Faculdade de Ilhéus doa 500 quilos de alimentos para distribuição entre artistas


A Faculdade de Ilhéus realizou mais uma ação solidária em apoio a segmentos mais vulneráveis da população neste período de dificuldades causadas pela pandemia do novo coronavírus. Esta semana, a instituição fez a entrega de 500 quilos de alimentos destinados à distribuição entre artistas da cidade que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

A adesão à campanha de apoio aos artistas foi feita durante a live Viva Ilhéus, promovida pela Prefeitura Municipal de Ilhéus, no dia 28 de junho, em comemoração ao aniversário de 486 anos de fundação da cidade. A doação de meia tonelada de alimentos não perecíveis foi realizada na quinta-feira, 2 de julho, por meio do secretário municipal de Cultura e Turismo, Fábio Manzi Cavalcante Júnior.

No mês de maio, a Faculdade de Ilhéus distribuiu 500 cestas básicas em diversas comunidades, considerando as necessidades que passam muitas famílias neste momento de distanciamento e isolamento social. A entrega das cestas básicas foi feita através de parceria com o grupo Amigos Solidários, tendo beneficiado famílias residentes nos bairros do Malhado, Conquista (Princesa Isabel e Rua do Mosquito), Nossa Senhora da Vitória, Banco da Vitória e nas localidades de Itariri e Novo Ilhéus.

Desinfecção – Com o intuito de colaborar com a força-tarefa integrada por autoridades sanitárias visando a prevenção, combate e controle da covid-19, a Faculdade de Ilhéus disponibilizou um túnel de desinfecção para uso do Centro de Triagem da Covid-19, instalado no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, na Av. Soares Lopes. A entrega do equipamento foi feita no dia 13 de maio, pelo diretor administrativo da instituição, Alan Frisso, ao prefeito Mário Alexandre, que esteve acompanhado pelo secretário municipal de Saúde, Geraldo Magela.

A cessão do equipamento, mediante contrato de parceria, permite sua utilização na unidade de saúde enquanto for mantido o seu funcionamento. O túnel – que possui 8 metros de comprimento, 2m15cm de altura e 1m68cm de largura – é utilizado para desinfecção do vestuário no momento da entrada e saída das pessoas na unidade de saúde.

Prefeitura realiza obras da Rua da Igreja e painel cultural em Taboquinhas


 

A Prefeitura de Itacaré realizou com recursos próprios obras de pavimentação e reurbanização de toda a balaustrada da Rua da Igreja, no distrito de Taboquinhas, deixando o espaço ainda mais bonito. O prefeito Antônio de Anízio visitou as obras, acompanhado do vereador Seu Luís e do arquiteto Ademar Sá e anunciou mais investimentos no local, a exemplo da nova pintura de todo o muro que contorna a rua, muito mais colorida e artística e o painel artístico e cultural, para que o espaço seja mais um ponto de lazer e um atrativo turístico.

A Rua da Igreja agora já está com passeios novos com pisos sextavados, contornando todo o balaústre da entrada do distrito. No local foram colocados ainda novos bancos e um sistema de iluminação. E logo será feita a pintura de todo o muro. A obra vai ficar ainda melhor com o novo mirante com vista para a Pancada, que já está sendo construído, e também a pavimentação do prolongamento da Rua do Comércio, na entrada do distrito de Taboquinhas, investimentos que vão impulsionar ainda mais o turismo.

E o trabalho não para por aí. A Prefeitura de Itacaré também realizou a pintura do painel do muro da Rua do Comércio, em frente a Igreja do Bom Jesus, com o objetivo de resgatar história e a cultura da lavoura cacaueira. O trabalho está sendo executado pelo artista plástico Geilton Conceição, de Taboquinhas, valorizando os talentos locais e mostrando toda a força do cacau, o principal ciclo econômico da região, responsável por grande parte do desenvolvimento do município.

