Meliantes morrem em confronto com a Polícia Civil e Caerc no sul da Bahia


Foto divulgação Polícia Militar.

Uma operação conjunta da Polícias Civil e Militar na manhã desta quinta-feira (28) acabou com dois meliantes vindo a óbito no município de Santa Luzia, sul da Bahia.

Segundo informações, A operação era para cumprir mandados de busca e apreensão, além de mandados de prisão, mas ao chegarem em Travessa Santa Marta os policiais foram recebidos a bala por um grupo de seis homens fortemente armado.

Na troca de tiros, dois meliantes identificados como Alex Cara de Carranca e Tiago foram alvejados sendo socorridos para o Hospital Municipal de Camacã, mas não resistiram aos ferimentos e evoluíram a óbito.

Foi constatado que um dos resistentes possuía em seu desfavor mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O outro resistente foi reconhecido como um elemento violento e contumaz nas diversas práticas criminosas, possuindo várias passagens pela polícia.

Com os meliantes resistentes foram encontrados um revólver calibre 38 e uma espingarda cano cerrado calibre 32, além de drogas, pesando 1kg.

Participaram da ação 3 patrulhas rurais da Cipe Cacaueira, 4 guarnições da 62º CIPM/ Camacã e 5 equipes da polícia Civil da Bahia.

Todo o material foi apresentado no 6º Coorrpin – Itabuna.

Quadrilha que ‘julgava’ matava rivais é alvo de operação policial na Bahia


Envolvidos com o tráfico de drogas e homicídios são alvos da Operação Disciplina, deflagrada pela Coordenação de Narcóticos, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), em Salvador e Região Metropolitana (RMS), nesta terça-feira (26). Conforme as investigações, membros da associação criminosa são responsáveis também por julgar e executar rivais e outras pessoas que se opõem a suas práticas criminosas.

O objetivo da Operação Disciplina é desarticular uma organização criminosa voltada para o tráfico de drogas e homicídios e outros crimes violentos letais intencionais. Mais de 200 policiais dos Departamentos de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), de Polícia Metropolitana (Depom), de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP) e da Coordenação de Operações Especiais (COE) participam das ações.

O delegado Yves Correia também destaca a desmontagem de um esquema em unidades prisionais. “Com o cumprimento de alguns mandados e algumas prisões, desarticulamos a prática organizada de facilitação de entrada de drogas e aparelhos celulares em presídios”,   detalhou. Durante as ações 22 mandados de busca e apreensão são cumpridos.

Durante as ações três criminosos entraram em confronto com os policiais, foram atingidos por disparos de arma de fogo, socorridos para unidades de saúde, mas não resistiram. Entre os alvos estão envolvidos com as mortes do percussionista Renato Santos Evangelista Sobrinho, ocorrido em dezembro de 2021, e do guarda municipal, Tiago Duarte Banhara, em fevereiro deste ano.

Homem é linchado após ser acusado de estuprar enteada em Ilhéus; Polícia diz que suspeito não cometeu o crime


DPT de Ilhéus. Foto arquivo Blog Agravo.

Um homem, identificado como Wellington Leal Carneiro, foi morto na sexta-feira, em Ilhéus, por linchamento. Segundo a polícia, ele foi acusado de estuprar a enteada adolescente. O fato teria gerado revolta em populares, que teriam espancado o homem. No entanto, de acordo com as investigações, Wellington não foi o autor do estupro.

O corpo da vítima foi encontrado na Rua Cantinho do Céu, após uma ponte sobre o rio do distrito de Banco do Pedro. Ele estava com as mãos amarradas e com vários hematomas. A vítima estava com as nádegas expostas, e tinha hematomas nessa região do corpo.

As investigações da polícia, apontam que Wellington não seria o autor do estupro contra a enteada, e sim um jovem de 15 anos, com quem a garota se relacionava.

Ainda segundo informações da polícia, a adolescente, que teria sido vítima de estupro, teria sido agredida pela mão e pelo padrasto, após eles descobrirem que ela estaria se relacionando e mantendo relações sexuais com outro adolescente, porém de forma consensual. A polícia não informou se o adolescente com quem a garota estava se relacionando é o mesmo acusado de estuprá-la.

