; em 23 de novembro, em julho e agosto; em 27 de novembro, em setembro e outubro; em 30 de novembro, nascidos em novembro e dezembro. O saque será entre os dias 26 de novembro e 15 de dezembro.

O calendário também é válido para os beneficiários que receberam a primeira parcela em julho de 2020. Eles receberão o crédito da quarta e quinta parcelas.

Ciclo 4 

Mês de nascimento Nº de beneficiados Dia do crédito Data para saque em espécie (app/site e CadÚnico)
janeiro e fevereiro 1 milhão de pessoas 16 de novembro 26 de novembro
março e abril 1 milhão de pessoas 18 de novembro 01 de dezembro
maio e junho 1,1 milhão de pessoas 20 de novembro 03 de dezembro
julho e agosto 1,1 milhão de pessoas 23 de novembro 08 de dezembro
setembro e outubro 1 milhão de pessoas 27 de novembro 10 de dezembro
novembro e dezembro 1 milhão de pessoas 30 de novembro 15 de

Costa do Sauípe divulga protocolos de segurança e saúde e reabre nesta sexta-feira (17)


A Aviva, detentora dos destinos Costa do Sauípe (BA) e Rio Quente (GO) e do parque aquático Hot Park, confirmou a reabertura da Costa do Sauípe, de forma gradual, nesta sexta-feira, 17 de julho. Rio Quente está operando desde o dia 09 de julho, já o Hot Park abrirá para o público externo somente em 07 de agosto.

Com rígidos protocolos de segurança e de acordo com os melhores empreendimentos de turismo do mundo, os novos procedimentos foram validados pela equipe de Imunologia do InCor (Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP), que reuniu equipe de médicos multidisciplinares para analisar todas as etapas da operação. Para a reabertura, o resort ajustou suas atividades para receber as famílias de acordo com as normas dos órgãos responsáveis, terá capacidade reduzida e inferior a 50% de ocupação para garantir a segurança dos clientes e colaboradores.

Conheça os novos protocolos de segurança

Logo no início da viagem, os hóspedes serão orientados a realizar o check-in online e antecipado para que possam diminuir contatos. O uso de máscaras será obrigatório em todas as áreas sociais, exceto durante as refeições, e realizarão testes de temperatura durante a estada e na chegada. Já no traslado entre os hotéis, os ônibus terão a capacidade reduzida e rigorosos protocolos de higienização implantados. Álcool em gel será sempre disponibilizado em todas as áreas.

Pulseiras com tecnologia de aproximação, que já são utilizadas desde 2019 pela Aviva nos hotéis, substituem os cartões de acesso, o que garante uma experiência ainda mais segura no momento do check-in, entrada no quarto, até o consumo, gerando uma experiência mais segura e “contactless”. Nos apartamentos, também protocolos rígidos de segurança serão seguidos, além disso, os hóspedes ainda terão kits de álcool em gel e álcool 70% à disposição. Já as áreas de lazer, como as piscinas, também passarão por um controle de capacidade para evitar aglomerações e segurança sanitária assegurada, assim como algumas atividades e serviços, que deverão ser agendados.

Durante o período, os restaurantes também estarão adaptados para o mínimo contato e o máximo de segurança e funcionarão com reservas, sendo que cada família terá um espaço especial durante toda a estada. O serviço será em formato à la carte, ou seja, um menu de delícias estará à disposição durante as principais refeições e itens de cozinha show preparados na hora.

“Nossos associados estão treinados e receberão os mesmos cuidados e atenção em sua segurança e saúde. Portarão equipamentos de proteção individual, distanciamento em vestiários e regras rígidas de uso de transporte, nova operação dos refeitórios, questionários diários sobre sua saúde e de familiares, assim como testes diários de temperatura”, reforça Flavio Monteiro, Diretor de Operação da Aviva.

Demanda por certificação sanitária cresce 11% em junho


As atividades de inspeção e fiscalização são consideradas essenciais.

 

O Serviço de Inspeção Federal (SIF), ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, segue atento sobre o impacto da pandemia de Covid-19 nas atividades do setor de exportação de produtos de origem anima. A demanda por certificação sanitária teve um aumento de 11% em junho deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O total de Certificados Sanitários Internacionais emitidos em junho foi de 32.153.

