Policiais rodoviários federais prestam auxílio a casal com sintomas típicos da COVID-19


Foto divulgação PRF/Bahia.

Policiais rodoviários federais prestaram atendimento emergencial a um caminhoneiro e sua esposa com sintomas típicos do novo coronavírus. O fato foi registrado no município de Teixeira de Freitas, no Extremo Sul da Bahia.

A ocorrência teve início no plantão do último domingo (26), quando uma mulher se dirigiu ao posto da PRF, localizado no Km 880 da BR 101, informando que seu esposo estava transitando na rodovia e passou mal, apresentando sintomas típicos da COVID-19 como febre, tosse e falta de ar. Eles resolveram parar no posto e pedir ajuda aos policiais.

Os PRFs ao perceberam a situação emergencial fizeram contato com a SAMU, quando foram orientados a encaminhar o caso para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município. Em seguida, os agentes federais, com os cuidados indispensáveis de proteção, escoltaram a carreta com o casal para atendimento hospitalar.

Neste sábado, 1° de maio, a Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas, confirmou que o casal testou positivo para infecção pela COVID-19. Eles encontram internados e sob cuidados médicos no HMTF.

É a PRF destacando sua missão de garantir segurança com cidadania nas rodovias federais e nas áreas de interesse da União, estando sempre à disposição para prestar um serviço de excelência à sociedade.

Medidas preventivas e proteção

Sempre que parar, o motorista deve lavar as mãos cuidadosamente. A higiene da cabine é extremamente importante. O volante, alavanca de câmbio, do pisca, do freio de estacionamento, as maçanetas demais peças utilizadas com frequência devem ser higienizadas sempre com água e sabão, álcool em gel ou que tenha concentração superior a 70%. No caso de manusear notas fiscais, documentos e até dinheiro, o motorista deve sempre lavar as mãos depois.

Os cuidados com a alimentação também devem ser mantidos. Utensílios pessoais não devem ser compartilhados. Com hábitos saudáveis, o sistema imunológico é fortalecido. Tão importante quanto comer bem, é dormir bem. Não dirigir por longas horas, além do permitido, é indispensável.

Prefeito manda reabrir Central de Abastecimento do Malhado no domingo (3)


Foto mostra selo de interdição da Feira feita pelo Governo da Bahia. Foto Jamesson Araújo.

A Central de Abastecimento do Malhado, interditada pelo Estado neste sábado (2), será reaberta pela Prefeitura de Ilhéus neste domingo (3). O anúncio foi feito pelo Prefeito Mário Alexandre, após o diálogo da gestão municipal com os feirantes e o atendimento das necessidades identificadas pela Vigilância Sanitária do Estado da Bahia.

“Amanhã [domingo, 3 de maio], com muito trabalho, com muita luta, atendendo todas as necessidades da Vigilância Sanitária para os cuidados da saúde do nosso cidadão e dos feirantes, estaremos reabrindo a Central de Abastecimento com toda a qualidade, com tudo tranquilo e também com toda a segurança em relação ao coronavírus, para o distanciamento e uso de máscaras. Isso é fundamental”, declarou Mário Alexandre em vídeo publicado nas redes sociais.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) disponibilizará Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para os feirantes da Central de Abastecimento na próxima semana, que também serão contemplados com a doação de 150 novas barracas que a Prefeitura de Ilhéus viabiliza para a segurança e proteção de todos.

Aconteceu nesta sexta (1º) e sábado (2), e que continuará neste domingo (3), o cadastramento dos feirantes para o recebimento das barracas e organização do espaço da feira do Malhado.

Vídeo:

 

Feirantes protestam contra interdição da Central de Abastecimento do Malhado em Ilhéus

Prefeitura de Ilhéus realiza testagem em massa nos idosos do Abrigo São Vicente de Paulo


Foto divulgação.

A Prefeitura de Ilhéus concluiu hoje a testagem dos 67 idosos residentes no Abrigo São Vivente de Paulo por meio da barreira sanitária realizada pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). A atividade foi realizada nesta sexta (1º) e sábado (2), e segue até segunda-feira (4) com a testagem também dos 45 colaboradores da instituição, tanto os que trabalham no próprio abrigo quanto os cuidadores particulares.

De acordo com informações da Sesau, uma equipe de dois biomédicos da Vigilância Epidemiológica realiza os testes do tipo swab – que coleta materiais da narina e faringe – e encaminha para a análise do Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen).

A Sesau e a instituição, por entenderem que o Abrigo São Vicente de Paulo é grupo de risco de Ilhéus, viram a necessidade de ser realizada essa barreira sanitária após o período da vacinação, em que os idosos foram todos imunizados no período da campanha de vacinas da gripe.

O titular da Sesau, Geraldo Magela, destacou a importância da ação. “Com base no protocolo do Ministério da Saúde, a partir dos 60 anos é necessária a testagem. Todos os idosos do Abrigo São Vicente de Paulo e pessoas em contato com eles estão sendo testados. Essa barreira sanitária é importantíssima para detectar se há algum caso de Covid-19 no local, para o devido controle e segurança desse grupo de risco”. Magela destaca que a saúde tem realizado constantemente outras barreiras sanitárias de caráter educativo nos bairros, por meio das ações dos agentes de endemias e agentes comunitários, orientando a população acerca dos cuidados, higiene e prevenção contra o coronavírus.

O coordenador do abrigo, Flávio Soares, informou que “após o período da vacinação da gripe, uma idosa apresentou sintomas gripais, febre de 37, tosse e foi imediatamente isolada na casa de retiro. O teste foi realizado e o resultado deu como indeterminado, tendo sido repetido o teste para a saída do isolamento dela, tendo em vista que essa idosa já não apresenta nenhum sintoma há mais de 15 dias. Outros dois idosos estão com sintomas gripais, mas sem febre. É muito importante essa ação e o olhar da prefeitura sobre os nossos idosos, tendo em vista a vulnerabilidade e a necessidade da proteção deles. Agradecemos aos ilheenses que nos ajudaram e ajudam com as doações”, destacou Sorares.

Emenda da Câmara de Ilhéus garante respiradores e recursos para agricultura familiar


Foto ilustrativa.

A Câmara de Ilhéus, a partir da convocação do presidente César Porto, para uma sessão extraordinária, conseguiu trazer para o município recursos para a compra de cinco respiradores artificiais para os hospitais da cidade, no valor de R$ 300.000,00.

O Executivo Municipal publicou a lei no último dia 28 de abril. A lei abarca também, a compra de caminhões para a manutenção e gestão de apoio à agricultura familiar no valor de R$ 400.000,00.

Os valores são oriundos da abertura de Crédito Adicional Especial até o valor de R$ 9.500.000,00 (nove milhões e quinhentos mil reais) para inclusão de dotações no orçamento vigente.

A decisão de utilizar o recurso dessa maneira foi tomada por unanimidade pelos vereadores após discussão. Com essas ações, a Câmara de Ilhéus visa auxiliar a população do município na luta contra a pandemia do coronavírus (Covid-19).

Com informações da Ascom da Câmara.

Bolsonaro ainda lidera disputa para 2022, mas a maioria reprova sua gestão


O presidente Jair Bolsonaro.

Em meio a uma grave crise política e à pandemia do coronavírus, Jair Bolsonaro lidera a corrida presidencial para 2022 nos três cenários sondados em levantamento exclusivo feito pelo instituto Paraná Pesquisas para VEJA, mas precisa se preocupar com os índices ruins de avaliação do seu governo. Em dois cenários, o presidente lidera de forma isolada, com uma diferença sobre o segundo colocado acima da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em um deles, o mais provável hoje, ele surge com 27%, seguido pelo seu ex-ministro Sergio Moro – agora desafeto após ter saído do governo disparando acusações que renderam até um inquérito contra o presidente no Supremo Tribunal Federal -, que tem 18,1%. O ex-juiz da Lava-Jato está tecnicamente empatado, no limite da margem de erro, com o finalista do segundo turno presidencial de 2018, o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que tem 14,1%.

A pesquisa foi feita entre os dias 26 e 29 de abril e já captou a crise política desencadeada com a saída rumorosa de Moro do governo. Ele acusou o presidente de interferência política na Polícia Federal ao pressionar pela saída do diretor-geral do órgão, Maurício Valeixo, com o objetivo de obter acesso a investigações em andamento, inclusive envolvendo os seus filhos.

Em outro cenário, sem Moro na disputa, Bolsonaro amplia a sua liderança, com 29,1% dos votos contra 15,4% de Haddad, que passa a ser o segundo colocado. Ciro Gomes (PDT) surge em terceiro, com 11,1%, repetindo a linha de chegada do primeiro turno da eleição presidencial de 2018. Neste quadro, a surpresa é outro ex-ministro, Luiz Henrique Mandetta (DEM), que também saiu da pasta da Saúde em meio a desavenças com o presidente – ele aparece com 6,8%.

Desde que assumiu o governo, mesmo com os tropeços variados que tem dado no exercício do cargo, Bolsonaro tem conseguido manter sempre algo em torno de 30% do eleitorado, o suficiente para levá-lo a um segundo turno. Para convencer o restante do eleitorado, no entanto, Bolsonaro terá que superar a crise atual e melhorar a avaliação de sua gestão. Segundo a pesquisa, 44% dos consultados aprovam o seu governo, enquanto 51,7% desaprovam. Outro dado negativo é que apenas 31,8% do eleitorado considera a sua administração ótima ou boa contra 39,4% que a avaliam como ruim ou péssima. Outros 27,3% acreditam que seu desempenho é regular.

O instituto Paraná Pesquisas também perguntou como se Bolsonaro está se saindo em relação ao que aguardavam do seu governo: para 58,8% seu desempenho é pior do que esperavam, enquanto 35,3% dizem que ele está se saindo melhor do que a expectativa.

Leia a matéria completa da Revista Veja clicando AQUI.

Feirantes protestam contra interdição da Central de Abastecimento do Malhado em Ilhéus


Feirantes protestam contra fechamento da Central de Abastecimento do Malhado. Foto de Jamesson Araújo/ Blog Agravo.

Trabalhadores e feirantes que atuam na Central de Abastecimento do Malhado chegaram na manhã deste sábado (02) para trabalhar e se depararam com todo o complexo da feira interditado com fitas isolantes pela Vigilância Sanitária do estado, e por forte aparato policial.

Em protesto, os feirantes ocuparam a Av. Ubaitaba, e tentavam entender o fechamento sem nenhum aviso prévio, para que pudessem ter feito um planejamento para diminuir o prejuízo na economia.

Vídeo:

Durante a manifestação, alguns feirantes revoltados chegaram a se dirigir ao supermercado Meira, exigindo o fechamento do estabelecimento, alegando que no local também há uma forte movimentação de pessoas e fica localizado em frente à Central.

Policiais se colocaram entre os feirantes e o estabelecimento, impedindo que o pior viesse a acontecer.

Alguns feirantes alegam que o governo do Estado não deu tempo para os trabalhadores se organizarem, e muitos protestavam com legumes e hortaliças nas mãos.

Alguns líderes da manifestação exigiam a presença e uma ação do prefeito Mário Alexandre para que a Central fosse reaberta.

Foto Jamesson Araújo/ Blog Agravo.

Todo o trânsito na avenida Ubaitaba nas proximidades da Central de Abastecimento está fechado.

O anúncio da interdição da Central foi feita Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Villas-Boas, nesta sexta-feira (01), durante sua visita ao Centro de Atendimento Covid-19, no Centro de Convenções de Ilhéus.

Galeria de Fotos:

Prefeitura de Ilhéus realiza cadastro de feirantes do Malhado