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, informou que esse trabalho faz parte de um conjunto de ações que vem sendo desenvolvidas no distrito de Taboquinhas para deixar o local ainda mais bonito, incrementando o comércio, promovendo o desenvolvimento, gerando emprego, renda, destacando as belezas e a cultura e promovendo cada vez mais o turismo. Como parte dessas ações a Prefeitura de Itacaré realizou a pavimentação e revitalização das ruas do Comércio, João Coutinho e São Roque, concluiu a Rua Beira Rio, pavimentou e urbanizou as ruas do bairro da Portelinha, construiu o espaço de esporte e lazer da Beira Rio e recuperou a balsa do Rio de Contas.

Também já concluiu as obras da Academia de Saúde, em parceria com o Ministério da Saúde, e breve estará realizando as obras de construção e implantação do Centro de Treinamento e Cultural da antiga casa da Cantagalo, na rua do Comércio, que vai funcionar como um espaço para a realização de cursos de capacitação e qualificação de mão de obra, espaço cultural, museu e um centro turístico. Também está previsto para esse ano a reestruturação da feira livre de Taboquinhas e a urbanização da Pancada, melhorando o acesso para um dos pontos turísticos mais visitados do distrito.

Pintor e escultor ilheense se destaca no cenário nacional


Rodrigo Moreira Cruz – Artista Plástico.

 

O pintor e escultor ilheense, Rodrigo Moreira Cruz, vem ganhando espaço no cenário nacional com suas obras, a maioria divulgada pelas redes sociais.

O escultor ilheense está radicado há alguns anos em Eunápolis, Bahia, onde compartilha sua produção artística com a função de servidor público federal e professor universitário.

Desde muito cedo é apaixonado por artes e cultura em geral, frequentando museus e galerias desde criança, identificando-se, particularmente, pela arte abstrata, marcante em suas pinceladas, seja em tinta aquarela aplicada sobre papel, seja na pintura com tinta à óleo, principais materiais utilizados pelo artista. Destaca-se também seu trabalho de escultura em compensado naval, onde faz mandalas multicoloridas.



Assina suas obras como “Moreira”, que hoje decoram muitas residências, bares e restaurantes, com interesse crescente na aquisição de obras do artista ilheense, habitué de feiras e galerias de arte em toda região.

“A arte tem importante função no meio social, pois ultrapassa a simples comunicação ao transmitir ideias e sentimentos, influenciando culturalmente o meio, além de identificar as raízes e tradições de um povo”, explicou Rodrigo.

Suas obras podem ser visualizadas em suas redes sociais @ro.drigo5182 no Instagram e Rabiscart no Facebook, ambientes em que também são comercializadas.

Escritora ilheense lança´Um poema pra cada dor´, em Copenhage


Amanda e sua obra poética. Fotomontagem JBO.

“Um poema pra cada dor” é o livro que será lançado na Dinamarca, neste final de semana, pela comunicóloga Amanda Maron. Ilheense de nascimento, formada em Comunicação Social pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e com MBA em Marketing Digital, Amanda mora há quatro anos na Dinamarca, onde faz mestrado em Cognição e Comunicação, na Universidade de Copenhague.

A publicação é independente e pode ser adquirida pelo valor promocional de R$47,90 (frete incluído) até domingo, através de pedidos pelo email [email protected] Em uma live que acontecerá no domingo (21), às 14 horas (horário de Brasília), a autora falará sobre a obra, com apresentação de poemas, todos musicados pela artista baiana Lígia Callaz. A transmissão ocorrerá pelo instagram da autora.

O prefácio do livro é assinado pelo professor Luiz Felipe Souza Coelho, Doutor em Física, professor do IF-URFJ, poeta e historiador. O professor escreve: “O fato é que açúcar dos sonhos corre nas veias da poeta, a menina que cria universos onde o infinito brilha no olhar. (Brilhará também no olhar do outro, do amor que talvez tenha sido em parte criado por ela mesma? Será relevante para um Deus saber se as criaturas do Mundo que criou o amam? Quem sabe?)”.

