Indígena é preso por homicídio em Ilhéus


Três espingardas, munições e celulares foram apreendidos com um homem identificado como Cacique Pascoal, de 56 anos, que estava com um mandado de prisão preventiva em aberto por homicídio. A ação ocorreu na manhã desta quarta-feira (11), em uma reserva indígena, no município de Una.

A ordem judicial foi cumprida por equipes da Delegacia Territorial (DT/Una) e da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Ilhéus, durante a Operação Tremps.

De acordo com o titular em exercício da DT/Una, delegado Renato Fernandes Ribeiro, o homicídio ocorreu no dia 17 de abril, no distrito de Vila Brasil. “Apuramos que autor e vítima estavam em um bar e discutiram. Na saída, o homem atirou em Alcione Xavier de Oliveira e passou com o veículo por cima dele”, explicou Fernandes.

O suspeito, que foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo, é investigado por outros homicídios ocorridos na região. Ele foi submetido a exame de lesões e está à disposição da Justiça. O material apreendido será encaminhado à perícia.

Suspeito morre em confronto com a Polícia Militar em Maraú


Nesta quarta-feira (04) uma conjunta da Cipe Cacaueira e 72ª CIPM/ Itacaré, para atender uma solicitação do conselho tutelar de Maraú, deixou um suspeito morto.

Segundo informações policiais, uma menor era mantida em carceres privado por indivíduo com vasta ficha criminal. Ao chegar ao local indicado pelo conselho tutelar, os policiais tentaram contato com o suspeito, mas foram recebidos a bala. No revide, o meliante foi almejado, e socorrido para Unidade de Saúde de Maraú, vindo a óbito.

Ao lado do indivíduo foi encontrado um revólver calibre 38, com três cartuchos deflagrados e três cartuchos intactos.

Ilhéus: Suspeito de envolvimento em homicídio de PM é achado morto


Ilustração

Um dos suspeitos de envolvimento no homicídio do policial militar Adir Pires Fontes de Oliveira foi encontrado morto na noite de terça-feira (3).

Segundo a polícia, o homem foi interrogado na tarde de terça, na companhia de um advogado, e negou todas as acusações. Ele era suspeito de ajudar na fuga de pessoas envolvidas no homicídio do policial militar, atingido por disparos de arma de fogo ao sair de um bar de Ilhéus, no domingo (1ª).

Horas depois de ser liberado do interrogatório, o homem foi encontrado morto dentro de casa, com marcas de tiros na cabeça. A polícia não deu detalhes autoria e motivação do crime. O caso será investigado.



Morte do Policial

O policial Adir Pires Fontes de Oliveira foi morto a tiros na noite de domingo, ao sair de um bar na localidade de Castelo Novo, zona rural de Ilhéus. De acordo com a Polícia Civil, ele foi baleado quando seguia em direção a um carro e não era o alvo dos criminosos.

Adir era lotado na 68ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Ilhéus, e estava na corporação desde 2008.

Segundo a Polícia Civil, o agente estava de folga e não era o alvo dos bandidos, que procuravam por outro homem, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas e estava no mesmo local. Contudo, ao perceberem que Adir era policial, os suspeitos dispararam contra ele e fugiram logo em seguida.

Informações do G1/Bahia.

Três criminosos entram para a lista dos mais procurados da Bahia


Divulgação de imagem, SSP- Bahia.

Procurados por tráfico de drogas na capital baiana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) e no interior, três criminosos passam a integrar, nesta terça-feira (2), a lista dos mais procurados da Bahia. Os foragidos foram inseridos no Baralho do Crime da Secretaria da Segurança Pública.

Os novos Rei e Damas de ‘Copas’ são Edson Silva de Santana, o ‘Jegue’, e Cleber Santos da Silva, conhecido como ‘Keu’, respectivamente. Enquanto o primeiro tem atuação da RMS, o segundo age no bairro do Arenoso e integra, pela segunda vez, a ferramenta, após a primeira inserção em abril de 2017, na carta ‘Dois de Paus’.

Ele foi retirado, após ser preso em abril de 2018. Em julho de 2020, o criminoso obteve alvará de soltura e, em maio deste ano, teve novo mandado de prisão expedido pela Justiça pela venda de entorpecentes.

Já a carta três de ‘Ouros’ passa a ser ocupadas por Eric Santana Mota, conhecido como “Topa”. Além de Salvador, ‘Topa’ atua na cidade de Itaberaba, a cerca de 280 quilômetros da capital baiana.

O cidadão pode contribuir, de forma anônima, com o trabalho da polícia, telefonando para o número 181 ou acessando o ‘Denuncie Aqui’, através do disquedenuncia.com. O Baralho do Crime pode ser encontrado também no site da ferramenta da SSP.

Homem é preso por homicídio e abandono de incapaz


O acusado de matar Leandro Antônio dos Santos Araújo, em 2010, no município de Itabuna, foi preso na terça-feira (3), após investigação dos policiais da Delegacia de Homicídios do município. Ele foi encontrado na Região Administrativa de Samambaia, no Distrito Federal (DF), com o apoio dos policiais da Seção de Investigação de Crimes Violentos (SICVIO) da 23ª Delegacia de Polícia do DF.

O preso faz parte de uma organização criminosa que atua em Itabuna. A motivação do homicídio foi uma briga entre grupos rivais. Ele efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a vítima na época do crime e, posteriormente, fugiu.

“O mandado de prisão foi cumprido no trabalho dele, porém os policiais, no ato da prisão, identificaram que o acusado também era investigado por abandono de incapaz. Ao verificar, os filhos dele foram encontrados sozinhos em casa, razão pela qual ele também foi autuado em flagrante”, disse a titular da DH, delegada Magda Sueli Figueiredo.

