Maiores transatlânticos da temporada chegarão a Ilhéus na próxima semana


Considerado como um dos maiores navios desta temporada, o Costa Fascinosa chega a Ilhéus na próxima segunda-feira (10), às 8 horas da manhã, trazendo 3.780 turistas, movimentando o comércio da cidade. No dia seguinte (11) atracará no Porto de Ilhéus o navio MSC Fantasia, de alto luxo, que trará nada menos que 3.952 passageiros. Também estão previstas para dezembro as paradas dos navios Costa Favolosa, no dia 14, Costa Fortuna, no dia 15, MSC Orchestra, no dia 19, Aidacara, no dia 25, e Grand Mistral, no dia 30. A temporada 2012/2013 será encerrada no dia 20 de março com o retorno do navio Costa Fascinosa.

Apontada como uma das cidades baianas mais procuradas pelos turistas, Ilhéus encanta os visitantes com as belezas naturais e com a sua história. Na cidade os turistas visitaram as praias e pontos estratégicos como o Bataclan, o Bar Vesúvio, a Casa de Jorge Amado, os casarões dos antigos coronéis, a Praça do Cacau, conhecendo o fruto que por muito tempo foi a principal fonte de economia da região, além das fazendas de cacau. Na bagagem muitas fotos, lembranças e história para contar para os amigos. Somente para se ter ideia dos benefícios para Ilhéus, cada cruzeirista gasta em média, a cada parada, em torno de 75 dólares, garantindo mais renda para a economia formal e informal.

(mais…)

TJ recebe denúncias do MP e afasta prefeitos de Eunápolis e Caldas de Cipó


Denunciados por desvio de verba pública em favor de terceiros, os prefeitos de Eunápolis, José Robério Batista de Oliveira, e de Caldas de Cipó, Jailton Ferreira de Macedo, acabam de ser afastados dos cargos. A decisão foi preferida pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça na última terça-feira, dia 4, durante a sessão em que foram analisadas duas ações penais apresentadas pelo Núcleo de Investigação de Crimes Atribuídos a Prefeitos (CAP), do Ministério Público estadual. A Câmara recebeu as denúncias formuladas pelo MP e afastou os gestores imediatamente.

Segundo informações do CAP, o prefeito de Eunápolis pagou, entre os anos de 2005 e 2007, cerca de R$ 1,9 milhões por serviços que não foram totalmente realizados. Ele contratou diretamente duas empreiteiras para realizar obras de infraestrutura, saneamento básico, conservação e pavimentação do sistema viário do município. Uma das empresas (MSE Transportes e Urbanização Ltda.), destaca o MP, pertence ao atual prefeito de Alcobaça, Leonardo Coelho Brito, que utilizava Flávia Moreira de Souza para, “aparentemente”, gerenciar o negócio. A outra, a Plena Empreendimentos e Engenharia Ltda. (PEE), é administrada por José Isaias Mascarenhas. Todos eles, registra a denúncia, beneficiados com a contratação irregular e também denunciados pelo MP. A Instituição denunciou ainda o então secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Omar Reiner Santos, acusado de auxiliar o prefeito no desvio da renda pública.

(mais…)

Um prefeito e quatro vereadores do interior perdem cargo por infidelidade partidária


O prefeito de Riacho de Santana/BA, Tito Eugênio Cardoso de Castro, e os vereadores Gildásio dos Santos Passos (Brejolândia/BA); Salatiel Coelho (Ibotirama/BA); Francisco Borges (Fátima/BA) e Carlos Tito Marques Cordeiro (Barreiras) perderam o cargo por infidelidade partidária. Os cinco integram o rol dos políticos acionados pela Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), no ano passado, por desfiliarem-se da agremiação por meio da qual foram eleitos sem apresentar justa causa.

Nas ações de decretação de perda de carga eletivo, o procurador Regional Eleitoral, Sidney Madruga, afirmou que o objetivo da regra da fidelidade partidária é proteger a vontade do eleitor que manifestou, nas urnas, o desejo de que a gestão pública fosse exercida conforme o planejamento e a ideologia política do partido ao qual seu candidato é filiado.

(mais…)

A arrogância efêmera dos vereadores calouros


Nas rodas políticas da nossa querida e amada Ilhéus, vez ou outra um assunto é comentado: a falsa humildade dos que outrora clamavam por votos, e que hoje em dia, depois de eleitos, arrotam empáfia e pedantismo.

Aliás, alguns deles, que faziam “festa” quando porventura nos encontrava, hoje em dia fazem questão de nem sequer vociferar um mísero “olá”. Como uma demonstração ridícula de que se acham concebidos por alguma espécie de argila miraculosa de ordem superior.

Estão se sentindo os reis do pedaço, afinal de contas, durante os próximos quatro anos serão muito bem remunerados, gozarão de inúmeros privilégios e serão tratados pelo seu rebanho de puxa-sacos e aproveitadores como celebridades.

Mas é sempre bom lembrá-los que quatro anos passam rápido. E as urnas costumam punir arduamente esses legisladores calouros, que se empolgam com a pompa que ornamenta os seus cargos e se esquecem dos reais objetivos do cargo de um vereador.

A nossa recente História política explicita casos similares, e hoje, sem mandato e sem puxa-sacos os “ex-importantes” andam cabisbaixos pelos cantos, imersos em suas mediocridades existenciais.

Nada como um dia após o outro.