“Escrevi meu primeiro poema aos 13 anos. Nessa fase difícil, em que eu descobria o amor e suas dores, minha poesia era a minha forma de me curar. Esse livro é uma coletânea de dores e amores e amantes. E com minhas rimas eu divido com o público um pouco de mim”, destaca a autora. “Desde pequena, desde aqueles dias em que eu passava por fachadas dentro do carro e tentava ler todas elas em voz alta enquanto descobria o sentido das sílabas, desde os dias em que, nervosa para entender, tentava ler os artigos do meu pai no jornal, eu sonhava em palavras”, completa. Amanda é filha do jornalista Maurício Maron.

Paralelamente ao lançamento da obra, a comunicóloga também está apresentando o site da sua nova empresa de escrita criativa (www.amandamaron.com) na Dinamarca, com tradução em português e inglês. “Escrever é a minha paixão e eu faço disso o meu trabalho e o meu hobby. Criar essa empresa é a realização de finalmente trabalhar com aquilo que eu amo e não sentir que estou trabalhando”, define o novo projeto.

Com mais de cinco anos de experiência em escrita criativa, edição de livros, direito autoral, e mídias sociais, Amanda também é autora e vende títulos neste site. Em ‘Serviços’, você vai encontrar uma seleção de serviços de comunicação, revisão de textos, edição e criação de texto, assim como voiceover, narração, storytelling e outros.

Matéria do Jornal Bahia Online.

Vereador solicita auxílio para taxistas e músicos de Ilhéus


Vereador Fabrício Nascimento.

Na sessão desta terça-feira (12), o vereador Fabrício Nascimento protocolou dois projetos de lei relacionados às categorias mais afetadas pela pandemia da Covid-19. Trata-se de projetos que visam fornecer auxílio para complementar a renda de taxistas e músicos do município.

O PL 017/2020 prevê que seja direcionado aos taxistas do município o cachê emergencial. A classe foi bastante afetada com as medidas de isolamento que visam diminuir as aglomerações, maior fonte de renda para a categoria.

Para fazer jus ao recebimento do auxílio, os taxistas ficarão disponíveis para os clientes enquanto receberem o auxílio e durarem os efeitos da pandemia. O valor só será recebido por taxistas de Ilhéus.

Já o PL 016/2020, oferece auxílio semelhante, que será pago aos artistas enquanto permanecer a pandemia, já que esta requer medidas restritivas contra aglomerações, o que impossibilita o funcionamento de bares, restaurantes e casas de show.

Para receber o cachê, os músicos ficarão disponíveis para fazerem shows on-line (lives), que serão transmitidos pelas redes sociais da Prefeitura de Ilhéus e/ou em suas próprias redes. Músicos de outras cidades não terão direito ao benefício, mesmo que tenham realizados shows e eventos em Ilhéus com frequência.

Fabrício Nascimento deseja que os projetos sejam votados o mais rápido possível para que taxistas e músicos possam ser assistidos neste momento.

Ator Flávio Migliaccio é encontrado morto no Rio de Janeiro


O ator Flávio Migliaccio fez vários personagens de destaque na TV.

O ator Flávio Migliaccio morreu, aos 85 anos, nesta segunda-feira (04/05). Conhecida figura da televisão, ele foi encontrado nesta manhã em seu sítio, na Serra do Sambê, no Rio de Janeiro.

A família ainda não sabe a causa da morte.

Flávio é muito conhecido pelo seu papel de Xerife na série de TV brasileira Shazan, Xerife e Cia, e pelo papel de Tio Maneco, na série exibida pela TVE.

Viveu personagens de destaque nas novelas  Rainha da Sucata, Perigosas Peruas, A Próxima Vítima, Vila Madalena, Senhora do Destino e Passione, entre muitas outras.

 

Festival de música atrai visitantes a Itacaré e garante boa ocupação hoteleira neste feriado


Itacaré. Foto: Tatiana Azeviche.