Os dados constam no quarto relatório das atividades de inspeção, divulgado nessa quarta-feira (15) pelo ministério. As atividades do setor são consideradas como essenciais pelo Decreto 10.282/20 e, por essa razão, as inspeções e fiscalizações continuam a ser realizadas, com todos os cuidados necessários para que não ocorram prejuízos à manutenção do abastecimento público de produtos de origem animal para consumo humano e de produtos destinados à alimentação animal com segurança à sociedade.

Estão registrados no SIF 3.318 estabelecimentos de produtos de origem animal nas áreas de carnes e produtos cárneos, leite e produtos lácteos, mel e produtos apícolas, ovos e pescado e seus produtos derivados.

Segundo o documento, no mês de maio foram realizados 132 turnos adicionais de abate que foram requisitados de forma emergencial pelos abatedouros frigoríficos de aves, bovinos e suínos registrados junto ao SIF.

“As medidas de gerenciamento dos Serviços de Inspeção de Produtos de Origem Animal e o comprometimento dos auditores fiscais federais agropecuários e equipes técnicas com o momento de crise tem nos permitido atender de forma satisfatória e segura essas demandas por abates extras”, destaca a diretora do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal, Ana Lucia Viana.

Novos investimentos privados na zona sul de Ilhéus


Um grupo empresarial está conversando com a Prefeitura de Ilhéus para implantação de um shopping na zona sul de Ilhéus. A informação foi trazida pelo blogueiro Jamesson Araújo durante a Live Falando de política, com assessor parlamentar, político, Coaching Analista de Mapeamento e Perfil Comportamental, Alisson Gonçalves.

Segundo fontes tanto no grupo, quanto de prepostos da prefeitura, as conversas estão em fase “embrionária”.

Alisson e Jamesson analisaram a chegada da nova ponte e os benefícios para Ilhéus e região, e as perspectivas ainda maiores, do crescimento da zona sul, que vem sendo área predileta para o surgimento de empreendimentos residenciais, e consequentemente a chegada de novas empresas e geração de empregos.

Também durante a live foi analisada a situação política com base de pesquisas internas, a exemplo da polêmica da semana, com a declaração do ex- prefeito Jabes Ribeiro sobre a perspectiva de uma junção da base do governador.

Confira a live na íntegra :

Vereadores visitam unidades de saúde em Ilhéus


Na manhã desta quinta-feira (16), os vereadores Fabrício Nascimento (PSB) e Makrisi Sá (PT) visitaram os hospitais que oferecem leitos de UTI para pacientes com a Covid-19 e o centro de referência. Os parlamentares estiveram no Hospital de Ilhéus, Hospital Vida Memorial, Hospital São José e Centro de Atendimento Covid-19.

O objetivo foi fiscalizar as condições dos serviços ofertados aos pacientes bem como a estrutura física e de pessoal para o atendimento, diante das várias reclamações que a população vem apresentando aos vereadores.

A principal preocupação que será oficiada ao município e ao estado trata da disponibilidade de leitos dentro do limite.

Maioria dos demitidos na pandemia espera voltar ao trabalho este ano


A maioria dos brasileiros demitidos durante a pandemia aguarda com otimismo o retorno ao mercado de trabalho ainda este ano. Esse é um dos aspectos apontados em estudo que avalia a expectativa e o comportamento da população após governos estaduais adotarem medidas de flexibilização das políticas de confinamento.

A pesquisa, realizada em junho pela empresa de consultoria Go2Mob, entrevistou pelo celular via SMS mais de 52,5 mil pessoas de todo os Estados do País. De acordo com o levantamento, 47% afirmaram ter perdido o emprego por causa da pandemia. Destas, 61% acreditam que devem voltar a exercer suas atividades ainda em 2020.

Esse otimismo contrasta com a visão pessimista sobre a retomada da economia. Para 27%, a economia deve melhorar. Já 32% acreditam que as coisas permanecerão iguais, e expressivos 41% acham que vai piorar.

