Vídeo: Escolta do prefeito de SP mata assaltante em frente à casa do político


Câmeras de segurança registraram uma tentativa de assalto em frente à casa do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), em Interlagos, zona sul da cidade. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (1/9). Veja o vídeo:

Autor de latrocínio é preso seis horas após o crime em Ilhéus


Em uma ação rápida, policiais do Núcleo de Homicídios da 1ª Delegacia Territorial (DT) de Ilhéus, prenderam um homem identificado Railan Alves dos Santos, Vulgo Lan, como  autor do latrocínio de Lázaro Aparecido Reis Carvalho, seis horas após o crime, ocorrido na localidade conhecida como Malvinas, naquela cidade, na segunda-feira (30). A vítima teve um relógio e uma sandália roubados.

O corpo de Lázaro Aparecido Reis Carvalho foi encontrado na localidade conhecida como Malvinas, às 04 da manhã, quando os policiais do núcleo especializado deram início às investigações. Seis horas depois, o autor foi identificado e preso pelos policiais, na mesma região.

De acordo com os levantamentos, o homem também é suspeito de furtos nos municípios de Jaguaquara e Jequié. Ele foi conduzido para a o Núcleo na 1ª DT / Ilhéus, onde foi autuado em flagrante por latrocínio e segue à disposição do Poder Judiciário.

Um jovem é assassinado no Brasil a cada 17 minutos, aponta Atlas


O país registrou um crescimento de 35% no total de mortes por causa indeterminada entre 2018 e 2019. O número pode refletir em uma subnotificação dos 45.503 homicídios registrados no país nesse período. De acordo com o Atlas da Violência deste ano, entre os anos de 2009 e 2019, 623.439 pessoas foram vítimas de homicídio no Brasil. Deste total, 333.330 vítimas eram adolescentes e jovens, o que equivale a 53%.

O número representa um jovem morto em território brasileiro a cada 17 minutos.Somente em 2019, 23.327 jovens foram vítimas de homicídios no Brasil, sendo que 93,9% eram homens.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (31) no Atlas da Violência, publicação elaborada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública em parceria com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

Apesar do número representativo de jovens assassinados, o ano de 2019 teve um recuo de 24,3% nas mortes violentas praticadas contra pessoas com idades entre 15 e 29 anos na comparação com o ano anterior. Segundo o estudo, a taxa de homicídios a cada 100 mil jovens passou de 60,4 para 45,8.

A queda no número de homicídios de jovens é reflexo da diminuição em todos os Estados, exceto o Amazonas, que teve aumento de 5,4% nos assassinatos de pessoas de 15 a 29 anos em 2019 na comparação com o ano anterior.

O Espírito Santo foi o Estado que teve menor redução, caindo 7,7%, enquanto Roraima foi o que mais reduziu, registrando queda de 56,5% na violência letal contra a juventude.

Com relação a taxa de homicídios entre os jovens para um grupo de 100 mil habitantes, o Amapá é o Estado com o pior índice: 101,8. Na outra ponta está o Estado de São Paulo, com o menor índice do país (12,5). A taxa de homicídios entre os jovens no Brasil é de 45,8, conforme os dados de 2019.

Informações do R7.

Caixas eletrônicos de agência bancária são explodidos em Camacã


Ao menos dois caixas eletrônicos foram explodidos em uma agência bancária da Caixa Econômica na cidade de Camacã, no sul da Bahia, na madrugada desta terça-feira (31). Não há registro de feridos na ação.

Esse é o 36º ataque a agências bancárias neste ano. No interior da Bahia, o registro mais recente havia sido na madrugada do dia 6 deste mês, em Conceição da Feira. Na capital, o último ataque aconteceu no bairro da Fazenda Grande do Retiro, na madrugada de 4 de agosto.

Moradores relataram que o barulho das fortes explosões começou por volta das 2h. Por causa do impacto dos explosivos, a agência ficou totalmente destruída. Estilhaços de vidro ficaram espalhados tanto na área interna, quanto na externa.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos estão sendo procurados na região. Ainda não há informações se os suspeitos conseguiram levar dinheiro da agência, nem a quantidade. A Polícia Federal deve ir ao local para investigar, já que se trata de uma unidade bancária federal.

Informações do G1/Bahia.

Fazendeiro é sequestrado no sul da Bahia


João Coutinho foi sequestrado na manhã de ontem em Aurelino Leal|| Fotomontagem Ubaitaba Urgente.

O Fazendeiro e empresário, João Coutinho, de 64 anos, estava na fazenda dele na BR-101, em Aurelino Leal, quando dois homens chegaram armados e o levaram na manhã de domingo (29). Segundo informações policiais, tratar-se de um sequestro.

Os três funcionários relataram que a dupla abordou o idoso  e eles, quando contavam gado na propriedade rural.Logo depois foram agredidos e amarrados, e que os bandidos deixaram um celular e disseram quererem R$ 1,5 milhões para liberar o empresário.

 João Coutinho foi levado pelos homens na própria caminhonete. O celular do idoso não foi roubado.

O veículo, uma Toyota Hilux, placa RCX 3C36, de propriedade da vítima, foi encontrado na zona rural de Jaguaguara, na região de Jequié, no sudoeste do estado.

Segundo a Polícia, até o momento os bandidos não contactaram a família pedindo o resgate.