Shows gratuitos e apresentação de grupos culturais integram a programação do Festival Música Boa, a ser realizado em Itacaré nesta sexta-feira e sábado (15 e 16 de novembro), durante o feriado prolongado da Proclamação da República. No período do evento, que tem apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa), o município registra ocupação hoteleira de 100%.

De acordo com o secretário municipal de Turismo, o Festival Música Boa é uma das iniciativas desenvolvidas pelo município para atração de visitantes e já apresenta resultado nesta primeira edição: 100% de ocupação hoteleira proporcionada por turistas de todo o Brasil. Os hotéis Ecoporan e Terra Boa e a pousada Vila do Dengo, por exemplo, estarão lotados e vão receber hóspedes de Salvador, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro e Curitiba, dentre outras cidades.

Festival Música Boa

Além de shows de artistas como Armandinho Macedo, Yacoce Simões e Emanuel Stanchi e de bandas como Banda Meu Som Instrumental, Banda Pecados Capitais, o festival terá espaço para apresentações culturais com grupos de capoeira, grupos de percussão e desfile de fanfarras. Feira da economia criativa e circuito gastronômico também compõem a programação. Clique aqui para ver !

Rica em atrativos, Itacaré recebe seus visitantes. As belas praias, propícias a esportes como o surf, não são as únicas alternativas para quem quer aproveitar a estada na cidade da Costa do Cacau. Há também trilhas, cachoeiras, circuito histórico e fazendas de cacau abertas à visitação.

Festival Boa Música de Itacaré começa nesta sexta-feira


Nomes como Armadinho Macedo e Adaury Mothé Trio, além de diversos artistas da região trazem neste final de semana o melhor da MPB, blues, jazz e bossa nova na primeira edição do Festival Boa Música em Itacaré, que acontece nos dias 15 e 6 de novembro, aberto ao público. Mas, um dos grandes destaques da estreia do evento, idealizado pela Prefeitura de Itacaré, por meio da Secretaria de Turismo, é a programação cultural que traz grande notoriedade para as manifestações culturais locais.

Rodas de capoeira, apresentações percussivas, manifestações de origem quilombola e desfile de fanfarras estão entre as atividades oferecidas ao público nos dois dias de festival, além de um workshop de música. A proposta é levar o melhor da música, a cultura, folclore e a participação popular num dos principais destinos turísticos da Bahia. O Festival Boa Música, que conta com patrocínio é do Governo do Estado por meio da Superintendência de Fomento ao Turismo (Bahiatursa) e apoio da Cervejaria Eisenbahn.

No dia 15 (sexta-feira), o grupo de capoeira Tribo no Porto, fundado no bairro Porto de Trás, abre, a partir das 18 horas, a programação cultural e se apresenta na Praça Santos Dumont. Depois será a vez do grupo feminino de percussão Dedo de Moça desfilar levando samba-reggae e misturando estilos como funk, ijexá, samba-enredo e baião pelas ruas da cidade. A concentração será na Praça das Mangueiras e segue até à Praça Santos Dumont.

Nos palcos a alegria começa às 16 horas. No palco Elza Soares, montado na Ponta do Xaréu, acontecerá o por do sol animado por Rodney Roque. Já no Palco Joao Gilberto, armado na Pituba, os shows começam às 18 horas com a Banda Meu Som Instrumental, seguindo com a Banda Pecados Capitais. E no palco Vinícius de Moraes, na Passarela da Vila, se apresentam às 18 horas a Banda Quente e logo depois a Banda Sparta. Já o Palco Dorival Caymmi, montado na orla da cidade, traz às 18 horas Padre Ednaldo e Banda, seguindo com Reginaldo Natureza. E o Palco Tom Jobim , montado na Praça Santos Dumont, traz a ´partir das 20 horas as atrações Ronara Criola, seguindo com Armandinho Macedo e Adraury Monthé Trio.