Informações do R7.

Marinha emite alerta para ventos de 60 km/h na Bahia


Marinha alerta aos navegantes, pedindo cautela antes de se lançarem ao mar.

 

A Marinha do Brasil fez um alerta, nesta quinta-feira, 16, sobre uma ressaca que pode atingir a Bahia. A previsão é de que podem ocorrer ondas, em alto-mar, de até 2,5 metros de altura.

Segundo informações da Marinha do Brasil, a intensificação dos chamados ventos alísios poderá provocar ventos de direção sudeste a leste, com intensidade de até 60 km/h (33 nós) na faixa que vai de Caravelas a Salvador, entre a noite da sexta-feira, 17, e a noite do domingo, 19.

O fenômeno também ocorre na faixa ao norte de Salvador, e do Rio Grande do Norte, ao sul de Natal, entre a noite do dia 18 e a manhã do dia 20 de julho, bem como no trecho compreendido entre os estados do Rio Grande do Norte, ao norte de Natal, e do Maranhão, a leste de São Luís, até a noite do dia 17.

As ondas de até 2,5 metros de altura são esperadas entre os estados da Bahia, ao norte de Ilhéus, e de Alagoas, ao sul de Maragogi, também até a noite do dia 17.

Mais 4 cidades baianas aderem à suspensão do transporte intermunicipal


Imagem ilustrativa

 

Ibiassucê, Ibipitanga, Lajedão e Maetinga terão o transporte intermunicipal suspenso a partir de sábado (18). A decisão, que tem o objetivo de conter o avanço do coronavírus na população baiana, foi publicada em decreto no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (17).

