Vice-presidente entra em isolamento após contato com servidor com coronavírus


Vice-presidente e sua esposa estão na residência oficial no Jaburu.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, e sua esposa, Paula Mourão, foram submetidos neste sábado (16) a teste para covid-19 e entraram em isolamento no Palácio do Jaburu, residência oficial da vice-Presidência. A decisão veio após a confirmação do teste positivo para a doença de um servidor que esteve próximo de Mourão na quarta-feira (13).

De acordo com a assessoria da vice-Presidência, Mourão não cumprirá expediente na próxima segunda-feira (18) e aguardará os resultados dos testes, previstos para saírem nesse dia.

Até este sábado, o Brasil já registrou mais de 233,1 mil casos de covid-19 e mais de 15,6 mil pessoas morreram da doença, provocada pelo novo coronavírus.

Publicada lei que garante auxílio de R$ 500 a pacientes com Covid-19 hospedados em centros de acolhimento


O Governo do Estado publicou, na edição deste sábado (16) do Diário Oficial do Estado (DOE), a sanção da lei 14.264, que autoriza o Poder Executivo a destinar recursos para pagamento de auxílio financeiro em favor de indivíduos infectados com o novo coronavírus, que aceitem ser hospedados nos Centros de Acolhimento. A lei, de autoria do Governo do Estado, foi aprovada pela Assembleia Legislativa (Alba) na última quinta-feira (14) e entra em vigor neste sábado (16) com a publicação no Diário Oficial.

Para ter acesso ao benefício, no valor de R$ 500, o paciente deverá realizar teste para confirmação do diagnóstico; assinar um Termo de Compromisso a ser entregue no momento de admissão; não possuir vínculo empregatício com carteira assinada, cuja remuneração permaneça mantida durante a pandemia; e não receber qualquer benefício previdenciário. Somente receberão o recurso pacientes que não precisem ser hospitalizados.

A lei assegura aos pacientes que já estejam hospedados nos centros na data de sua publicação o recebimento do auxílio. O pagamento será feito em duas parcelas de R$ 250, pagas pelo Governo do Estado e pelo Município que for co-partícipe da medida. A secretarias estaduais da Saúde (Sesab) e de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) editarão normas complementares ao cumprimento do disposto nesta lei.

DOE publicará novidades sobre concurso da PM na próxima terça


O Governo do Estado publica na próxima terça-feira (19) atualização sobre o concurso público para soldado da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Os candidatos que participaram da primeira etapa do certame poderão conferir nesta data o resultado provisório das provas objetivas no Diário Oficial do Estado (DOE) e no Portal do Servidor.

O resultado provisório da prova discursiva será divulgado posteriormente. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante live realizada na noite desta sexta-feira (15). De acordo com o edital, os candidatos interessados poderão fazer vistas ao resultado provisório e interpor recurso no prazo de dois dias úteis, a partir do dia 20 de maio. A interposição deve ser feita, de forma exclusiva, no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação.

Ao todo, foram registradas 112.335 inscrições. O concurso vai disponibilizar 2,5 mil vagas de nível médio para as duas corporações – sendo mil policiais militares e 250 bombeiros militares com ingresso em 2020; os demais serão incorporados ao serviço público em 2021.

O candidato aprovado será designado de acordo com a região de classificação – município/sede para o qual se inscreveu. As provas foram aplicadas no dia 19 de janeiro, em 183 locais de prova, distribuídos entre as cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba. O certame tem validade de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

As convocações irão observar a necessidade da administração pública. Os candidatos podem acompanhar o andamento das demais fases através do site institucional do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação e no Portal do Servidor.

Mudança na Secretaria de Comunicação de Ilhéus


Saí Airton e entra Mauro na secretaria de comunicação.

O prefeito Mário Alexandre resolveu mudar a chefia da secretaria de Comunicação de Ilhéus. Na edição do Diário Oficial deste sábado (16), traz a exoneração de Airton de Carvalho do cargo de secretário, e a nomeação de Mauro Alves para seu lugar. O agora ex- secretário, Airton foi remanejado para cargo de Chefe de Divisão de Informática e Redes.

O atual secretário de comunicação, Mauro Alves, ocupava a Superintendente de Relações Institucionais e Comunitárias no gabinete do prefeito.

A nomeação de Mauro Alves na secretaria é bem avaliada junto aos profissionais de imprensa.

Essa é quarta troca na Secom durante o governo do prefeito Mário Alexandre. Nos últimos dias, o prefeito conversou com dois nomes da imprensa de Ilhéus, o jornalista Ed Carmago e o blogueiro Jamesson Araújo, que declinaram o convite para assumir a secretaria de comunicação para tocar projetos pessoais. Ed é secretário no município de Itacaré, e Jamesson Araújo é administrador da empresa Agravo – assessoria de comunicação e editor do Blog Agravo.