Após ter sido agredida pela mãe e pelo padrasto, a adolescente já havia sido encaminhada para a Delegacia Especial de Atendimento a Mulher (DEAM).

Após a identificação do corpo de Wellington, ele foi retirado do local e encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica para realização de necropsia.

Não há informações sobre o sepultamento do homem. A autoria do crime será investigado pelo Núcleo de Homicídios de Ilhéus.

Informações do G1/Bahia.

Polícia Civil investiga homicídio na zona norte de Ilhéus


Boca da Barra registra mais um homicídio. Foto redes sociais.

O núcleo de homicídio da Polícia Civil está investigando o homicídio ocorrido no último sábado (23) na praia do Marciano, boca da barra, zona norte de Ilhéus.

Segundo informações policiais, Robson Calazans, conhecido como Painho, estava na praia, quando foi morto por disparos de arma de fogo. No momento do ataque a praia estava movimentada com dezenas de banhistas.

Robson Calazans e um amigo estavam em frente à barraca de praia Cabana da Bica. Ele ocupava uma das mesas do estabelecimento, quando dois homens chegaram ao local e perguntaram de onde Robson e o amigo eram moradores.

Ainda de acordo com a polícia, Robson respondeu que era do bairro da Legião. Após a resposta, os suspeitos disparam contra a vítima, que não teve chances de defesa e morreu no local. Ao menos 10 tiros atingiram Robson. Não há informações se o amigo da vítima também ficou ferido.

Segundo o delegado Helder Carvalhal, do núcleo de investigação de homicídios de Ilhéus, a vítima não tinha passagem pela polícia e trabalhava para um sindicato que presta serviços para uma indústria na região.

Vale lembrar que no ano passado outro homicídio foi registrado no mesmo local. Na ocasião homem identificado como Robert Magno Santos, de 27 anos, morreu e outros dois ficaram feridos após serem baleados.

Moradores da zona norte reclamam da falta de policiamento na praia do Marciano.

Ilhéus: Homem morre e outras três pessoas ficam feridas após tiroteio na boca da Barra

Cinco pessoas são mortas a tiros no centro de Cruz das Almas


Cinco pessoas foram mortas a tiros no centro da cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano. O crime aconteceu na Avenida Getúlio Vargas, na madrugada desta segunda-feira (25).

a Polícia Civil, informou que as vítimas foram atingidas por disparos de arma de fogo. Equipes da 4ª Coorpin/Santo Antônio de Jesus, unidade onde o fato foi registrado, e da DT de Cruz das Almas, acompanham a ocorrência.

Informações preliminares dão conta que a polícia encontrou duas motocicletas no local do crime. Dois corpos estavam no canteiro central da via e os outros na pista.

Guias para remoção e perícia foram expedidas e o DPT acionado. A autoria e motivação ainda são desconhecidas.

Pai é preso suspeito de estuprar as duas filhas no interior da Bahia


Suspeito de estuprar as filhas, de 12 e 15 anos, um homem, de 41, teve o mandado de prisão preventiva cumprido na Delegacia Territorial (DT) de Tabocas do Brejo Velho, na tarde de terça-feira (19).

De acordo com informações coletadas pela equipe policial, as garotas moravam sozinhas com o pai e fugiam de casa, frequentemente. O abusador, que também já foi preso por furto, vai responder por estupro de vulnerável.

O responsável pelo pedido da prisão, delegado Paulo Victor Magalhães, relatou que as investigações foram iniciadas a partir de uma denúncia realizada por representantes do Conselho Tutelar, na última quinta-feira. “Apuramos que ele também agredia as garotas e solicitamos a ordem judicial, no plantão da sexta-feira”, pontuou.

As vítimas foram encaminhadas para atendimento psicossocial, enquanto o criminoso deve seguir para o sistema prisional.

Presa suspeita de matar ex com golpes de faca em Canavieiras


Presídio de Itabuna — Foto: Reprodução/Seap

Uma mulher, de 27 anos, suspeita de desferir golpes de faca no ex-companheiro depois que ele se negou a dar-lhe R$ 5 reais, foi presa, na segunda-feira (18), por policiais da Delegacia Territorial (DT) de Canavieiras, distante 568 quilômetros de Salvador.