Cacau: é preciso cobrar preço justo e renegociar dívidas


O cacau já representou 60% da economia baiana, antes é claro da chegada da vassoura de bruxa, praga que assolou e comprometeu a produção. Depois que o fungo empesteou as plantações, a região passou e vem passando por momentos muito difíceis. A situação aponta um novo caminho agora com a utilização da técnica da conservação produtiva, que alia a produtividade à conservação do meio ambiente. Aliado a isso, a lavoura mostra que está reagindo, com a Bahia apontando para registrar a maior produção neste ano, depois da vassoura de bruxa.

O deputado estadual Pedro Tavares, entretanto, destaca o aumento da produção, mas também a necessidade do produto ter um preço justo e da renegociação das dívidas dos produtores. “Numa região onde o clima e o solo são favoráveis, é imprescindível que o homem consiga sobreviver da atividade agrícola. Daí também, importância da arroba do cacau ter um preço justo e que se renegociem as dívidas permitindo que os produtores tenham condições de investir em suas terras”, opinou o peemedebista.

Eleitor tem até hoje para justificar falta no 1º turno das eleições


Esta quinta-feira (6) é o último dia para os eleitores que não votaram no 1º turno deste ano justificarem a ausência. Quem não compareceu ao 2º turno tem prazo até 27 de dezembro. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, as pessoas que estiverem nessa situação devem procurar um cartório eleitoral e levar um atestado, seja de trabalho ou médico, para comprovar que realmente estiveram impedidas de comparecer no dia do pleito. Caso contrário, quem não votou nem justificou no dia deve pagar multa de R$ 3,50 para regularizar a situação.

Os eleitores que não apresentarem a justificativa ficam impedidos de tirar passaporte, inscrever-se em concurso público e renovar matrícula em escolas, entre outras consequências. Segundo o TSE, 22,7 milhões de eleitores não compareceram às urnas nas eleições do 1º turno em todo o País. No 2º turno, esse número foi de mais de 6,1 milhões de pessoas. ( Agência Brasil)

Empresário ilheense morre em Cruzeiro Marítimo


O empresário ilheense Teobaldo Perelo sofreu acidente  na madrugada de quinta-feira, quando viajava no navio MSC Fantasia em encontro de empresários a convite da empresa Gillette , no litoral de Angra do Reis (RJ).

Em contato com nossa Redação, familiares informaram que ele passou mal e caiu do oitavo  até o quinto andar.

Bastante querido na cidade, a notícia da morte gerou uma grande comoção no meio empresarial.  Teobaldo é irmão dos proprietários do Delta supermercados , Gutemberg e José Perelo.

O empresário era dono de uma das maiores distribuidoras atacadistas da região.( Foto Facebook/ Blog do Gusmão)

Polo calçadista será debatido em audiência


 A Comissão do Trabalho da Câmara Federal aprovou, nesta quarta-feira, 5, a realização de uma audiência pública, para tratar das consequências do fechamento  das 12 unidades do grupo calçadista  Vulcabras/Azaleia, que sofre com a invasão de produtos chineses, vendidos com preços muito baixos. O encontro  sobre os problemas do polo de calçados vai ocorrer no dia 19 deste mês, às 14h30, no Plenário 12 da Câmara dos Deputados.

A aprovação da audiência aconteceu depois da ação dos deputados estaduais que marcaram uma audiência pública para sexta, na cidade de Itapetinga.  O objetivo é discutir com trabalhadores, prefeitos e comerciantes a crise das fábricas que resultou na demissão de quatro mil operários de seis municípios.  Leia mais clicando aqui

Senado aprova benefício integral para gestantes de alto risco


A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou ontem (5), em caráter terminativo, projeto de lei que garante à gestante de alto risco licença especial remunerada. Pela proposta da senadora e atualmente ministra da Cultura, Marta Suplicy, as gestantes nessa situação terão direito ao valor total do salário de benefício calculado pela Previdência Social durante todo o período de alto risco.

A matéria vai agora à apreciação da Câmara dos Deputados. A licença especial em caso de risco à gestante ou ao bebê terá que ser comprovada por laudo médico.

A relatora da matéria, Lúcia Vânia (PSDB-GO), destacou que entre 15% e 20% das gestações são consideradas de risco. Isso, segundo ela, exige “repouso e cuidados especiais, para a preservação da mãe e da criança, o que demanda o afastamento da mulher grávida de suas funções profissionais habituais”.

Lúcia Vânia ressaltou ainda que a legislação já contempla a garantia de emprego à grávida, inclusive no período de licença-maternidade de quatro meses. Segundo a senadora, a mesma lei também estabelece o recebimento de auxílio-doença nos casos em questão. “Essa regulamentação [prevista na legislação em vigor], contudo, não é isenta de problemas, o que justifica a aprovação do projeto de lei”. ( Agência Brasil)

Entre essas pendências ela destacou que a lei em vigor não prevê os parâmetros de fixação do valor e da concessão do benefício. O projeto define o pagamento do auxílio-doença no valor integral do salário.

Porto de Ilhéus está entre os que serão privatizados ano que vem


O governo federal anuncia hoje uma reforma nas regras do jogo do setor de portos no Brasil. O pacote Portos – Programa de Investimentos em Logística que a presidente Dilma Rousseff lançará deve estimular investimentos públicos e privados de até R$ 60 bilhões entre 2013 e 2030, segundo integrantes da equipe econômica e assessores presidenciais.

Cerca de R$ 35 bilhões devem ser investidos até 2015. Ao menos quatro portos serão concedidos à iniciativa privada em leilões programados já para o primeiro semestre de 2013: Manaus (AM), Ilhéus (BA), Águas Profundas (ES) e Imbituba (SC).

A presidente Dilma quer incentivar uma “forte competição” entre os portos e, assim, reduzir os preços praticados no mercado brasileiro. O governo tem pressa e corre contra o tempo.

(mais…)