Suspeito de matar PM morre em confronto com a Caerc em Ilhéus


Na manhã desta quarta-feira (25), a Polícia Militar por intermédio da CIPE Cacaueira (CAERC), foi acionada por denúncia de populares que meliantes estavam aterrorizando a comunidade da Lagoa Encantada, expulsando as pessoas de suas propriedades rurais. Segundo os populares, os mesmos meliantes teriam participado do homicídio do Policial Militar Soldado Adir Fontes Oliveira, ocorrido em 1.º de agosto no distrito de Castelo Novo.

Segundo informações policiais, apos realizar a pé o trajeto até o local, a patrulha rural cercou o local perimetral, foi quando um meliante violentamente disparou contra os policiais. No revide, os policiais alvejaram o suspeito, sendo socorrido para o Hospital Costa do Cacau, onde veio a óbito.

Com o meliante, os policiai encontraram um revólver calibre 38, marca Rossi, com quatro capsula deflagrada.

O meliante foi identificado como Igor Jovita, que possuía um perfil extremamente violento, e com enorme histórico criminal.

Mais de 17 quilos de maconha são apreendidos em Itabuna


Dezessete quilos de maconha foram apreendidos na manhã desta quarta-feira (25), por policiais da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) de Itabuna. Os investigadores estavam fazendo levantamento de imóveis que estariam sendo utilizados por traficantes no bairro da Sarinha quando encontraram os entorpecentes.

Na localidade, os policiais foram informados que um traficante escondia as drogas nos fundos de um imóvel inabitado. “Realizamos buscas em um matagal no fundo da casa e encontramos tabletes de maconha pesando 17,640 quilos, 160 gramas de crack, uma balança, quatro cartuchos para calibre 12, embalagens e tesoura”, disse o titular da DTE de Itabuna, delegado Fábio José Vieira Simões.

No imóvel também foi encontrado a identidade do homem indicado por ser o dono das drogas. “Iniciamos as investigações com o objetivo de obter elementos que indiquem a propriedade dos objetos apreendidos”, finalizou.

Mulher é presa suspeita de envenenar quatro pessoas da mesma família; duas morreram


Uma mulher suspeita de envenenar quatro pessoas da mesma família, em julho deste ano, foi presa nesta segunda-feira (23), por policiais da 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico). Duas pessoas envenenadas morreram e as outras duas seguem internadas na UTI do Hospital das Clínicas.

“Tomamos conhecimento após um dos irmãos das vítimas informar que no dia 31 de julho, uma sacola contendo três latas sardinhas, um saco de farinha e dois pacotes de macarrão instantâneo foram postos na frente da residência dos irmãos, pela autora do fato, eles acharam que era uma doação, pois vivem em situação de vulnerabilidade. Após o preparo do alimento, a primeira vítima faleceu no mesmo dia da ingestão”, disse a titular da 1ª DH\Atlântico, delegada Zaira Pimentel.

Durante as diligências, os policiais identificaram a autora do fato, “Em depoimento ela confessou o delito e narrou à premeditação do crime. Ela informou que comprou o veneno em um camelô na Av. Sete de Setembro e colocou sobre os alimentos. A mulher ainda informou que tinha tido uma briga de vizinho com uma das vítimas e que não tinha intenção de matar outras pessoas”, relatou.

O laudo pericial realizado pelo Departamento de Polícia Técnica confirmou que os venenos utilizados continham as substâncias, arsênico e malationa. A mulher segue na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde se encontra à disposição da Justiça.

Ilhéus: PM prende homem em flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma


A Polícia Militar, por intermédio da 70 CIPM, foi acionada na madrugada deste domingo (22), após a Cicom informar que populares relataram situação de disparos de arma de fogo no loteamento Águas Claras, bairro do Salobrinho.

A guarnição do 3.º Pelotão verificou a veracidade dos fatos, encontrando uma testemunha que narrou que o suspeito de inciais V.SC efetuou disparos de arma de fogo contra a vítima com iniciais JRS, atingindo o tórax no lado direito.

Segundo informações policiais, a vítima foi socorrida para unidade hospitalar. Não há informações sobre o estado de saúde.

O autor da tentativa de homicídio foi localizado em sua residência, ainda com a arma do crime, uma pistola calibre 6,35 mara Browsings, e um carregador com cinco projeteis intactos.

Todo o material apreendido com o suspeito, foram apresentados da Delegacia de Polícia e estão a disposição da justiça.

Número de sequestros-relâmpago disparou após a implantação do Pix no Brasil, diz delegado


Matéria da BBC Brasil.

Sem chamar a atenção, criminosos passam semanas estudando a rotina de moradores de bairros de alto padrão, na cidade de São Paulo. Nesta semana, uma das vítimas escolhidas levou um golpe na cabeça, foi amarrada, teve o celular roubado e, depois de três horas, mais de R$ 100 mil tinham saído da conta dela em transferências via Pix.

Em entrevista à BBC News Brasil, o delegado da Divisão Antissequestro do Garra Dope, da Polícia Civil, Tarcio Severo, o número de sequestros-relâmpago, crime considerado adormecido, disparou após a implantação do Pix no Brasil.

Segundo ele, há inclusive quadrilhas especializadas em outros crimes que estão ‘migrando’ para roubos envolvendo a ferramenta eletrônica.

“A gente observa criminosos especializados em outros segmentos, como roubo e furto de condomínio, que passaram a aproveitar a oportunidade para fazer o sequestro-relâmpago. Eles perceberam que o Pix permite que eles consigam transferir uma grande quantidade de dinheiro num período curto de tempo. Desta forma, eles mantêm a vítima detida e tiram uma vantagem significativa”, afirmou o delegado.

Clique aqui para continuar lendo a matéria.