Autor de 100 homicídios na Bahia, 4 de Copas é capturado em SP


O 4 de Copas do Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública, líder de uma organização criminosa e autor de pelo menos 100 homicídios, na região Sudoeste da Bahia, foi localizado, em São Paulo. A captura ocorreu, nesta quinta-feira (27).

Açõess da Delegacia de Homicídios (DH) da 10ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Vitória da Conquista, com apoios da Superintendência de Inteligência (SI) da SSP e do Grupo de Operações Especiais do DEIC de SP, resultaram, na localização do foragido da Justiça, Diego Oliveira Campos, na cidade paulista de São Bernardo do Campo.

O traficante de drogas e homicida possuía três mandados de prisão e tinha a fama de assassinar rivais com extrema crueldade, em alguns casos, queimando as vítimas.

Além do integrante do Baralho do Crime, um comparsa dele, também autor de homicídios, foi preso na Bahia.

PC e PM prendem trio durante operação em Canavieiras


Ação conjunta entre a Delegacia Territorial de Canavieiras, Cipe Cacaueira e 71ª CIPM (Canavieiras) também apreendeu drogas e materiais usados no tráfico.

Três homens com passagens por tráfico de drogas, roubo e homicídio foram presos em flagrante, na manhã desta quinta-feira (27), durante a ‘Operação Vulcão’, deflagrada pela 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus), através da Delegacia Territorial (DT) de Canavieiras, com apoio de equipes das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e da Polícia Militar 71ª CIPM (Canavieiras).

Os 12 mandados de busca e apreensão começaram a ser cumpridos por volta das seis horas, quando quarenta e oito policiais civis e militares iniciaram as buscas nos bairros Sócrates Resende, Jardim Burundanga, Birindiba e Antônio Osório, em Canavieiras. O titular da DT de Canavieiras, delegado Renato Fernandes, explicou que delitos praticados por uma organização criminosa foram os principais fatores para a ação ser deflagrada.

“O nosso trabalho de investigação chegou aos três autores de alguns crimes, em três bairros diferentes do município. Conduzimos outras cinco pessoas à delegacia para prestarem esclarecimentos e, as novas informações darão continuidade a operação e, consequentemente, na redução dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) da região”, disse o delegado.

Durante as buscas, dois tabletes de maconha, 140 trouxinhas da erva, 56 pedras de crack, 67 pinos de cocaína, sendo 32 vazios, um caderno com anotações da venda de entorpecentes e sete celulares foram localizados com os criminosos.

O trio foi encaminhado, junto com o material apreendido, para a sede da DT de Canavieiras, onde foi ouvido, autuado e encaminhado para o sistema prisional. “Já estamos colhendo os números de IMEI dos aparelhos para a consulta no sistema Alerta Celular, bem como avaliando as mensagens e outros materiais investigados”, finalizou o delegado.

Fonte: Ascom / Rafael Rodrigues

Jovem confessa ter enterrado a mãe viva no quintal de casa


A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) efetuou a prisão de um homem de 23 anos suspeito de matar a mãe e enterrá-la em Igarapé, região Metropolitana de Belo Horizonte. O corpo foi encontrado no quintal da casa da família no bairro do Jequitibá. Há indícios de que ela tenha sido enterrada ainda viva . Segundo a polícia, o suspeitou confessou o crime. A informação é do jornal Estado de Minas.

O cadáver de Ronalda dos Passos de Morais foi encontrado perto de um pé de abacate. Bombeiros auxiliaram na operação e resgataram o corpo. De acordo com a polícia, a pensionista estava desaparecida desde 14 de março.

A família da vítima teria contratado detetive particular para descobrir o paradeiro dela. Conforme informou a PCMG, o filho de Ronalda confessou o crime à psicologa. O irmão do suspeito relatou aos agentes que ele sofre transtornos psiquiátricos.

Ilhéus: 70ª CIPM encontra submetralhadora com adolescentes


Dois adolescentes e um comparsa foram flagrados por guarnições da 70ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), na noite desta terça-feira (18), no município de Ilhéus, com uma submetralhadora e quatro revólveres.

As equipes realizavam rondas para apurar uma denúncia sobre seis homens armados, na Av. Beira Rio, Iguape. Ao chegarem no local, as guarnições encontraram o grupo que, para tentar escapar, atirou nos policiais.

Eles correram para uma área de mata, os PMs iniciaram o acompanhamento e, durante as diligências, apreenderam os dois adolescentes e capturaram um adulto. Com eles foram encontrados uma submetralhadora calibre 380, quatro revólveres calibres 38 e 32, carregador, um colete balístico e munições. Outros três integrantes do bando fugiram.

A ocorrência foi registrada na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Ilhéus.

Prefeitura de Itacaré realiza campanha contra abuso e exploração de crianças


Instituído pela Lei Federal nº 9.970/2000, 18 de maio é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. E para lembrar a data, reafirmando o compromisso de luta, cidadania e conscientização, a Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e em parceria com o Conselho Tutelar, está realizando uma campanha de orientação da comunidade, da sede, distritos e zona rural, para que todos denunciem os abusos e a exploração sexual contra as crianças e adolescentes. As denúncias podem ser feitas através do serviço Disque 100, que é gratuito, ininterrupto e sigiloso.

A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Juliana Novaes, explica que esse ano, por conta da pandemia do coronavírus, não será possível realizar grandes eventos nem atos públicos de grandes proporções contra os abusos, mas a data será lembrada com a realização de palestras setorizadas nas comunidades, panfletagem e também nas redes sociais e veículos de comunicação para alertar sobre a importância e o papel de cada um na luta contra esses crimes. “A proposta desse dia é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes”, explicou Juliana Novaes.

Como parte das atividades de luta e conscientização, a Prefeitura de Itacaré estará realizando hoje um ciclo de palestras com a comunidade da Camboinha. Na quarta-feira será a vez da panfletagem no distrito de Taboquinhas, destacando a importância de denunciar os abusos. Já quinta-feira será a vez da atividade de conscientização em Itacaré, com uma panfletagem na praça do Fórum.

Juliana Novaes explica que a violência sexual contra meninos e meninas ocorre tanto por meio do abuso intrafamiliar ou interpessoal como na exploração sexual. Crianças e adolescentes vítimas de violência sexual, por estarem vulneráveis, podem se tornar mercadorias e assim serem utilizadas nas diversas formas de exploração sexual como: tráfico, pornografia, prostituição e exploração sexual no turismo. Daí a importância de todos denunciarem para evitar que esses crimes aconteçam ou fiquem impunes.

HISTÓRIA – O dia 18 de maio foi escolhido porque nessa data, em 1973, na cidade de Vitória, no Espírito Santo, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Autores de explosões em Correntina estavam em prisão domiciliar


Três criminosos responsáveis por ataques a bancos, na cidade de Correntina, estavam em regime de prisão domiciliar, quando cometeram as explosões. Além do trio, outros quatro integrantes da organização criminosa também foram localizados, nesta semana.

Os criminosos foram encontrados na região de Maracás, durante a operação interagências ‘Aerárium’, promovida pelas polícias Militar, Civil, Federal e Rodoviária Federal.

Entre os três que estavam em prisão domiciliar, um deles saiu do sistema prisional no dia 12 de abril de 2021. O grupo também é suspeito de outros ataques contra bancos, no interior da Bahia, no mês de abril.

Apreensões

Com o grupo foram recuperados 315 mil reais, fuzil, espingarda, pistola, veículos, farta munição, entre outros materiais.

Dos sete, dois acabaram capturados e os outros cinco resistiram à prisão, terminaram feridos, socorridos, mas não resistiram.

Polícia cumpre mandados de prisão por tráfico e homicídio em Ilhéus


Foto ilustrativa.

Policiais da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Ilhéus cumpriram, na manhã desta sexta-feira (14), dois mandados de prisão contra um homem que vinha sendo procurado pela polícia por homicídio qualificado e tráfico de drogas.

Ele estava escondido em uma residência no distrito de Aritaguá, no município de Ilhéus. “Ele é acusado de matar seu primo, Carlos Oliveira dos Santos, em abril de 2020. Segundo as investigações, o principal motivo para o crime teria sido o fato de ele não querer que seu primo comercializasse drogas”, relatou o coordenador da 7ª Coorpin, delegado Evy Paternostro.

Outros nove familiares da vítima participaram do crime foram presos em junho de 2020, em cumprimento de mandados de prisão preventiva e busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara do Júri da Comarca de Ilhéus. O homem foi encaminhado para a sede da Coorpin onde se encontra à disposição da Justiça.

Foragido é capturado por policiais da 7ª Coorpin de Ilhéus


Um foragido da Justiça identificado como Edmar Bulhões dos Santos,  foi preso na manhã desta quinta-feira (13), após investigação dos policiais da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). Ele, que tinha mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, era fugitivo do Conjunto Penal de Eunápolis desde 2016.

Com ele foram encontrados uma pistola calibre 380 e 28 munições do mesmo calibre. Ele foi preso em flagrante também por porte ilegal de arma de fogo. “O homem integra um grupo criminoso que atua nas regiões de Itabuna e Ilhéus. Ele estava se escondendo no Residencial Rio Cachoeira, situado às margens da rodovia BR-415, para cometer ataques a infratores rivais”, relatou o coordenador da 7ª Coorpin, delegado Evy Paternostro.

O mandado de prisão de execução de pena foi decretado pela 1ª Vara Criminal de Eunápolis. Ele foi encaminhado para a sede da Coorpin, onde se encontra à disposição da Justiça.

Filha adolescente de PM morto a tiros é apreendida suspeita de ser mandante do crime


Uma adolescente de 15 anos foi apreendida na Delegacia Territorial (DT) de Tucano, no domingo (9), por envolvimento no homicídio do pai, o sargento da reserva Pedro Xisto Oliveira de Souza. O crime ocorreu na casa da vítima, situada no distrito de Caldas do Jorro.

De acordo com o coordenador da 25ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Euclides da Cunha), delegado Paulo Jason Mello, a garota seria a mandante do crime, que foi executado por um homem que está sendo procurado pelas equipes.

O namorado da adolescente, que não teve a identidade revelada, também foi autuado em flagrante na unidade policial. “Ele contou detalhes de como o autor entrou na casa, pegou a arma que pertencia à vítima e deflagrou os disparos”, informou o delegado. Conforme o depoimento, a adolescente abriu a porta para que o homem entrasse na residência e mostrou onde a pistola estaria guardada.

 A garota deverá ser encaminhada ao Ministério Público, para que sejam tomadas as medidas pertinentes, enquanto o namorado está à disposição da Vara Criminal. A equipe da unidade expediu as guias periciais e está apurando a motivação do crime.

Suplente encomendou morte de vereadora de Itapebi, diz Polícia


Polícia conclui que suplente planejou e mandou matar vereadora no sul da Bahia; mulher sobreviveu — Foto: Reprodução / TV Bahia.

A Polícia Civil concluiu o inquérito policial que investiga a tentativa de homicídio sofrida pela vereadora Veronice Romana do município de Itapebi em fevereiro. A investigação constatou que o crime se deu porque o suplente dela na Câmara Municipal de Vereadores, identificado como Cristiano Pereira da Silva, queria ocupar o lugar da vítima. Ele segue foragido da Justiça. Já o seu sobrinho, um dos autores do crime, foi preso.

“O tio, que buscava o cargo, foi o mandante do crime. Já o sobrinho tentou executar a vereadora na porta de casa. Também localizamos o carro usado: ele foi comprado em Porto Seguro nove dias antes do crime e abandonado na zona rural de Santa Maria Eterna”, relatou o coordenador da 23ª Coorpin, delegado Moisés Damasceno.

Ainda segundo o delegado, o carro custou R$ 4.400, pagos através de transferência bancária pelo suplente. “Pelo estado de conservação do veículo e por seu valor, conclui-se que, desde o início, sua aquisição tinha como único propósito a utilização no referido crime. Os dois investigados foram indiciados. E foi representada pela conversão da prisão temporária em prisão preventiva”, explicou.

As denúncias são fundamentais para a localização do mandante do crime. “Quem tiver informações pode denunciar, sem precisar se identificar, pelo Disque Denúncia da SSP, no 3235-0000, ou no 181, para quem estiver no interior”, finalizou o delegado.