Ilhéus: Secretaria Municipal de Saúde informa sobre dados do Boletim Covid-19


Centro de Ilhéus.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) da Prefeitura de Ilhéus, de acordo com os dados registrados no sistema E-SUS, prestados pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), publicou e divulgou na noite de ontem (15) o último boletim com a situação da Covid-19 no território municipal, por volta das 19h, com 344 casos positivos e 17 óbitos. Com 208 altas, Ilhéus possui 136 pacientes ativos com coronavírus neste sábado (16).

Porém, por volta das 23h, a Sesab publicou o boletim com a situação do coronavírus no Estado e informou 425 casos positivos e 25 óbitos para o município de Ilhéus. No entanto, até o presente momento, não constam registrados na base de dados da Sesau os números informados pela Sesab, e, por isso, o órgão municipal não reconhece esses números.

Mas a divergência de informações parece que agora chegou ao fim. Conforme nota veiculada há pouco pelo Estado, a Sesab a partir de hoje (16) coloca em operação um sistema que integra as bases de dados epidemiológicos e laboratoriais dos governos federal, estadual e municipais.

O secretário municipal de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, informa que existem dados da Sesab computados para Ilhéus com pacientes positivos que não são de Ilhéus. Além disso, com a integralização dos sistemas, houve um número maior de notificações e pacientes que testaram negativo, mas que estão registrados como positivos.

“Por isso, se faz necessário fazer o que chamamos de ‘higienização’ nos dados do sistema, para o correto balanço dos casos, com a verificação das fichas dos pacientes que são de Ilhéus e que testaram positivos, para a necessária atualização e pertinência das informações. Em nenhum momento houve qualquer omissão de informações por parte do município”, informou Magela.

De acordo com a Sesau, a Vigilância Epidemiológica do Estado informou que é o ente municipal que será responsável em fazer essa higienização e atualização de dados pelo sistema do e-SUS.

Sesab desenvolve sistema que integra bases de dados epidemiológicos do país


A partir de hoje (16), entra em operação um sistema desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), que integra bases de dados epidemiológicos e laboratoriais dos governos federal, estadual e municipais. Este é mais um esforço do Governo para apresentar dados confiáveis e precisos no monitoramento dos casos suspeitos e positivos de coronavírus (Covid-19) na Bahia.

De acordo com o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas “Desde 27 de março, o antigo sistema denominado RedCap desenvolvido pelo Ministério da Saúde para notificações foi substituído pelo novo e-SUS, no entanto, os estados não conseguiam acessar as informações nominais notificadas no novo sistema, resultando no acúmulo de casos que ninguém conseguia visualizar”, afirma o secretário. Ainda de acordo com o titular da pasta da Saúde, esse problema do sistema está sendo experimentado por todos os estados do país e apenas a Bahia e mais três outros estados conseguiram desenvolver uma solução tecnológica que permitisse consolidar as bases.

Anteriormente, os boletins epidemiológicos divulgados contabilizavam apenas os dados recebidos pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais, sem que isso, necessariamente, representasse a totalidade das notificações. “A partir de agora será possível baixar e integrar as diferentes bases de dados do Ministério da Saúde e consolidá-las com as bases do estado e dos municípios de forma confiável”, explica Vilas-Boas.

É importante destacar que o resultado será uma mudança para cima no patamar de casos notificados, que refletirão não mais apenas os casos confirmados laboratorialmente, mas também todos os casos confirmados por critério clínicos, testes rápidos e testes realizados em unidades privadas.

A diretora da Vigilância Epidemiológica da Bahia, Márcia São Pedro, explica que é competência e responsabilidade dos municípios acessar o sistema e-SUS para fechar as investigações epidemiológicas, ou seja, validar, corrigir ou descartar os casos lançados”, pontua.

Critérios para os exames da Covid-19

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR, que é o padrão ouro para a identificação do genoma viral, deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença.

Já o teste rápido, que detecta os anticorpos, deve ser utilizado em pacientes com quadro clínico-epidemiológico compatível com a Covid-19; profissionais de segurança pública e de saúde em atividade, independente de sintomas; contato domiciliar de profissional de saúde ou de segurança pública em atividade, independente dos sintomas; pessoas com 60 anos ou mais, sintomáticos ou não, residentes em instituições de longa permanência de idosos ou portadores de comorbidades de risco para complicação da Covid-19.

Sorteio da Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 100 milhões


Imagem ilustrativa.

Mega-Sena sorteia neste sábado (16) um prêmio estimado em R$ 100 milhões.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica ou pela internet. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

As seis dezenas do concurso 2.262 serão sorteadas, a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Quina de São João

As apostas para a Quina de São João, concurso especial que chega à sua 10ª edição este ano, já podem ser feitas nas lojas lotéricas de todo o país. O sorteio do concurso 5.299 da Quina será realizado no dia 27 de junho, às 20h, e a estimativa inicial do prêmio é de R$ 140 milhões.

O prêmio não acumula e, caso não haja ganhadores na faixa principal, o prêmio será dividido entre os acertadores da segunda faixa (4 números) e assim por diante.

Para apostar, basta marcar de cinco a 15 números dentre os 80 disponíveis no volante. O preço da aposta simples, com cinco números marcados, custa R$ 2.