Ficam proibidas nesses municípios a circulação, a saída e a chegada de qualquer transporte coletivo intermunicipal, público e privado, rodoviário e hidroviário, nas modalidades regular, fretamento, complementar, alternativo e de van. O decreto ainda mantém suspensas, até 31 de julho, a circulação, a saída e a chegada de ônibus interestaduais no território baiano.
O decreto também autoriza a retomada do transporte intermunicipal em Brejões, Ibipeba e Licínio de Almeida, cidades com 14 dias ou mais sem novos casos de Covid-19.
Lista de municípios 
No total, a Bahia possui 376 cidades com transporte suspenso. São elas: Abaré, Acajutiba, Adustina, Água Fria, Aiquara, Alagoinhas, Alcobaça, Almadina, Amargosa, Amélia Rodrigues, América Dourada, Anagé, Andaraí, Andorinha, Angical, Anguera, Antas, Antônio Cardoso, Antônio Gonçalves, Aporá, Apuarema, Araçás, Aracatu, Araci, Aramari, Arataca, Aratuípe, Aurelino Leal, Banzaê, Barra, Barra do Choça, Barra do Rocha, Barreiras, Barro Alto, Barro Preto, Barrocas, Belmonte, Biritinga, Boa Nova, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Botuporã, Boquira, Brumado, Buerarema, Buritirama, Caatiba, Cabaceiras do Paraguaçu, Cachoeira, Caculé, Caém, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Cairu, Caldeirão Grande, Camacã, Camaçari, Camamu, Campo Alegre de Lourdes, Campo Formoso, Canarana, Canavieiras, Candeal, Candeias, Candiba, Cândido Soares, Cansanção, Canudos, Capela do Alto Alegre, Capim Grosso, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Casa Nova, Castro Alves, Catu, Caturama, Central, Chorrochó, Cícero Dantas, Cipó, Coaraci, Conceição da Feira, Conceição do Almeida, Conceição do Coité, Conceição do Jacuípe, Conde, Condeúba, Contendas do Sincorá, Coração de Maria, Cordeiros, Coribe, Correntina, Coronel João Sá, Cotegipe, Cravolândia, Crisópolis, Cristópolis, Cruz das Almas, Curaçá, Dário Meira, Dias D’Ávila, Dom Basílio, Dom Macedo Costa, Elísio Medrado, Encruzilhada, Entre Rios, Esplanada, Euclides da Cunha, Eunápolis, Fátima, Feira de Santana, Filadélfia, Firmino Alves, Floresta Azul, Formosa do Rio Preto, Gandu, Gentio do Ouro, Glória e Gongogi.
A restrição também inclui Governador Mangabeira, Guajeru, Guanambi, Guaratinga, Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicaraí, Ibicoara, Ibicuí, Ibipitanga, Ibirapitanga, Ibirapuã, Ibirataia, Ibitiara, Ibotirama, Ichu, Igaporã, Igrapiúna, Iguaí, Ilhéus, Inhambupe, Ipecaetá, Ipiaú, Ipirá, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Irará, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itabuna, Itacaré, Itaetê, Itagi, Itagibá, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itamaraju, Itamari, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itaparica, Itapé, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itapitanga, Itaquara, Itarantim, Itatim, Itiruçu, Itororó, Ituaçu, Ituberá, Jaborandi, Jacobina, Jaguaquara, Jaguarari, Jaguaripe, Jandaíra, Jequié, Jeremoabo, Jiquiriçá, Jitaúna, João Dourado, Juazeiro, Jucuruçu, Jussara, Jussari, Lafaiete Coutinho, Laje, Lajedão, Lajedinho, Lajedo do Tabocal, Lagoa Real, Lamarão, Lapão, Lauro de Freitas, Lençóis, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Macururé, Madre de Deus, Maetinga, Maiquinique, Mairi, Malhada de Pedras, Manoel Vitorino, Mansidão, Maracás, Maragogipe, Maraú, Marcionílio Souza, Mascote, Mata de São João, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Milagres, Mirangaba, Mirante, Monte Santo, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muniz Ferreira, Muquém de São Francisco, Muritiba, Mutuípe, Nazaré, Nilo Peçanha, Nordestina, Nova Canaã, Nova Ibiá e Nova Itarana.
Estão com restrição no transporte ainda Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte, Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Ourolândia, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pau Brasil, Paulo Afonso, Pé de Serra, Pedro Alexandre, Piatã, Pilão Arcado, Pindobaçu, Pintadas, Piraí do Norte, Piripá, Piritiba, Planalto, Poções, Pojuca, Ponto Novo, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Presidente Tancredo Neves, Queimadas, Quijingue, Quixabeira, Rafael Jambeiro, Remanso, Retirolândia, Riachão das Neves, Riachão do Jacuípe, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Pires, Rio Real, Rodelas, Ruy Barbosa, Salinas da Margarida, Salvador, Santa Bárbara, Santa Brígida, Santa Cruz Cabrália, Santa Cruz da Vitória, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santa Teresinha, Santaluz, Santanópolis, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Santo Estevão, São Desidério, São Felipe, São Félix, São Félix do Coribe, São Francisco do Conde, São Gonçalo dos Campos, São José da Vitória, São José do Jacuípe, São Miguel das Matas, São Sebastião do Passé, Sapeaçu, Sátiro Dias, Saubara, Saúde, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Senhor do Bonfim, Sento Sé, Serra do Ramalho, Serra Preta, Serrinha, Serrolândia, Simões Filho, Sítio do Quinto, Sobradinho, Souto Soares, Tanquinho, Taperoá, Tapiramutá, Teixeira de Freitas, Teodoro Sampaio, Teofilândia, Teolândia, Terra Nova, Tremedal, Tucano, Uauá, Ubaíra, Ubaitaba, Ubatã, Uibaí, Umburanas, Una, Urandi, Uruçuca, Utinga, Valença, Valente, Várzea da Roça, Várzea Nova, Varzedo, Vera Cruz, Vereda, Vitória da Conquista, Wenceslau Guimarães e Xique-Xique.

Termina hoje prazo para inscrições no ProUni


Estudantes interessados em concorrer a uma das cerca de 170 mil bolsas oferecidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) têm até hoje (17), às 23h59, para concluir o formulário de cadastro no portal do aluno.

O ProUni oferece bolsas integrais e parciais para instituições de ensino superior da rede privada. Segundo o Ministério da Educação, essa edição do programa beneficiará 167.780 alunos que ingressarão no ensino superior. O programa dispõe de 60.551 bolsas integrais e  07.229 bolsas parciais, que cobrem 50% da mensalidade do curso selecionado.

“O ProUni é um programa de inclusão social de maior eficiência e eficácia. É um programa com meta clara e regras transparentes de concessão de benefícios fiscais. Não consigo pensar em um exemplo melhor de programa de transferência de renda e diminuição da desigualdade social”, afirmou a presidente Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes.

Podem participar aqueles que fizeram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e alcançaram no mínimo 450 pontos. Os interessados nas bolsas não podem ter recebido nota zero na redação.

Perfeito, apesar da pandemia

Segundo Elizabeth Guedes, a execução do ProUni de 2020 foi impecável, apesar das circunstâncias da pandemia de covid-19 e dos entraves criados pela quarentena e pelo isolamento social. “Nunca houve uma edição tão transparente, eficiente e sem problemas como a deste ano. Hoje, quando terminar o prazo, todos os estudantes interessados em concorrer a uma bolsa do ProUni terão conseguido. Todas as inscrições foram feitas sem problemas de servidor, sem indisponibilidade de sistemas, com o site no ar em 100% do tempo. Não haverá adiamento ou ampliação do prazo, já que todas as metas estabelecidas foram cumpridas”, ressaltou a presidente da Anup.

Impacto econômico

O ProUni de 2020 poderá ser responsável, em parte, pela recuperação econômica de instituições de ensino superior, diz Elizabeth Guedes. “Uma vez que a inadimplência no setor cresceu 70%, acompanhada da evasão, os fundos do ProUni garantem o pagamento de impostos sem uso de caixa. Com as bolsas, professores e alunos são mantidos em sala de aula, mesmo sem a previsão de normalidade”, explicou a executiva.

Calendário

O cronograma prevê, após o fim das inscrições, a divulgação do resultado da 1ª chamada no dia 21 de julho, a comprovação de informações da 1ª chamada até o dia 28 deste mês e o resultado da 2ª chamada no dia 4 de agosto.

Com informações da Agência Brasil.

Dois criminosos morrem em confronto com a CIPE Cacaueira


Em ações de combate ao tráfico de drogas, na região Sul da Bahia, equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira, do 15º BPM (Itabuna) e da 61ª CIPM (Ubatã) apreenderam quatro armas de fogo, uma delas fabricada na Áustria, e três quilos de entorpecentes. Os flagrantes aconteceram, na manhã desta quinta-feira (16).

Às 5h aconteceu o primeiro caso. Os militares da Cipe Cacaueira e da 61ª CIPM foram até a Rua da Cachoeirinha, próxima da BR-330, no município de Ubatã, após denúncias anônimas de traficantes ostentando armas de fogo. Durante tentativa de abordagem os criminosos atiraram e, após confronto, dois acabaram feridos. Eles foram levados para o Hospital Geral de Ubatã, mas não resistiram. Com a dupla os militares apreenderam dois revólveres calibre 38, munições, 31 papelotes de cocaína, 18 porções de maconha, uma balança e 50 reais.

Cerca de 4h depois, na Estrada da Piteira (BR-101), na cidade de Itabuna, quatro homens furaram um bloqueio do 15º BPM, tentando fugir da abordagem. Através de solicitação de apoio via rádio, equipes da Cipe Cacaueira montaram novo bloqueio e interceptaram o veículo modelo Siena, placa OUU-0365. Novamente os ocupantes decidiram não parar e dispararam com armas de fogo. Após confronto, dois criminosos foram encontrados feridos. Eles receberam cuidados médicos, mas não resistiram. Outros dois comparsas conseguiram escapar por uma área de Mata Atlântica.

Com eles foram apreendidos duas pistolas calibres 9mm, uma delas fabricadas na Áustria, carregadores, munições, dois tabletes de maconha e o veículo usado na tentativa de fuga. “Infelizmente alguns criminosos insistem em tentar tirar a vida de policiais. Estamos preparados e sempre agindo sem oferecer riscos à inocentes. Um dos nossos policiais acabou atingido de raspão na perna, foi atendido, medicado e passa bem”, informou o comandante da Cipe Cacaueira, major Ricardo Silva.