Paulo Carqueija cobra recuperação da estrada entre Banco Central e BR 101


Estrada de Banco Central está em condições intransitáveis. Foto enviada por leitor do Blog Agravo.

Durante a sessão realizada na manhã desta terça-feira (12) o vereador Paulo Carqueija pediu mais uma vez atenção dos órgãos competentes para a comunidade de Banco Central. De acordo com o vereador, a comunidade encontra-se isolada antes mesmo da pandemia por conta das estradas.

Em seu pronunciamento, Paulo Carqueija solicitou a recuperação da BA 262, trecho que liga a BR 101 ao distrito de Banco Central. O local já foi tema de requerimentos, indicações e visitas feitas pelo vereador a salvador para conversas com a Secretaria de Infraestrutura do Governo do Estado da Bahia (Seinfra), Secretaria de desenvolvimento Rural (SDR) e Superintendência de Infraestrutura e Trânsito (SIT).

Vereador Paulo Carqueija durante sessão nesta terça-feira (12).

“São inúmeros carros quebrados, interrupções do transporte coletivo, do atendimento médio e odontológico, ambulância e outros serviços essenciais, além de expor as pessoas a ações de bandidos oportunistas, elevando consideravelmente o número de assaltos na região. Com a pandemia, a situação só piorou” destacou o vereador.

Em fevereiro deste ano foram enviadas máquinas pelo governo estadual para realizar a recuperação do local. O maquinário permaneceu por dois dias no distrito e foi realocado para fazer outro serviço.

Em contato com a Seinfra, o vereador foi informado que na segunda quinzena de maio, as máquinas retornarão para finalizar o serviço em parceria com a Prefeitura de Ilhéus.

Vídeo: Depois de um ano e meio, trabalhadores lutam para receber direitos trabalhistas da empresa Gerir


Hospital Costa do Cacau.

Os trabalhadores demitidos, que prestaram serviço a empresa Gerir que administrou o Hospital Costa do Cacau, não receberam seus direitos trabalhistas.

O Instituto Gerir ficou a frente do Hospital Costa do Cacau até o início de 2019, e a gestão foi marcada por atrasos de salários. No final de janeiro do mesmo ano, uma nova empresa assumiu a gerência do hospital.

Segundo os trabalhadores demitidos, a Justiça do Trabalho notificou o Governo do Estado em fevereiro, para que depositasse dinheiro do crédito da Gerir junto à Sesab, para pagamentos dos direitos trabalhistas desses funcionários.

Segundo Jorge Xavier, um dos trabalhadores demitidos na época, o Governo do Estado foi notificado três vezes pela justiça, e até hoje não transferiu a verba.

Em vídeo gravado, os trabalhadores recorrem ao Governador Rui Costa para resolver o problema.

Confira o vídeo encaminhado pelo trabalhadores:

Ilhéus: Novo decreto prorroga funcionamento de estabelecimentos essenciais


Ilhéus. Foto José Nazal.

Com a publicação no Diário Oficial de novo decreto municipal nesta terça-feira (12), a Prefeitura de Ilhéus prorrogou por mais oito dias a quarentena, sendo permitido apenas o funcionamento dos serviços considerados essenciais. Ficaram mantidas as suspensões previstas anteriormente como, por exemplo, a circulação de transporte coletivo urbano e as aulas nas escolas da rede pública municipal de ensino.

Está mantido o horário das 8h às 18h, de segunda a sábado, de atividade dos estabelecimentos essenciais, com exceção dos supermercados, que podem funcionar até as 21h, mantido o funcionamento de serviços como farmácias e postos de gasolina, atividades delivery de alimentação para além deste horário.

Uma novidade no decreto é que as Clínicas de Trânsito, não se enquadram como atividade essencial, e, por isso, esse tipo de estabelecimento tem o funcionamento proibido.

No decreto, foi informado ainda que um representante da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) passa a compor o grupo de integrantes do Gabinete de Crise.

As medidas adotadas para a contenção e enfrentamento do coronavírus em Ilhéus, como suspensão do comércio, transporte público, aulas da rede municipal, por exemplo, são discutidas e deliberadas pelo Gabinete de Crise.

Leia o decreto na integra clicando AQUI.