O homem foi encaminhado para a delegacia, onde teve o mandado de prisão cumprido. O criminoso será recambiado para a Bahia onde posteriormente ficará à disposição da Justiça.

Garoto de 14 anos mata pai para salvar a mãe em condomínio de luxo de SP


Um adolescente de 14 anos matou o pai a tiros, na tarde de hoje, em Valinhos, município a 90 km de São Paulo. O garoto teria atirado para defender a mãe que estava sendo agredida pelo homem, segundo a Polícia Civil. A vítima é um empresário do ramo de som automotivo.

Por volta das 14 horas, a Polícia Militar foi chamada pelo adolescente para atender uma ocorrência de violência doméstica em um condomínio de luxo, no bairro Joapiranga. Chegando ao local, os policiais encontraram o homem caído na garagem do imóvel. O Corpo de Bombeiros foi chamado, mas o empresário morreu no local antes da chegada do socorro.

Em conversa com os policiais, o adolescente relatou que atirou no pai para defender a mãe que estava sendo agredida pelo homem. O garoto teria relatado ainda que os episódios de violência doméstica contra a mãe e contra ele seriam frequentes. Outro filho do casal, de três anos, também mora na casa.

A arma usada no crime pertencia ao empresário. No imóvel, a polícia encontrou oito armas, entre elas um fuzil e uma submetralhadora, além de diversas munições.

A ocorrência está sendo registrada na delegacia de Valinhos. O adolescente e a mãe estão sendo ouvidos pela Polícia Civil.

Informações da Uol Noticias.

Mulher é presa em casa com arma de grosso calibre


Uma escopeta calibre 12, quatro cartuchos calibre 38, maconha e embalagens para acondicionar entorpecentes foram apreendidos, nesta terça-feira (3), em uma casa no bairro Pedro Gerônimo, por investigadores das delegacias de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e Territorial (DT), de Itabuna.

No imóvel estava a companheira de um suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. O homem, que está sendo procurado, era o alvo de uma denúncia apurada pelos policiais. A mulher foi autuada em flagrante e encaminhada para o Complexo Policial de Itabuna.

Uma equipe da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede naquele município, participou da ação. O material apreendido seguiu para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para ser periciado.

Ação conjunta apreende drogas em Itacaré


Vinte e cinco pedras de crack, seis papelotes de cocaína, três porções de maconha, R$ 70 e anotações com a contabilidade do tráfico de drogas foram apreendidos, na segunda-feira (2), no bairro Portelinha, em Itacaré.

O material estava com um homem, de 20 anos, autuado em flagrante por investigadores da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Ilhéus). A ação contou com o apoio de uma equipe de 72ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

Durante a diligência, os policiais localizaram um homem que estava com um mandado de prisão preventiva em aberto por tráfico. Expedida pela Comarca de Itacaré, a ordem judicial foi cumprida em um bar, no Bairro Novo.

A dupla foi conduzida para a sede da 7ª Coorpin/Ilhéus, onde permanece à disposição do Poder Judiciário. O flagranteado passará pela audiência de custódia.

Ilhéus: Polícia prende passageiro de Uber com revólver


No final da tarde deste domingo (01), policiais da 68ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) participaram da Operação Meridionalis Vis, realizada pelo CPR-S (Comando do Policiamento da Região Sul), que objetiva a prevenção de crimes em Ilhéus.

Os militares em ronda pela Rua Bela Vista, Alto da Tapera, avistaram um homem em atitude suspeita, sendo conduzido em um veículo. A realizar a abordagem, foi encontrado com o suspeito, uma arma calibre 38, um carregador, quantia em dinheiro e seis munições calibre 38.

Segundo o condutor do veículo, um motorista de aplicativo, ao perceber a presença dos policiais, o suspeito começou a ameaça-lo na tentativa de fugir do cerco policial.

O indivíduo e os materiais apreendidos, foram apresentados na Delegacia de Ilhéus/BA-7.ª. COORPIN, para adoção das medidas cabíveis.

Prefeitura de Itabuna lança aplicativo para auxiliar no combate à violência doméstica


“Esse aplicativo é fundamental, para preservar a segurança doméstica. Quero parabenizar a iniciativa da Patrulha Guardiã Maria da Penha”, disse o prefeito de Itabuna, Augusto Castro (PSD) durante o lançamento do aplicativo “Está Acontecendo”, na quinta-feira, dia 29, no Teatro Municipal Candinha Dórea. A ferramenta é mais um apoio às mulheres vítimas de violência e será gerido pela Guarda Civil Municipal.

Durante o discurso, a secretária municipal de Segurança e Ordem Pública, Mariana Alcântara afirmou que o aplicativo chega para unir forças à rede de proteção à mulher. “Inicialmente, a ferramenta vai atender a 74 mulheres. Mas, em breve vamos expandir para mais vítimas da violência”, disse.

Mariana destacou ainda o pioneirismo de Itabuna com o serviço de proteção que não para. “Nosso trabalho é ininterrupto. Por isso, somos referência no Brasil”, frisou. Na oportunidade, foi entregue uma nova viatura para a Patrulha, o que vai dar celeridade ao atendimento às mulheres que sofrem violência doméstica.

A cerimônia teve as presenças da presidente da Comissão dos Direitos da Mulher da subsecção da OAB de Itabuna, Andreia Peixoto, da Comandante da Guarda Civil Municipal, Roseane Santos Silva, e da comandante da Ronda Maria da Penha do 15º Batalhão de Polícia Militar, Nalígia Feitosa.

A coordenadora de Área da Patrulha Maria da Penha da GCM, Débora Santos, acredita que o aplicativo vai salvar muitas vidas. “A ferramenta quebra o ciclo da violência, pois, a Patrulha recebe a localização da residência da vítima e sai imediatamente em diligência”, explicou.