O titular da unidade, delegado Renato Fernandes Ribeiro, disse que a investigada confessou o crime, ocorrido em março deste ano. “Conforme declaração, ela queria o dinheiro para comprar maconha”, destacou o delegado.

A mulher também tinha um mandado de prisão em aberto por roubo, que havia sido expedido no estado de São Paulo. “Ela já era considerada foragida”, completou. Após passar pelos exames de lesões corporais, ela foi encaminhada para o Conjunto Penal de Itabuna.

Vídeo: homem faz live para explicar tiro em esposa: “Mulher é folgada


O homem que atirou na própria esposa fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais para explicar o que motivou o crime. Segundo ele, a “mulher é folgada”. O caso aconteceu no Guarujá, litoral paulista, na segunda-feira (18/4).

Identificado como Diegliton Farley, o suspeito chegou a ameaçar explodir a casa onde morava enquanto era cercado pela polícia. Segundo informações obtidas pelo G1, o homem também demonstrava para os agentes estar com raiva da mulher.

Segundo testemunhas informaram ao G1, o “Wellington” citado no vídeo é um rapaz com quem a esposa de Clayton teria flertado há cerca de três anos, mas sem qualquer envolvimento amoroso.

“Valeu pessoal, obrigado por tudo. Tentei ser o melhor, mas a mulher é folgada, entendeu? Mulher é folgada. Aí Wellington, a sua estava guardada, hein? Tu deu sorte, hein?”, disse no vídeo.

Vídeo do jornal Metropole.

Vídeo: mais de 30 criminosos atacam batalhão da PM e fazem reféns no Paraná


Mais de 30 criminosos fortemente armados tentaram assaltar uma empresa de transporte de valores, em Guarapuava, na região central do Paraná, durante a noite de domingo (17) e madrugada desta segunda-feira (18), segundo a Polícia Militar (PM). Dois policiais e um morador ficaram feridos.

Testemunhas disseram ainda que os criminosos colocaram fogo em dois veículos em frente ao batalhão da Polícia Militar para dificultar a ação dos agentes de segurança. Exército foi acionado para reforçar a segurança e blindados patrulham as ruas na madrugada desta segunda-feira 18)

Por volta das 5h45, a Polícia Militar informou que os criminosos conseguiram fugir rumo ao interior do estado.Há explosivos na região e o local foi isolado. O Esquadrão Antibombas de Curitiba foi acionado.

Não há informações se os bandidos fugiram com dinheiro.

O episódio se assemelha a invasões registradas recentemente em municípios como Araçatuba (SP), Criciúma (SC) e Cametá (PA), também invadidas e sitiadas por criminosos com grande poderio bélico. Esse tipo de ação em que quadrilhas especializadas miram municípios de pequeno e médio porte do interior e geralmente atacam agências bancárias e batalhões da polícia ficou conhecido como “novo cangaço”.

Vídeo: 

Um dos líderes PCC é preso em ação integrada da PRF e PF


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu ontem (16) o traficante Valdeci Alves dos Santos, conhecido como Colorido, um dos líderes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC). Ele foi preso na rodovia BR-116, no município pernambucano de Salgueiro.

A ação de captura contou com a colaboração da Polícia Federal de três estados – Paraná, Mato Grosso do Sul e do Rio Grande do Norte. Colorido estava foragido desde 2014 e teve seu nome incluído na lista de homens mais procurados do país pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

As investigações conduzidas pelas forças policiais e o Ministério Público indicavam que Colorido vivia na Bolívia durante parte do tempo em que esteve foragido. Ele é considerado pelos investigadores como o número dois da facção.

“O delinquente, agora fora de operação, era um dos principais cabeças no esquema de fornecimento de drogas para os estados da Região Sudeste do país”, disse a pasta, em nota. O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, comemorou a prisão nas redes sociais.

O atual líder do PCC, Marcos Roberto de Almeida, o Tuta, continua solto. A liderança dele teria sido designada por outro líder, Marco Willians Herbas Camacho, o Marcola, que transmitiu responsabilidades sobre a facção devido a sua dificuldade de comunicação no sistema penitenciário federal, onde se encontra detido.