Assembleia Legislativa da Bahia aprova nova legislação que regulamenta abono para policiais e servidores públicos civis.


Assembleia Legislativa da Bahia.

A Assembleia Legislativa da Bahia – ALBA aprovou hoje (7.05), em mais uma sessão legislativa virtual o Projeto de Lei 23.780/2020, que regulamenta a concessão de abono para policiais militares e servidores públicos civis estaduais que optarem por permanecer em atividade, mesmo cumprindo os requisitos para transferência à reserva remunerada e para aposentadoria, respectivamente. O parecer do relator deputado Paulo Rangel (PT) recebeu emendas, ficando a concessão do benefício congelada até 31 de dezembro de 2021. A partir dessa data, o abono permanência ficará limitado a 10% dos servidores do Legislativo, Executivo, Judiciário e Ministério Público.

“A ALBA continua cumprindo o seu papel constitucional de legislar e de apreciar as propostas legislativas apresentadas pelo Legislativo e pelo Executivo. Estamos atentos a tudo que possa contribuir para reduzir os danos causados pela pandemia do Covid-19, incluindo a possibilidade de queda em 40% da arrecadação estadual em razão da pandemia. O governador Rui Costa já alertou que os salários de maio e junho estão garantidos, mas que a situação para o segundo semestre ainda é uma incógnita”, ressalta o presidente da ALBA, deputado Nelson Leal.

O Projeto de Lei Complementar, o de número 160/2020, recebeu pedido de vista e será votado na próxima sessão legislativa virtual. O presidente Nelson Leal convocou sessões legislativas virtuais entre 14 a 18 de maio – quinta, sexta, sábado, domingo e segunda – para esvaziar a pauta de votações.

Receita Federal e Polícia Federal apreendem 550 kg de cocaína no porto de Salvador


Imagem divulgação.

Na tarde de ontem (11), a Receita Federal e a Polícia Federal encontraram 550 kg de cocaína no porto de Salvador. A carga estava em uma carga de uva, que seria embarcada num navio para a Europa, tendo o porto de Roterdã, na Holanda, como destino final. A droga apreendida foi avaliada em R$ 103  milhões.

A apreensão é resultado do trabalho ininterrupto da aduana, o qual envolve análise e gerenciamento de risco, além de uso intensivo de tecnologia.

Como nas apreensões anteriores, há a suspeita de que foi usada a técnica criminosa denominada “rip-off modality”, termo que consta do glossário do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e define as apreensões em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A droga foi encaminhada para a Polícia Federal, que dará prosseguimento à investigação. Essa já é a quinta apreensão de cocaína pela Receita Federal em 2020 no Porto de Salvador.

PRF apreende 109 quilos de cocaína e prende batedor


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na madrugada desta terça-feira (12), aproximadamente 109 kg de cocaína, embaladas em tabletes, que estavam escondidos no banco traseiro do veículo FIAT/Doblo Essence, com placas de Santo Amaro (BA). Dois homens e uma mulher foram presos.

O flagrante ocorreu durante fiscalização da PRF de combate a criminalidade no KM 57 da BR 407, em Jaguarari (BA). Inicialmente, foi dada ordem de parada a um Doblo, com 01 ocupante. Os agentes realizaram os procedimentos de abordagem e suspeitaram do comportamento do motorista, que demonstrava nervosismo e contradições.

Logo em seguida, foi visualizado um segundo Doblo transitando na via, quando foi dado o comando de parada. Durante a entrevista ao motorista, um homem de 40 anos, também percebeu-se certo nervosismo e informações desencontradas, principalmente em relação ao motivo da viagem e local de destino. Ele estava acompanhado de uma mulher.

Diante da fundada suspeita, os PRFs decidiram aprofundar a fiscalização no veículo. Após vistoria minuciosa no automóvel, os policiais encontraram os pacotes de cocaína que estavam escondidos no banco traseiro.

Os agentes federais constataram que o primeiro veículo Doblo funcionava como batedor.

Diante dos fatos, os três foram presos em flagrante delito e encaminhados com o produto apreendido para a Delegacia de Polícia Civil em Juazeiro, para lavratura dos procedimentos cabíveis. Eles responderão pelo crime de tráfico de drogas, conforme dispõe o art. 33 da Lei 11.343/2006.

Vídeo: