Ilhéus: Pai e dois filhos são mortos a tiros


Foto ilustrativa.

Pai e dois filhos foram achados mortos nesta sexta-feira (29), na localidade conhecida como Acuípe de Baixo, em Ilhéus, no sul da da Bahia. De acordo com a Polícia Civil da cidade, as investigações apontam quem os três foram vítimas de homicídio na noite de quinta-feira (28).

Os três corpos foram encontrados em uma área indígena. Segundo a Polícia Civil, Idevaldo Silva de Andrade, de 40 anos, além de Gabriel e Michel Santos de Andrade, de 20 e 17 anos, foram sequestrados por integrantes de uma organização criminosa, ligada ao tráfico de drogas e homicídios na região.

Todas as vítimas foram encontradas com marcas de tiros pelo corpo e com as mãos amarradas. A polícia suspeita que o crime tenha ocorrido por vingança, após a morte de um homem na semana passada em um tiroteio, no bairro Nossa Senhora da Vitória, também em Ilhéus.

Não há detalhes se pai e os dois filhos tiveram participação na morte do homem no bairro Nossa Senhora da Vitória. Os responsáveis pelo triplo homicídio ainda não foram identificados.

Informações da TV Santa Cruz.

Detento solto há 3 dias comete latrocínio contra PM aposentado


Imagem divulgação SSP/Bahia.

Um criminoso que cumpria pena no Complexo Penitenciário de Mata Escura, em Salvador, e foi colocado em liberdade, na última segunda-feira (25), através de um alvará de soltura, roubou e matou um policial militar aposentado, na noite de quarta-feira (27). O latrocínio ocorreu no bairro de São Caetano e o criminoso e um comparsa foram presos em flagrante.

Com eles, guarnições da PM apreenderam uma arma de fogo, munições e celulares. A dupla roubou e atirou contra o militar aposentado Flaviano do Nascimento, na Ladeira do Camurujipe. Uma viatura que passava pelo local perseguiu os criminosos, que perderam o controle de uma motocicleta usada na fuga e colidiram com um poste.

O latrocida, colocado em liberdade há três dias, possuía passagens por roubos em abril de 2020 e novembro de 2019.

Após atendimento médico, a dupla foi apresentada na Central de Flagrantes.

Salvador: Vídeo flagra momento em que advogado atira e mata barbeiro


Câmeras de segurança flagraram o momento em que advogado José Geraldo atirou e matou barbeiro Lucas Souza de Araújo, que defendeu esposa de assédio em Salvador. As imagens mostram toda a ação dentro do bar.

No vídeo gravado, é possível ver o momento em que o advogado vai para cima do barbeiro. Primeiro o suspeito desfere um soco na direção do irmão da vítima. Na primeira gravação não é possível ver se o irmão de Lucas está de frente ou de costas.

Vídeo:

Nas imagens de uma outra câmera, que captaram o mesmo momento, é possível ver que o irmão de Lucas está tranquilo, mexendo no celular, de cabeça baixa. José Geraldo se aproxima dele para dar o soco, mas o rapaz consegue desviar.

Depois disso começa um tumulto. A o irmão de Lucas então atira uma cadeira na direção do suspeito, que saca a arma e dispara contra o rosto de Lucas. A vítima cai no chão imediatamente. Depois, o advogado se aproxima novamente da vítima, já caída ao chão e pega o que parece ser uma carteira.

Ele então sai do local correndo e sem prestar socorro. Nesse mesmo momento, a esposa da vítima percebe que ele foi baleado e fica desesperada. Ela tenta ajudar o companheiro, mas Lucas já está, aparentemente, sem vida.

Caso 

Segundo a família da vítima, Lucas foi morto após tentar defender a esposa de um assédio. Na terça-feira (26), a defesa de José Geraldo informou que ainda não tem a versão do suspeito sobre o crime, mas que deve se pronunciar ainda sobre o que aconteceu.

A vítima estava no bar acompanhado da esposa, do irmão e da cunhada. No momento em que a companheira e a cunhada foram ao banheiro, José Geraldo e o amigo, identificado apenas pelo prenome Jean, assediaram as duas mulheres.

Acompanhando a situação, Lucas foi tirar satisfação. Geraldo então sacou a arma e disparou contra ele. O barbeiro foi atingido na cabeça e no peito, e morreu na hora. O corpo de Lucas foi sepultado na cidade de Santa Inês, a cerca de 200 quilômetros de Salvador, também na terça-feira.

Lucas tinha uma barbearia em São Cristóvão. Além da esposa, ele deixa dois filhos – uma menina e um menino.

Informações do G1/Vídeo Aratu Online.

Instituto reforça campanha de combate ao trabalho escravo na região


Coordenador do Instituto Sorria, Jacson Cardoso Chagas.

Nesta quinta-feira, 28 de janeiro, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo no Brasil. A data relembra a morte de auditores fiscais em Unaí, Minas Gerais, em 2004, enquanto trabalhavam na descoberta de práticas criminosas de relações de trabalho. No entanto, a situação de exploração em nosso país é muito anterior a essa data.

De acordo com o Painel de Informações e Estatísticas da Inspeção do Trabalho no Brasil, em 2020 foram resgatados 942 trabalhadores da escravidão contemporânea. De 1995, quando o Brasil reconheceu a persistência do trabalho escravo em seu território e o governo federal criou o sistema nacional de verificação de denúncias, até o final do ano passado, 55.712 trabalhadores foram resgatados.

“O Brasil tem um histórico escravista de quase 400 anos de exploração de mão de obra e isso sobrepôs a exclusão econômica com o racismo que a gente ainda vê na sociedade brasileira. Essas duas coisas andam juntas e continuam permitindo a exploração dessas pessoas ainda hoje.” afirma o coordenador do Instituto Sorria, Jacson Cardoso Chagas.

Ainda segundo o coordenador, a elaboração do Observatório Social para diagnóstico e denúncia sobre trabalho escravo é fundamental para aumentar as oportunidades das pessoas de forma a garantir que elas possam ter uma vida digna.

“O nosso objetivo é identificar locais de possíveis atividades de trabalho escravo, e com a ajuda da tecnologia podemos. Caso você desconfie de uma situação de trabalho escravo, pode denunciar anonimamente pelo aplicativo, site www.institutosorria.org.br e whatsapp (73 99856-8442).”

O Observatório Social para diagnóstico e denúncia sobre trabalho escravo é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), realizado pelo Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad), em parceria com o Instituto Sorria, que fará a identificação de denúncias sobre a ocorrência de trabalho escravo no sul da Bahia.

Texto Andreyver Lima.

Itororó: Trio invade loja e rouba equipamentos eletrônicos


Sistema de segurança mostra ação dos bandidos.

Dois homens e uma mulher invadiram uma loja que vende eletrodomésticos e roubaram cerca de 10 celulares, tabletes e caixas de som na manhã desta quinta-feira (21), na cidade de Itororó, região sul da Bahia. Conforme a Polícia Civil, ninguém foi preso.

Segundo uma funcionária do estabelecimento, um casal entrou no local e o homem armado anunciou o assalto por volta das 8h. Imagens de câmeras de segurança flagraram quando os criminosos pegaram a chave da vitrine e recolheram as mercadorias.

As imagens também mostram que o trio sai andando da loja e depois entra em um carro que esperava na esquina da rua. Duas funcionárias estavam presentes no momento do assalto, não foram feridas.

Um boletim de ocorrência foi aberto na delegacia e a polícia investiga o crime.

Vídeo:

Itabuna: PM frustra roubo, liberta reféns e recupera celulares e moto


Dois homens foram presos em flagrante com uma arma de fogo por volta das 8h30 desta quarta-feira (20), no momento em que faziam reféns os funcionários de uma loja de aparelhos celulares e eletrônicos na Avenida Juracy Magalhães, centro do município de Itabuna. Policiais militares fizeram o cerco do estabelecimento, prenderam os acusados, libertaram os reféns e recuperaram 35 celulares roubados, além da moto com restrição de roubo que eles utilizavam.

Uma guarnição da Rondesp Sul foi acionada pelo Cicom – devido à proximidade em que se encontrava do local -, com a informação de um dos funcionários da loja que contou ter visto dois indivíduos com capacete, um deles usando a farda da Coelba, entrando no estabelecimento. Depois disso, o denunciante contou que não estava conseguindo entrar no local.

Ao perceber que havia reféns dentro da loja, imediatamente os policiais militares isolaram as imediações e realizaram o cerco. Guarnições do 15º Batalhão e do Esquadrão de Polícia Montada de Itabuna também foram acionadas para apoio e participaram da ação integrada. A guarnição da Rondesp Sul entrou no estabelecimento de dois andares e libertou três reféns amarrados no térreo. Os indivíduos estavam no andar de cima com mais um refém, quando houve a negociação mediada pelo tenente coronel Marinho, comandante da Rondesp Sul. Após alguns minutos, os pms conseguiram render os acusados e libertar o último refém.

Com eles foram apreendidos, além de 35 celulares, um revólver calibre 38 com três cartuchos e a moto que eles utilizariam na fuga com restrição de roubo. Os indivíduos e todo material recuperado foram encaminhados e apresentados na 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpim).

Vídeo que circula nas redes sociais, mostra a prisão dos dois meliantes:

Nova portaria muda regras para PRF atuar em operações conjuntas


O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) publicou hoje (19), no Diário Oficial da União (DOU), uma nova portaria que estabelece diretrizes para a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações conjuntas com outros órgãos federais, estaduais e municipais.

A portaria (42/2021) substitui outra (739/2019) que chegou a ser suspensa em janeiro do ano passado pelo então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, enquanto ele estava responsável pelo plantão judicial.

À época, Toffoli atendeu pedido da Associação de Delegados da Polícia Federal (ADPF), para quem a norma autorizava a PRF a realizar investigações e atuar na prevenção e repressão a crimes federais, o que seria competência exclusiva da PF, no entender dos delegados.

A suspensão acabou depois derrubada pelo relator do caso, ministro Marco Aurélio, que atendeu pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) e restabeleceu a vigência da portaria. Essa decisão foi depois confirmada pelo plenário do Supremo.

Agora, contudo, a nova portaria, que substitui a antiga, passa a não trazer menção à participação da PRF em operações conjuntas caso “os crimes objetos de apuração tenham sido praticados em rodovias federais, estradas federais ou em áreas de interesse da União”.

A norma – publicada nesta terça-feira (19) – tampouco elenca a “investigação de infrações penais” entre as hipóteses que autorizam a PRF a prestar apoio operacional, conforme constava na norma anterior.

Outras diferenças

A antiga portaria (739/2019) estabelecia diretrizes para a PRF atuar em operações conjuntas com órgãos do Ministério Público, da Receita Federal e do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) – como PF, Força Nacional e polícias Civil e Militar dos estados.

Agora, o novo texto inclui no rol de cooperação, além dos integrantes do Susp, “outros órgãos das esferas federal, estadual, distrital ou municipal”, sem especificar quais.

Outro trecho suprimido foi o que circunscrevia a atuação da PRF a “operações conjuntas nas rodovias federais, estradas federais ou em áreas de interesse da União”, conforme constava na antiga portaria. Agora, a nova norma estabelece diretrizes para a atuação do órgão somente em “operações conjuntas”, sem fazer referência a local.

Outro trecho da antiga norma, agora revogada, autorizava a PRF a atuar, especificamente, “em vias urbanas, rodovias, terminais rodoviários, ferrovias e hidrovias federais, estaduais, distrital ou municipais, portos e aeroportos”.

Novamente, a nova portaria não traz esse tipo de especificação, estabelecendo como condição para a atuação do órgão em operações conjuntas apenas a autorização de seu diretor-geral, que deve considerar “a pertinência, a conveniência e a necessidade da medida”.

Pela nova portaria, a PRF pode: designar efetivo para integrar equipes na operação conjunta; prestar apoio logístico; atuar na segurança das equipes e do material empregado; ingressar nos locais alvos de mandado de busca e apreensão, mediante previsão em decisão judicial; lavrar termos circunstanciados de ocorrência; e praticar outros atos relacionados ao objetivo da operação conjunta.

Mobilização policial resulta em apreensão de maconha e cocaína em Ilhéus


Depois de denúncia anônima de tráfico de drogas, uma operação conjunta entre a 68, 69 e 71 CIPM, resultou na mobilização de policiais e abordagem de veículos no município de Ilhéus, nesta segunda-feira (18).

Segundo informações policiais, guarnições abordaram um veículo Fiat Pálio, cor azul, placa policial JMX 6333, Una – Bahia, e com dois indivíduos na Rua Santarém, próximo ao Colégio Catalão, bairro da Conquista.

Durante a vistoria no veículo, foram encontrados três tabletes de substância similar a maconha pesando aproximadamente 2,325Kg, 01 tablete de substância similar a pasta base de cocaína pesando aproximadamente 203g, além de dois celulares.

Os dois indivíduos presos, além do material apreendido, foram apresentados na DT de Ilhéus /BA- 7a. COORPIN

Ilhéus registra mais um homicídio na Central de Abastecimento


Foto ilustrativa.

O mês de janeiro começou violento em Ilhéus, com inúmeros homicídios. Nesta sexta-feira (15), mais um homicídio foi registrado na Central de Abastecimento do Malhado.

A Polícia Civil foi acionada por volta das 20h30, e encontrou o corpo de um homem em decúbito ventral, com perfurações de arma de fogo na cabeça, nádegas e pernas.

O Departamento de Polícia Técnica esteve no local e fez o levantamento cadavérico. Durante a perícia, foi encontrado uma peteca de cocaína na bermuda da vítima.

Segundo informações policiais, a vítima foi identificada como sendo de Adriano Santos Silva. Segundo informações de populares, a vítima devia dinheiro ao tráfico de drogas do Alto do Coqueiro.

O Núcleo de Homicídio da Polícia Civil está investigando o caso, e já obteve vídeos de segurança instalados na Central de Abastecimento do Malhado, para identificar os autores.

Ilhéus: Polícia Militar apreende arma e drogas na Rua Santarém


A 68ª CIPM desencadeou uma operação para realizar flagrante de posse de arma e tráfico de drogas.

Por volta das 20h de ontem, quinta-feira (14), os policiais foram informados de que um indivíduo estaria armado na localidade da Rua Santarém. Os policiais abordaram o meliante, que foi encontrado em posse de um revólver calibre 38. Durante a ação, o meliante acabou informando que na residência dele havia uma certa quantidade de drogas.

Na residência foram encontrados 782 gramas de pasta base, 64 gramas de maconha, R$500,00 , 1 balança de precisão, 1 revólver cal. 38, marca Modelo Rossi n° J044535,munições intactas,munições picotadas.

O material apreendido e o indivíduo flagranteado foram apresentados na DT de Ilhéus /BA- 7a. COORPIN