Já no dia 16 (sábado), a capoeira também dará o pontapé inicial das manifestações populares, com o grupo Tribo Unida. Criada no Bairro Novo, a turma apresentará a união entre música e movimentação cultural da arte secular de origem africana. Em seguida, a Fanfarra de Percussão de Taboquinhas (FANPET) apresenta toda musicalidade local com desfile entre as praças das Mangueiras e Santos Dumont.

Com uma programação mais extensa, o segundo dia do Festival, ainda terá apresentação do grupo Bicho Caçador, considerada a principal manifestação cultural da região. De origem quilombola, a apresentação conta a história de caçador contra dois grandes bichos, os quais consegue derrotas após longa e árdua batalha.

Em meio ao dia cultural, será realizado um Workshop de Música, que terá como moderadores Naiara Galvão e Claudio Maestro. O debate terá como foco abordagem a teoria musical, percepção, harmonia, criação, análise, história, apreciação e estética, traduzidos em simbologias, estruturas, exemplos práticos e novas propostas. A ação traz ilustrações compostas de exemplos tradicionais e atuais, do repertório erudito e/ou popular, com especial ênfase à produção musical brasileira, tendo como base ritmos como jazz, blues, bossa nova e MPB. As sessões serão realizadas das 9h às 11h e das 13h às 15h, na Casa dos Conselhos (Antiga Bola de Neve).

E nos palcos as apresentações começam no sábado às 16 horas. No palco Elza Soares, acontecerá o por do sol animado pela Banda Meu Som Instrumental. Já no Palco Joao Gilberto os shows começam às 18 horas com o show de Aram, seguindo com Marcos Abaga. E no palco Vinícius de Moraes se apresentam às 18 horas Laís Marques e logo depois a Banda Pecados Capitais Blues. Já o Palco Dorival Caymmi traz às 18 horas Rodney Roque e Banda Quente. E o Palco Tom Jobim , montado na Praça Santos Dumont, traz Adraury Monthé Trio e Banda Raiô.

Escola Sesi Adonias Filho promoverá a peça teatral Auto da Compadecida no Teatro Municipal de Ilhéus


Nessa quinta-feira, 31 de outubro de 2019, às 19h, no Teatro Municipal de Ilhéus, a Escola Sesi Adonias Filho promoverá a peça teatral Auto da Compadecida, obra do escritor nordestino Ariano Suassuna, adaptada por Geisa Pena .

A apresentação é um fruto do projeto escolar desenvolvido e organizado pelas professoras Samara Pereira e Hellen Oliveira, da área de linguagens, que aborda o desenvolvimento de múltiplas inteligências e artes, com ênfase no teatro.

O ingresso será vendido pelo valor de R$ 10,00 (dez reais) e R$ 5,00 (cinco reais) meia-entrada, na bilheteria do Teatro Municipal de Ilhéus, a partir das 18h. Participe com sua família!

Semana Jorge Amado começa nesta quinta-feira (8)


Semana Jorge amado começa nesta quinta-feira (8).

Entre os dias 8 e 12 de agosto, a Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult) irá promover a Semana Jorge Amado. O evento gratuito é aberto ao público e faz parte da celebração do aniversário do escritor, comemorado no próximo dia 10. A vida e as obras de Jorge serão retratadas através de atividades culturais, com apresentações de artistas locais, roda de conversas, concurso de perguntas, exposição das obras do escritor, recital de poesia, roda de capoeira, entre outras ações.

Já na quinta-feira (8), haverá grande movimentação no calçadão que leva o nome do escritor baiano, com vendas de peças do artesanato ilheense e regional, todas alusivas a Jorge. Já na sexta-feira (9), estudantes da rede pública e privada do município participarão de uma roda de conversa, no foyer do Teatro Municipal de Ilhéus (TMI). Na oportunidade será realizada uma visita guiada ao Museu Casa Jorge Amado, no Centro Histórico. (mais…)